Testei: Banho de Vinagre Capilar Magic Color

Olá!

Eu já falei aqui no blog a importância de se acidificar os fios, principalmente em cabelos com química. Falei disso na resenha que fiz do acidificante da marca K.Pro. Se você não viu, clica no link abaixo.

Testei: Acidificante K.Pro

Eu gosto muito desse acidificante, mas além de ser mais caro, não é muito fácil encontrá-lo para comprar em perfumarias, já que a K.Pro é uma marca profissional.

Então eu geralmente costumava acidificar usando vinagre de maçã caseiro, que eu também ensinei como usar aqui no blog.

Quando vi que a Magic Color lançou um vinagre especial para os cabelos eu fiquei bem animada pra testar, visto que ele já vem prontinho no pote e eu nem preciso ir na cozinha pegar nada antes de tomar banho, hahahaha!

Comprei o produto, testei algumas vezes e vou contar em detalhes o que achei do Banho de Vinagre Capilar da Magic Color!

Testei: Banho de Vinagre Capilar Magic Color

O Banho de Vinagre Capilar vem nessa embalagem, bem bonita e funcional.

Ele promete estabilizar o pH, acidificando os fios. Ele é livre de silicones, parabenos, petrolatos e óleos minerais. Yay!

A marca indica usar esse produto junto com a máscara da mesma marca, mas eu só comprei esse estabilizador de pH mesmo.

Só achei que a marca pecou em não especificar na embalagem qual o pH do produto! 🙁

O que a marca diz?

O Estabilizador de pH – Passo 1 – da linha Banho de Vinagre Capilar, com a ajuda do poderosíssimo Extrato de Maçã e do ativo Lisina, sela as cutículas, ajuda a controlar o pH do fio que foi desestabilizado por algum processo químico como descoloração, coloração, relaxamento, alisamento ou excesso de equipamentos mecânicos como chapinha, secadores e babyliss. Todos esses fatores acabam elevando o pH da fibra capilar dificultando a eficiência e o bom resultado dos tratamentos, comprometendo a saúde do fio e deixando-o com aspecto desvitalizado ou emborrachado.

 

 

O que eu achei?

 

A textura do produto é bem diferente, parece uma espécie de óleo, mas sem ser oleoso, hahahaha! Aí também lembra um gel, mas não é durinho, e sim líquido! Sei lá, não sei explicar não! Tá bom, acho que lembra um sérum, vai. Pronto, é um sérum, hehe.

Lavei meus cabelos com shampoo e antes da máscara eu apliquei o banho de vinagre, que não penetra tão facilmente nos fios. É preciso massagear bem para sentir que ele penetra no cabelo.

E ele não oferece hidratação, nutrição, nada, ok? Ele só estabiliza o pH mesmo. O uso dele é algo que você vai sentir lá no final do tratamento.

Deixei agir por 10 minutos como indicado na embalagem, enxaguei e depois apliquei uma máscara de reconstrução que eu já tinha aqui.

Deixei agir pelo tempo indicado, enxaguei, condicionei, enxaguei de novo e finalizei com secador.

Ao usar o vinagre capilar eu percebi que o cabelo respondeu melhor ao resultado da máscara, sabe? Parece que deu uma potencializada na reconstrução, ou seja, ele realmente fechou as cutículas e conseguiu fixar mais o produto dentro do fio.

Como meu cabelo não está tão danificado, eu estou usando o vinagre apenas após os processos químicos ou quando sinto que a cutícula está um pouco aberta (o cabelo fica áspero e poroso quando isso acontece). E sinto que ele tem mantido bem os resultados.

Eu também cheguei a usar o vinagre após o uso da máscara, no lugar do condicionador para fechar as cutículas. O efeito foi bom, mas confesso que gostei mais do resultado ao aplicar antes da máscara mesmo.

Eu faço assim: tinjo o cabelo, enxaguo, passo o vinagre, enxaguo e aí venho com a máscara. No meu cabelo o resultado foi melhor assim.

E dessa forma meu cabelo fica bem seladinho, sem sensação de aspereza e com bastante brilho. E cabelo com ph estabilizado recebe melhor todos os tratamentos que serão feitos depois!

O cheiro é uma delícia, super suave e gostoso! Mas não dura muito nos fios.

Conclusão:

Eu gostei bastante do Banho de Vinagre Capilar da Magic Color, pois ele cumpriu com a promessa de estabilizar o pH e fechar a cutícula dos fios, fazendo com que a ação das máscaras usadas depois seja potencializada.

Mesmo não usando a máscara da mesma linha, senti que ele também apresenta um bom resultado.

Acho que a ação dele é bem parecida com o acidificante da K.Pro no quesito equilibrar o pH. O diferencial é que o da K.Pro tem queratina e função reparadora, então digamos que ele tem um “q” a mais.

Mas para contornar isso, basta comprar a máscara reconstrutora da mesma linha Banho de Vinagre Capilar e usar os dois juntos, assim como indicado pela marca.

Eu paguei R$26,00 no Banho de Vinagre Capilar e achei um preço ótimo, pois o produto cumpre com tudo o que promete e tem preço acessível.

Olá! Eu já falei aqui no blog a importância de se acidificar os fios, principalmente em cabelos com química. Falei disso na resenha que fiz do acidificante da marca K.Pro. Se você não viu, clica no link abaixo. Testei: Acidificante K.Pro Eu gosto muito desse acidificante, mas além de ser mais caro, não é muito fácil encontrá-lo para comprar em perfumarias, já que a K.Pro é uma marca profissional. Então eu geralmente costumava acidificar usando vinagre de maçã caseiro, que eu também ensinei como usar aqui no blog. Quando vi que a Magic Color lançou um vinagre especial para os cabelos eu fiquei bem animada pra testar, visto que ele já vem prontinho no pote e eu nem preciso ir na cozinha pegar nada antes de tomar banho, hahahaha! Comprei o produto, testei algumas vezes e vou contar em detalhes o que achei do Banho de Vinagre Capilar da Magic Color! Testei: Banho de Vinagre Capilar Magic Color O Banho de Vinagre Capilar vem nessa embalagem, bem bonita e funcional. Ele promete estabilizar o pH, acidificando os fios. Ele é livre de silicones, parabenos, petrolatos e óleos minerais. Yay! A marca indica usar esse produto junto com a máscara da mesma marca, mas eu só comprei esse estabilizador de pH mesmo. Só achei que a marca pecou em não especificar na embalagem qual o pH do produto! 🙁 O que a marca diz? O Estabilizador de pH – Passo 1 – da linha Banho de Vinagre Capilar, com a ajuda do poderosíssimo Extrato de Maçã e do ativo Lisina, sela as cutículas, ajuda a controlar o pH do fio que foi desestabilizado por algum processo químico como descoloração, coloração, relaxamento, alisamento ou excesso de equipamentos mecânicos como chapinha, secadores e babyliss. Todos esses fatores acabam elevando o pH da fibra capilar dificultando a eficiência e o bom resultado dos tratamentos, comprometendo a saúde do fio e deixando-o com aspecto desvitalizado ou emborrachado.     O que eu achei?   A textura do produto é bem diferente, parece uma espécie de óleo, mas sem ser oleoso, hahahaha! Aí também lembra um gel, mas não é durinho, e sim líquido! Sei lá, não sei explicar não! Tá bom, acho que lembra um sérum, vai. Pronto, é um sérum, hehe. Lavei meus cabelos com shampoo e antes da máscara eu apliquei o banho de vinagre, que não penetra tão facilmente nos fios. É preciso massagear bem para sentir que ele penetra no cabelo. E ele não oferece hidratação, nutrição, nada, ok? Ele só estabiliza o pH mesmo. O uso dele é algo que você vai sentir lá no final do tratamento. Deixei agir por 10 minutos como indicado na embalagem, enxaguei e depois apliquei uma máscara de reconstrução que eu já tinha aqui. Deixei agir pelo tempo indicado, enxaguei, condicionei, enxaguei de novo e finalizei com secador. Ao usar o vinagre capilar eu percebi que o cabelo respondeu melhor ao resultado da máscara, sabe? Parece que deu uma potencializada na reconstrução, ou seja, ele…

Banho de Vinagre Capilar Magic Color

Qualidade - 10
Cumpre o que promete - 10
Perfume - 9
Preço - 9

9.5

NOTA FINAL:

Excelente acidificante, que cumpre com tudo o que promete: estabiliza o pH e sela a cutícula dos fios que geralmente são abertas após os processos químicos. No meu cabelo eu gostei mais de usar antes da máscara, pois sinto que a ação do creme se torna mais potente se usar assim. Senti que meu cabelo respondeu melhor à ação da máscara, deixando os fios mais fortes e selados, tirando a sensação de aspereza. Também percebi que o cabelo fica mais brilhante e com cara de saudável. O perfume é gostoso e suave, mas não dura nos fios. Custa em média R$26,00 e acho que vale o investimento, pois além de ter preço acessível, cumpre com tudo o que promete.

Avaliação dos leitores: 4.95 ( 1 votos)
10

Comprei o meu em uma perfumaria perto da minha casa, mas eu já vi para vender em várias perfumarias de bairro e também em grandes redes como Ikesaki e Sumirê.


E você, já usou esse ou algum outro acidificante? Que tal me contar nos comentários o que achou?

Beijokas!

Comentários

comentários

Comenta, vai!

Your email address will not be published.

Acho que você também vai gostar

Here you can find the related articles with the post you have recently read.