Testei: Serozinc La Roche-Posay

Olá!

Mais um dos produtos que recebi da Kutiz para testar!

E esse eu tava bem curiosa, afinal todas as resenhas que vi a respeito desse produto foram bem positivas!

O produto de hoje é o Serozinc, da La Roche-Posay!

Mas Manu, que diacho é Serozinc?”

Vem comigo que no caminho eu te explico, miga, hahhaha!!

Mas, basicamente, é uma “aguinha” que ajuda a controlar a oleosidade e fechar os poros. Interessante, né?

Vamos ver a resenha?

Testei: Serozinc La Roche-Posay

O Serozinc vem nessa embalagem em spray que facilita muito o uso. Parece um spray de cabelo, com o frasco em alumínio e um vaporizador em cima.

O Serozinc é uma bruma purificante, que ajuda a controlar a oleosidade e disfarçar os poros dilatados.

O que a marca diz?

La Roche-Posay Serozinc Spray Purificante é o primeiro cuidado purificante em spray para peles oleosas. Age na matificação da pele, com ação purificante e controle prolongado da oleosidade. Proporciona uma ação adstringente e antioleosidade, além de um efeito calmante, refrescante e suavizante.

FORMULAÇÃO:
– Sulfato de Zinco: elimina impurezas, excesso de oleosidade, proporcionando uma pele matificada e purificada;
– Agua Termal La Roche Posay: naturalmente rica em sais minerais e oligo-elementos. Age na atividade enzimática que participa das funções de proteção da pele. Tem ação calmante, revitalizante e refrescante.

Modo de usar: Borrife La Roche-Posay Serozinc Spray Purificante diariamente sobre o rosto de manhã e à noite após a limpeza facial. Reaplique ao longo do dia, caso necessário. Utilize também antes a após sua rotina de maquiagem, para preparar a pele e ajudar na fixação. O uso contínuo de Serozinc equilibra a oleosidade da pele. Feche os olhos enquanto borrifa, deixe absorver por alguns instantes. Sem enxague.

O que eu achei?

O Serozinc é uma água mesmo, então não pesa e quando você borrifa no rosto, dá a impressão que não tem nada. A não ser pelo gosto que é meio salgadinho (não bebi, mas ao borrifar bateu um pouco na boca).

Apliquei de três formas: após a limpeza, após terminar de fazer a maquiagem e depois de um bom tempo maquiada, quando a pele já estava oleosa de novo.

Após a limpeza (antes da maquiagem) eu gostei muito, pois ele deu aquela matificada gostosa que só quem tem pele oleosa sabe como é bom sentir, hahaha!

A pele fica sequinha, mas não fica ressecada ou puxando. Mas é uma sensação muito gostosa, de pele limpa e longe da oleosidade. No meu caso, não senti um grande disfarce de poros. Eles continuaram do mesmo jeito.

Nesses dias que testei antes da maquiagem eu não quis passar depois, pra ver o resultado.

De um primeiro momento eu achei que não mexeu muito no controle da oleosidade. No decorrer do dia a oleosidade foi voltando normalmente, como se eu não tivesse usado nada de diferente.

Mas como isso é uma coisa que só acontece depois de um certo tempo de uso, como a própria marca diz, acho que deveria usar por um bom tempo para conseguir um controle de oleosidade mais efetivo. Vamos ver.

Após a maquiagem tem que ter cuidado para usar. Não é só borrifar direto no rosto, porque fica molhado demais e pode escorrer. O certo é borrifar no ar e passar o rosto pela bruma que se forma, sabe? Assim dá certo!

Confesso que não senti nada de muito diferente aplicando assim. A oleosidade voltou na mesma velocidade de sempre, mas parece que dá uma fixada melhor na maquiagem. Pouca coisa, mas parece que a maquiagem durou um pouco mais de tempo com ele.

Usei ele em outra vez em que me maquiei pela manhã, voltei pra casa a tarde e iria sair de novo. A pele já estava brilhando então aproveitei para testá-lo.

Nesse caso tem que fazer a mesma coisa: borrifar pro ar e passa o rosto pela bruma.

Com essa forma de uso eu esperava mais, sabe? Praticamente não mudou muita coisa. A pele continuou brilhando e não matificou como eu esperava. Principalmente no nariz, que é onde mais minha pele mais brilha, continuou do mesmo jeito.

Acabei tendo que pegar um lenço matificante para tirar a oleosidade.

Em outro dia eu fiz assim: a pele estava oleosa após um tempo maquiada. Passei o lenço matificante pra tirar o excesso de óleo e depois borrifei o Serozinc. Assim foi bem interessante, pois senti que ele deu uma leve hidratação e manteve a pele mate após eu ter retirado o excesso com o lenço.

Porém, sozinho eu não curti muito, pelo menos para esse fim de tirar a oleosidade após um tempo de make.

Conclusão:

Eu gostei muito do Serozinc, pois é um produto que cumpre com suas promessas de deixar a pele mate e hidratada ao mesmo tempo. Acho que é um bom produto para se acrescentar a rotina para peles oleosas, pois ajuda a controlar ainda mais a oleosidade usando com frequência.

É uma água termal com um “plus” a mais para pele oleosa.

Logo após a maquiagem eu não achei que mudou muita coisa, mas como falei, se usado com frequência, com o tempo a oleosidade vai sendo controlada e é uma boa pedida.

Mas para ser usado no decorrer do dia para tirar a oleosidade com a pele maquiada eu não curti, pois não achei que ele tirou o brilho da minha pele.

Ou seja: vou continuar usando todos os dias após a limpeza e para finalizar a make. Mas na bolsa eu vou deixar meu lencinho matificante mesmo, achei melhor!

O La Roche-Posay Serozinc Spray Purificante custa R$59,90, em um frasco de 150ml. Não achei caro, visto que um frasco desse dura bastante.

Mas se você quiser, existe também uma versão menor com 50ml que custa R$39,90. É uma boa para testar pra ver se você gosta, e para deixar na bolsa já que é pequenino.

Olá! Mais um dos produtos que recebi da Kutiz para testar! E esse eu tava bem curiosa, afinal todas as resenhas que vi a respeito desse produto foram bem positivas! O produto de hoje é o Serozinc, da La Roche-Posay! "Mas Manu, que diacho é Serozinc?" Vem comigo que no caminho eu te explico, miga, hahhaha!! Mas, basicamente, é uma "aguinha" que ajuda a controlar a oleosidade e fechar os poros. Interessante, né? Vamos ver a resenha? Testei: Serozinc La Roche-Posay O Serozinc vem nessa embalagem em spray que facilita muito o uso. Parece um spray de cabelo, com o frasco em alumínio e um vaporizador em cima. O Serozinc é uma bruma purificante, que ajuda a controlar a oleosidade e disfarçar os poros dilatados. O que a marca diz? La Roche-Posay Serozinc Spray Purificante é o primeiro cuidado purificante em spray para peles oleosas. Age na matificação da pele, com ação purificante e controle prolongado da oleosidade. Proporciona uma ação adstringente e antioleosidade, além de um efeito calmante, refrescante e suavizante. FORMULAÇÃO: - Sulfato de Zinco: elimina impurezas, excesso de oleosidade, proporcionando uma pele matificada e purificada; - Agua Termal La Roche Posay: naturalmente rica em sais minerais e oligo-elementos. Age na atividade enzimática que participa das funções de proteção da pele. Tem ação calmante, revitalizante e refrescante. Modo de usar: Borrife La Roche-Posay Serozinc Spray Purificante diariamente sobre o rosto de manhã e à noite após a limpeza facial. Reaplique ao longo do dia, caso necessário. Utilize também antes a após sua rotina de maquiagem, para preparar a pele e ajudar na fixação. O uso contínuo de Serozinc equilibra a oleosidade da pele. Feche os olhos enquanto borrifa, deixe absorver por alguns instantes. Sem enxague. O que eu achei? O Serozinc é uma água mesmo, então não pesa e quando você borrifa no rosto, dá a impressão que não tem nada. A não ser pelo gosto que é meio salgadinho (não bebi, mas ao borrifar bateu um pouco na boca). Apliquei de três formas: após a limpeza, após terminar de fazer a maquiagem e depois de um bom tempo maquiada, quando a pele já estava oleosa de novo. Após a limpeza (antes da maquiagem) eu gostei muito, pois ele deu aquela matificada gostosa que só quem tem pele oleosa sabe como é bom sentir, hahaha! A pele fica sequinha, mas não fica ressecada ou puxando. Mas é uma sensação muito gostosa, de pele limpa e longe da oleosidade. No meu caso, não senti um grande disfarce de poros. Eles continuaram do mesmo jeito. Nesses dias que testei antes da maquiagem eu não quis passar depois, pra ver o resultado. De um primeiro momento eu achei que não mexeu muito no controle da oleosidade. No decorrer do dia a oleosidade foi voltando normalmente, como se eu não tivesse usado nada de diferente. Mas como isso é uma coisa que só acontece depois de um certo tempo de uso, como a própria marca diz, acho que deveria usar por um bom tempo para…

Testei: Serozinc La Roche-Posay

Qualidade - 9
Cumpre o que promete - 8
Controle de oleosidade - 9
Preço - 9

8.8

NOTA FINAL:

O spray é uma água super leve que penetra no rosto e não pesa absolutamente nada! É como se você nem tivesse passado nada na pele. Porém, após a limpeza senti que ele dá uma matificada legal no rosto, deixando a pele super sequinha e hidratada ao mesmo tempo, sem ressecar e sem repuxar. Já nos poros, não senti muita diferença. Após a maquiagem tive a impressão que a make durou mais tempo, mas não controlou tão bem a oleosidade no decorrer do dia. E para usar por cima da maquiagem após a pele já estar oleosa eu não gostei muito, visto que ele não matificou nada, foi como se eu nem tivesse usado nada para esse fim. Não tem perfume nenhum, o que é ótimo pois não irrita olhos e nem o nariz. Não custa caro, e acho que é um investimento legal para acrescentar na rotina de quem tem pele oleosa pois com o tempo de uso ele vai controlando melhor a oleosidade.

Avaliação dos leitores: Seja o primeiro a avaliar!
9


Alguém aí já usou o Serozinc da La Roche-Posay? Me conta nos comentários o que achou!

Beijokas!

Testei: Osis Magic – Serum de brilho

Olá!

Hoje vamos falar de finalizadores!

Eu nunca tinha testado nenhum tipo de finalizador da Schwarzkopf então escolhi esse sérum de brilho da linha Osis para começar, enviado para mim pela Kutiz!

Eu gosto muito de finalizadores para dar um up no brilho dos fios logo após terminar a finalização do cabelo, sabe? Eu estava usando o sérum da linha Lumino Contrast da L’Oréal Professionnel e estava adorando, mas ele tá quase no finzinho então pensei que esse da Schwarzkopf seria uma boa opção para teste e também para substituí-lo.

Estou usando o produto há quase um mês e agora vou contar o que achei sobre ele!

Testei: Osis Magic – Serum de brilho

O serum Osis Magic vem nessa embalagem bem bonita e funcional, já que tem válvula pump.

Ele promete dar brilho, diminuir o frizz e ainda possui uma leve fixação de penteados, sendo indicado para todo o tipo de cabelo.

O que a marca diz?

Schwarzkopf Osis Magic Serum de Brilho apresenta fórmula enriquecida com uma gama de silicones como o Dimeticone, Ciclometicone e Dimeticonol que juntos proporcionam maleabilidade, brilho e melhoram a textura e o aspecto do cabelo, permitindo o modelamento do penteado. Além disso, estes ativos oferecem condicionamento e formam uma película que protege os fios das agressões externas, inibindo inclusive a formação do frizz. Sendo assim, os cabelos ficarão com aspecto saudável, brilho instantâneo, sedosos, disciplinados e sem os indesejáveis fios arrepiados. Recomendado para disciplinar e dar brilho a todos os tipos de cabelo (lisos ou cacheados). É facilmente removível durante a lavagem dos cabelos. Apresenta embalagem prática que proporciona aplicação fácil e sem desperdícios.

Modo de Usar: Aplique Schwarzkopf Osis Magic Serum de Brilho sobre os fios úmidos ou secos e modele o cabelo como desejar.

 

O que eu achei?

Bom, de início eu me assustei com a textura do produto. Eu achei que ele era tipo um oleozinho, mas na verdade está mais pra uma pomada mesmo:

Na hora que vi, pensei: “vixi, vai pesar no meu cabelo!”. Mas é totalmente o contrário disso!

Essa textura aí, por incrível que pareça, é super levinha! Na hora que você espalha nas mãos ele derrete e fica bem suave, então não pesa de jeito nenhum nos fios, mesmo se o cabelo for fininho.

Eu usei com o cabelo seco pois é assim que prefiro usar os seruns de brilho.

Então eu lavei e hidratei meu cabelo como sempre, sequei, passei a chapinha e depois vim com ele por cima.

Ele dá um brilho maravilhoso para os fios, ao mesmo tempo que dá uma diminuída no frizz.

Não é o melhor produto para controlar o frizz (se eu não usar chapinha ele não dá conta), mas se for só um pouquinho ele dá conta do recado.

Na minha opinião a melhor função dele mesmo é dar brilho, e isso ele faz muito bem!

Então eu opto por usar leave-ins anti-frizz (Como o Liss Unlimited e Frizz Dimiss) e deixo ele apenas para finalizar o processo todo, para dar brilho e controlar algum fiozinho mais rebelde.

O perfume dele é gostoso, mas muito suave. Nem fica no cabelo direito. Eu particularmente gosto de finalizadores bem cheirosos, assim já aumenta o brilho e de quebra deixa o cabelo cheiroso. Mas esse tem um perfume muito leve.

Conclusão:

O Osis Magic é um serum para dar brilho com efeito anti-frizz.

Se você usar ele após uma escova ou chapinha apenas para controlar o pequeno frizz que fica após esse tipo de finalização, ele é ótimo.

Mas para um grande controle de frizz, é melhor investir em outro produto!

Já para dar brilho ele é ótimo, pois dá brilhos aos fios sem pesar e sem deixar oleoso. É bom? É! Mas ele atua como outros produtos para esse mesmo fim.

Gostei, mas não é aquele produto que se diferencia de outros e você pensa: nossa, esse é o melhor de todos e vou usar só esse agora!

Ele é bom, cumpre o que promete, mas é igual a todos outros finalizadores para brilho. Porém, por ser da Schwarzkopf, é sempre uma boa opção de compra.

O Schwarzkopf Osis Magic Serum de Brilho custa R120,00 na Kutiz.

Olá! Hoje vamos falar de finalizadores! Eu nunca tinha testado nenhum tipo de finalizador da Schwarzkopf então escolhi esse sérum de brilho da linha Osis para começar, enviado para mim pela Kutiz! Eu gosto muito de finalizadores para dar um up no brilho dos fios logo após terminar a finalização do cabelo, sabe? Eu estava usando o sérum da linha Lumino Contrast da L'Oréal Professionnel e estava adorando, mas ele tá quase no finzinho então pensei que esse da Schwarzkopf seria uma boa opção para teste e também para substituí-lo. Estou usando o produto há quase um mês e agora vou contar o que achei sobre ele! Testei: Osis Magic - Serum de brilho O serum Osis Magic vem nessa embalagem bem bonita e funcional, já que tem válvula pump. Ele promete dar brilho, diminuir o frizz e ainda possui uma leve fixação de penteados, sendo indicado para todo o tipo de cabelo. O que a marca diz? Schwarzkopf Osis Magic Serum de Brilho apresenta fórmula enriquecida com uma gama de silicones como o Dimeticone, Ciclometicone e Dimeticonol que juntos proporcionam maleabilidade, brilho e melhoram a textura e o aspecto do cabelo, permitindo o modelamento do penteado. Além disso, estes ativos oferecem condicionamento e formam uma película que protege os fios das agressões externas, inibindo inclusive a formação do frizz. Sendo assim, os cabelos ficarão com aspecto saudável, brilho instantâneo, sedosos, disciplinados e sem os indesejáveis fios arrepiados. Recomendado para disciplinar e dar brilho a todos os tipos de cabelo (lisos ou cacheados). É facilmente removível durante a lavagem dos cabelos. Apresenta embalagem prática que proporciona aplicação fácil e sem desperdícios. Modo de Usar: Aplique Schwarzkopf Osis Magic Serum de Brilho sobre os fios úmidos ou secos e modele o cabelo como desejar.   O que eu achei? Bom, de início eu me assustei com a textura do produto. Eu achei que ele era tipo um oleozinho, mas na verdade está mais pra uma pomada mesmo: Na hora que vi, pensei: "vixi, vai pesar no meu cabelo!". Mas é totalmente o contrário disso! Essa textura aí, por incrível que pareça, é super levinha! Na hora que você espalha nas mãos ele derrete e fica bem suave, então não pesa de jeito nenhum nos fios, mesmo se o cabelo for fininho. Eu usei com o cabelo seco pois é assim que prefiro usar os seruns de brilho. Então eu lavei e hidratei meu cabelo como sempre, sequei, passei a chapinha e depois vim com ele por cima. Ele dá um brilho maravilhoso para os fios, ao mesmo tempo que dá uma diminuída no frizz. Não é o melhor produto para controlar o frizz (se eu não usar chapinha ele não dá conta), mas se for só um pouquinho ele dá conta do recado. Na minha opinião a melhor função dele mesmo é dar brilho, e isso ele faz muito bem! Então eu opto por usar leave-ins anti-frizz (Como o Liss Unlimited e Frizz Dimiss) e deixo ele apenas para finalizar o…

Osis Magic - Serum de brilho

Qualidade - 8.5
Controle anti-frizz - 8.5
Brilho - 6
Cumpre o que promete - 10
Perfume - 5
Preço - 7.5

7.6

NOTA FINAL:

Serum de brilho com uma consistência super leve, que dá brilho e polimento aos fios sem deixar pesado ou com aspecto oleoso. Ajuda a diminuir o frizz leve, que aparece após a finalização do cabelo, mas se for aquele frizz intenso o produto não dá conta. É uma boa opção de produto para brilho, mas não se diferencia em relação a outros que fazem a mesma coisa. Tem um perfume muito suave, que não fica nos fios, o que pra mim é um defeito visto que eu gosto de finalizadores com perfume para que o cabelo fique mais cheiroso após o uso. Custa um pouco caro, mas o preço é explicado por ser de uma excelente marca profissional.

Avaliação dos leitores: Seja o primeiro a avaliar!
8


Você já usou esse produto alguma vez?

Me conta nos comentários o que achou!

Beijokas!

Limpeza facial: quando e como utilizar os produtos

Olá!

Você já deve ter percebido que existem vários produtos especiais para a limpeza diária na pele, né?

Tem demaquilante, tônico hidratante, tônico adstringente, esfoliante, sabonete de limpeza…coisa demais!

Mas, você sabe quando é necessário usar esses produtos? A frequência de uso deles? Vem comigo que nesse post eu vou responder todas essas dúvidas!

Limpeza facial: quando e como utilizar os produtos

1 – Demaquilante

O demaquilante deve ser o primeiro passo de higienização facial, porém, só é preciso mesmo utilizá-lo quando a gente usa maquiagem!

Como o próprio nome diz, o demaquilante retira a make, e por isso deve ser usado para esse fim. Se você não usa maquiagem, é um passo que você pode simplesmente riscar da lista.

Se você usa maquiagem todos os dias, use demaquilante todos os dias. Se usa de vez em quando, use o demaquilante sempre que usar a maquiagem.

E lembre-se que sempre após o demaquilante é necessário lavar o rosto com o sabonete facial, ok?

2 – Sabonete Facial

O sabonete facial é o segundo passo da higienização para quem usa maquiagem, mas o primeiro para quem não usa ou na rotina matinal, já que ninguém dorme de maquiagem, né???????? Vai tomar bronca quem disser que dorme! Humfpt!

O primeiro passo é simplesmente escolher o sabonete ideal para seu tipo de pele: oleosa, seca ou normal.

Depois é só molhar o rosto e aplicar o sabonete (que pode ser em barra ou líquido) em todo o rosto, fazendo movimentos circulares.

Enxágue, seque com a toalha dando leves batidas no rosto e siga para o próximo passo.

3 – Tônico

O tônico deve ser usado depois do sabonete, pois ele tem a função de fechar os poros que foram abertos pelo sabonete durante o processo de limpeza. O tônico é tipo o condicionador da pele, hehe!

Além disso, o tônico prepara a pele para o tratamento facial que você usará depois (hidratante, anti-idade, vitamina C, etc…).

Mas existem vários tipos de tônico e o seu escolhido vai depender do seu tipo de pele.

  • Tônicos hidratantes – ideal para peles secas, pois tonificam a pele enquanto auxiliam na hidratação.
  • Tônicos adstringentes – para peles oleosas, auxiliam no controle da oleosidade
  • Tônicos calmantes – ideais para peles sensíveis, pois acalmam a pele logo após o processo de limpeza (que pode ser considerado irritativo para uma pele sensível)
  • Tônicos antioxidantes – ótimo para peles maduras, pois ajuda na prevenção do envelhecimento e também prepara a pele para receber os produtos anti-idade.

4 – Esfoliante

O esfoliante deve ser usado com frequência para manutenção de uma pele saudável.

Ele ajuda a retirar células mortas, estimula o processo de renovação e deixa a pele totalmente limpa, pronta para receber os cuidados diários.

O esfoliante também auxilia na diminuição da oleosidade, reduzindo cravos, espinhas e disfarçando poros dilatados.

Porém, esse produto não deve ser utilizado todos dias, sendo utilizado em intervalos que variam de pele para pele:

  • Pele normal – 1 vez por semana
  • Pele seca – 1 vez a cada 1 dias
  • Pele mista e oleosa – 2 vezes por semana

Você pode usar o esfoliante antes ou depois do sabonete facial. Faça o teste e veja qual forma se adapta melhor ao seu tipo de pele.

Então, para encerrar o post de vez, entenda qual a ordem de uso dos produtos de limpeza facial:

Dia:

  1. Sabonete facial
  2. Tônico

Noite:

  1. Demaquilante (caso use maquiagem)
  2. Sabonete facial
  3. Tônico

Depois dessa rotina de limpeza é que você vai vir com a rotina de cuidados, que deve ser nessa ordem:

  1. Sérum (antioleosidade, anti-idade, vitamina C, etc)
  2. Hidratante Facial
  3. Protetor solar (apenas de dia)

Deu para aprender como usar corretamente os produtos para limpeza facial?

Lembre-se que se ficou alguma dúvida, é só perguntar nos comentários que eu te respondo, miga!

Beijokas!

Testei: SkinCeuticals UV Oil Defense FPS 80

Olá!

Não sei se você sabe, mas a Kutiz, loja parceira aqui do blog, sempre deixa eu escolher os produtos que quero resenhar. Acho isso muito legal, assim eu consigo testar produtos que vocês tem curiosidade e também produtos que são especiais para meu tipo de pele, cabelo, etc!

Eu sempre tive vontade de testar algum produto da SkinCeuticals, porque eu só ouço falar mil maravilhas da marca, sendo considerada por muitos uma das melhores marcas de dermocosméticos.

Vi que esse protetor solar estava na listinha de produtos que eu poderia testar e acabei escolhendo, assim seria uma boa forma de começar a conhecer os produtos SkinCeuticals.

A marca possui vários produtos para pele oleosa, incluindo um anti-idade que sou louca para testar!

O protetor solar que vou falar hoje é especial para pele oleosa, que além de ter altíssima proteção (FPS 80) promete controlar a oleosidade com acabamento mate e sequinho. É o Protetor Solar SkinCeuticals UV Oil Defense FPS 80.

Quer saber o que eu achei do produto? Continua lendo, miga!

Testei: SkinCeuticals UV Oil Defense FPS 80

O protetor solar vem nessa embalagem externa de papelão, sem muita cor e muitas firulas. Já tem cara de ryco, né? Hahaha!

Mas o produto mesmo vem nessa bisnaga, com 40g de produto.

Ele promete uma alta proteção solar, com FPS 80, ao mesmo tempo que deixa a pele sequinha, sem sensação de pele grudando ou com produto. O protetor também tem acabamento mate, ou seja, deixa a pele bem sequinha.

O que a marca diz?

UV Oil Defense FPS 80 é um protetor solar facial inovador que garante muito alta proteção FPS 80, combinada ao controle da oleosidade ao longo do dia com uma textura leve e confortável. Sua fórmula possui amplo espectro de proteção atuando desde o UVB até o UVA longo, protegendo a pele do envelhecimento proveniente da exposição ao sol. UV Oil Defense FPS 80 também contém uma tecnologia exclusiva SkinCeuticals, a Mimetic technology, que se adapta à superfície cutânea, com efeito segunda pele, o que traz um acabamento imperceptível ao toque, com sensação confortável na pele e sem filme branco.

SUA FÓRMULA GARANTE

• Muito alta proteção FPS 80
• Controle do brilho
• Absorção da oleosidade
• Sensação de conforto na pele
• Toque imperceptível
• Sem filme branco

O que eu achei?

Olha, eu sempre tenho pé atrás com protetores solares com FPS altos, pois todos que testei até hoje não foram tão bons assim no controle de oleosidade.

O Minesol Oil Control, um protetor que gosto muito, por exemplo, é ótimo com FPS 30, mas com FPS 60 eu não curti.

O SkinCeuticals Oil Defense é FPS 80, super alto! Além disso, a textura dele é bem durinha, parece até uma pomada.

E foi outra coisa que me assustou, pois eu achava que por ter essa textura ele ia deixar a pele pesada, sabe?

Mas, tudo o que eu pensei desse protetor, estava errado! Ele é simplesmente DIVINO!

O fato dele ser mais grossinho faz com que ele não espalhe tão facilmente, então tem que usar uma quantidade um pouco maior para passar no rosto todo. Porém, mesmo não espalhando tanto, a absorção é rápida.

Na hora que você termina de passar a impressão que você tem é que você não usou NADA! Gente, você passa a mão e não sente que tem algo ali. A pele fica super sequinha, bem matificada, com efeito aveludado, mas você não sente que tem protetor solar. É muito, muito, muito bom!

O rosto não fica branco e esse toque imperceptível é real. Mesmo deixando a pele sequinha, ele não deixa a sensação de repuxamento. É realmente como se você tivesse aplicado nada.

Até então meu protetor solar preferido era o Anthelios Airlicium da La Roche-Posay, mas ele perdeu o posto pro SkinCeuticals Oil Defense, porque ele conseguiu o mesmo resultado no controle de oleosidade, porém com uma proteção muito maior já que tem FPS 80.

Outra coisa boa é que o controle de oleosidade do SkinCeuticals UV Defense é mais duradouro. Com outros protetores solares minha pele fica longe do brilho por umas 4 horas. Já o SkinCeuticals deixou minha pele sequinha por mais ou menos 6 horas!

Ele possui um perfume muuuuito leve, que nem chega a ficar no rosto.

Conclusão:

O melhor protetor para pele oleosa que já usei? Sem dúvida alguma!

Além de oferecer altíssima proteção sem deixar a pele branca, deixa uma sensação imperceptível como se você não tivesse passado nada no rosto.

O acabamento é super sequinho, aveludado, controlando a oleosidade por aproximadamente 6 horas.

Além de tudo isso, oferece altíssima proteção solar, com FPS 80.

Nunca tinha testado um protetor solar com tantas qualidades em um produto só!

Mas, claro que tinha que ter um defeito, né? Tanta coisa boa assim custa caro, infelizmente!

O Protetor Solar SkinCeuticals UV Oil Defense FPS 80 custa R$99,90 na Kutiz.

Assim, vendo de um outro lado, não custa tããão caro. Eu costumo pagar R$60,00 em protetores solares com FPS 30. Esse tem mais que o dobro de proteção, então é ok ser mais caro.

Mas entendo que não é um preço que todo mundo pode pagar. 🙁

Olá! Não sei se você sabe, mas a Kutiz, loja parceira aqui do blog, sempre deixa eu escolher os produtos que quero resenhar. Acho isso muito legal, assim eu consigo testar produtos que vocês tem curiosidade e também produtos que são especiais para meu tipo de pele, cabelo, etc! Eu sempre tive vontade de testar algum produto da SkinCeuticals, porque eu só ouço falar mil maravilhas da marca, sendo considerada por muitos uma das melhores marcas de dermocosméticos. Vi que esse protetor solar estava na listinha de produtos que eu poderia testar e acabei escolhendo, assim seria uma boa forma de começar a conhecer os produtos SkinCeuticals. A marca possui vários produtos para pele oleosa, incluindo um anti-idade que sou louca para testar! O protetor solar que vou falar hoje é especial para pele oleosa, que além de ter altíssima proteção (FPS 80) promete controlar a oleosidade com acabamento mate e sequinho. É o Protetor Solar SkinCeuticals UV Oil Defense FPS 80. Quer saber o que eu achei do produto? Continua lendo, miga! Testei: SkinCeuticals UV Oil Defense FPS 80 O protetor solar vem nessa embalagem externa de papelão, sem muita cor e muitas firulas. Já tem cara de ryco, né? Hahaha! Mas o produto mesmo vem nessa bisnaga, com 40g de produto. Ele promete uma alta proteção solar, com FPS 80, ao mesmo tempo que deixa a pele sequinha, sem sensação de pele grudando ou com produto. O protetor também tem acabamento mate, ou seja, deixa a pele bem sequinha. O que a marca diz? UV Oil Defense FPS 80 é um protetor solar facial inovador que garante muito alta proteção FPS 80, combinada ao controle da oleosidade ao longo do dia com uma textura leve e confortável. Sua fórmula possui amplo espectro de proteção atuando desde o UVB até o UVA longo, protegendo a pele do envelhecimento proveniente da exposição ao sol. UV Oil Defense FPS 80 também contém uma tecnologia exclusiva SkinCeuticals, a Mimetic technology, que se adapta à superfície cutânea, com efeito segunda pele, o que traz um acabamento imperceptível ao toque, com sensação confortável na pele e sem filme branco. SUA FÓRMULA GARANTE • Muito alta proteção FPS 80 • Controle do brilho • Absorção da oleosidade • Sensação de conforto na pele • Toque imperceptível • Sem filme branco O que eu achei? Olha, eu sempre tenho pé atrás com protetores solares com FPS altos, pois todos que testei até hoje não foram tão bons assim no controle de oleosidade. O Minesol Oil Control, um protetor que gosto muito, por exemplo, é ótimo com FPS 30, mas com FPS 60 eu não curti. O SkinCeuticals Oil Defense é FPS 80, super alto! Além disso, a textura dele é bem durinha, parece até uma pomada. E foi outra coisa que me assustou, pois eu achava que por ter essa textura ele ia deixar a pele pesada, sabe? Mas, tudo o que eu pensei desse protetor, estava errado! Ele é simplesmente DIVINO! O fato dele ser…

SkinCeuticals UV Oil Defense FPS 80

Qualidade - 10
Cumpre o que promete - 10
Controle de oleosidade - 9
Perfume - 9
Preço - 6

8.8

NOTA FINAL:

Um dos melhores protetores solares para pele oleosa que já testei! Deixa a pele super sequinha e matificada, sem deixar a pele repuxando. Depois que você passa ele absorve de um jeito que a impressão que dá é que você não passou absolutamente nada no rosto! É maravilhoso! Ele controlou a minha oleosidade por umas 6 horas, ou seja, é bem duradouro. Mesmo sendo grossinho e com FPS altíssimo, não deixa a pele esbranquiçada. Tem um perfume suave que não incomoda. O único inconveniente é o preço, já que ele custa quase cem reais! Mas é um investimento que vale a pena, pois vale cada centavo.

Avaliação dos leitores: Seja o primeiro a avaliar!
9


Alguém já usou algum produto da SkinCeuticals?

Me conta nos comentários o que achou da marca!

Beijokas!

Cabelos no verão: Como cuidar?

Olá!

The summer is coming! Se em Game of Thrones o povo está esperando ansiosamente (e com muito medo!) pelo inverno, nós aqui não vemos a hora de chegar o verão, né?

Claro, depende muito de pessoa para pessoa. Eu particularmente não gosto do verão, prefiro a primavera, que tem aquele calor na medida.

Mas sei que o calorão é o preferido de muita gente então sempre tem post sobre isso aqui no blog!

E no post de hoje vou dar 5 dicas que vão te ajudar a manter os seus fios bonitos e saudáveis mesmo durante a exposição solar, mar e piscina!

Vem!

Cabelos no verão: Como cuidar?

1 -Molhe os cabelos com água doce antes de mergulhar

Essa é bem interessante e muita gente esquece de fazer. Sempre antes de mergulhar na água, seja no mar ou na piscina, molhe bem os cabelos com água doce antes. Água de chuveiro mesmo, sabe?

Quando a gente mergulha com o cabelo seco diretamente na água salgada ou com cloro da piscina, nosso cabelo absorve TODA essa água. E nós sabemos que o sal e o cloro são super prejudiciais para nosso cabelo!

Ao umedecer os fios com água doce antes de mergulhar, eles já estarão cheios de água doce, então vão absorver menos água salgada (ou de piscina).

Com isso o ressecamento é bem menor!

Então antes de ir para a praia e piscina, umedeça seus fios com água doce, aplique um creme hidratante com proteção solar e aí sim você se joga, miga!

2 – Tenha sempre um spray de água doce na bolsa

Sempre após voltar do mar e da piscina o ideal é novamente enxaguar o cabelo com água doce para depois reaplicar o creme hidratante.

Quando estamos na piscina é fácil, praticamente todos os lugares tem aquele chuveiro externo, então é só usar.

Mas e na praia? Dependendo do local, nem sempre tem aqueles chuveiros nos quiosques para serem utilizados!

A melhor forma então de resolver isso é pegar um frasco de spray borrifador e encher de água doce. Aí ao sair do mar, é só dar uma borrifada em todo o cabelo, ajuda muito!

Se você for ryca, uma opção melhor ainda seria a água termal. Mas eu sou pobre e não tenho coragem de gastar água termal no cabelo todo, hahahaha! Então vai água de chuveiro mesmo! 😀

3 – Evite prender os cabelos com elásticos muito apertados e por muito tempo

No calor a gente está sempre prendendo nossos fios, até porque ninguém aguenta o cabelo na nuca dos dias de verão, né?

Porém, opte por não prender com um elástico muito apertado. Isso vai causando uma fragilidade nos fios e com o tempo eles podem arrebentar.

E quando prender, não fique por muuuito tempo com ele preso, por causa do mesmo motivo. Os fios vão ficando frágeis.

Prenda o cabelo e sempre que puder, solte para que eles possam “descansar”! Hehe!

4 – Seque bem os fios antes de dormir

Quando a gente está na praia secador é a última coisa que a gente pensa!

Mas as vezes, mesmo no verão, o secador talvez tenha que ser utilizado!

Se na hora de dormir os seus fios estiverem sequinhos, então tá tudo certo. Mas se estiverem úmidos, miga, tem que secar!

Dormir com o cabelo úmido faz mal para os fios, pois quando o cabelo está molhado ele fica mais frágil. E o atrito de um cabelo frágil com o travesseiro resulta em que? Quebra!

Sem contar que o couro cabeludo úmido em contato com algo que vai abafar a região (o travesseiro) pode ser mais propenso a proliferação de fungos.

Se você vai passar pouco tempo de na praia, coisa de 2 ou 3 dias, dormir com o cabelo úmido não será tão prejudicial assim. Mas se você vai ficar 1 semana ou mais, melhor levar um secador de viagem e deixar na bolsa para quando for necessário.

5 – Hidrate semanalmente

Hidratar o cabelo semanalmente já deveria ser uma rotina na sua vida, mas se você não tem o costume de fazer isso no dia a dia, faça pelo menos durante sua estadia na praia e piscina.

O cabelo se resseca muito durante a exposição solar, sal do mar e cloro da piscina, então a hidratação aqui é obrigatória!

Opte por máscaras rápidas de 3 minutos, assim você hidrata debaixo o chuveiro mesmo e não precisa perder tempo algum!


Gostou das dicas?

Me conta no comentário se você tem algum outro truque que ajuda a manter os fios saudáveis durante o verão!

Beijokas!

Alodinia Cutânea – A dor de cabeça após prender o cabelo!

Olá!

Todas as vezes que eu prendo meu cabelo, principalmente quando prendo bem forte, uma certeza eu tenho: minha cabeça vai doer!

Tem dias que quero fazer aquele baita rabão de cavalo altão mas na hora hora já lembro: minha cabeça vai doer!

As vezes quando preciso prender (por causa do ballet e tudo mais) eu tomo uma analgésico antes por precaução. Sei que é errado, mas as vezes é preciso, pois se eu não tomar remédio antes eu acaba tendo enxaqueca depois!

Após fazer umas pesquisas vi que isso é muito comum em várias pessoas, principalmente as que sofrem de enxaqueca. E o nome desse bendito problema é alodinia cutânea.

Alodinia Cutânea – A dor de cabeça após prender o cabelo!

A alodinia cutânea é caracterizada por uma dor que acontece após estímulos não dolorosos. Explico.

Se a gente bate nosso dedinho na quina da mesa é normal que ele doa, afinal aconteceu um trauma e o corpo responde a este trauma através da dor. Se a gente se corta, é normal que doa, afinal também teve um trauma na pele e o corpo também irá responder através da dor.

A mesma coisa acontece quando nossa garganta inflama. A garganta recebeu um estímulo (provavelmente uma bactéria) e o corpo responde a essa alteração através da inflamação, como uma forma de avisar: “Ó, tem um bicho aqui!”. E um dos sintomas da inflamação é a dor, que serve para avisar pra gente que tem algo errado.

Na alodinia cutânea a dor aparece sem que haja um estímulo real de dor.

Existem três tipos de alodinia:

  • Térmica: quando a pessoa sente dor a, por exemplo, água fria.
  • Mecânica: quando a pessoa sente dor a movimentos, como exemplo, puxar um lençol pela pele.
  • Tátil: Ocorre devido a um tato ou pressão leve sobre a pele.

No caso das dores de cabeça causadas pelo cabelo preso, o tipo de alodinia cutânea é a tátil, que acontece após um leve puxão dos cabelos para trás.

Ao fazer um penteado muito apertado ou puxado para trás, é comum que os nervos que existem na região do couro cabeludo acabem sendo mais ativados. A dor pode aparecer logo de imediato ou ir aumentando com o tempo, transformando uma pequena dorzinha em uma enxaqueca super forte!

Isso pode acontecer com várias pessoas, mas é muito mais comum em pessoas que sofrem de enxaqueca crônica.

Não se sabe exatamente a causa e infelizmente não há um tratamento eficaz.

A única coisa a se fazer é evitar o estímulo de dor, ou seja, evitar prender o cabelo. 🙁

No meu caso, sempre tenho dor na testa quando prendo o cabelo para trás. Mas quando prendo pro lado, sinto que não tenho dor (até tenho, mas raramente).

Então o ideal é ir testando mesmo até encontrar um meio termo.

Quando preciso mesmo prender, eu faço isso de tomar um analgésico antes. Não é o indicado e não sugiro que faça isso sem indicação médica, ok?

Falei com meu neurologista e ele disse que se for de vez em nunca, até pode. Mas é por isso que eu sempre acabo por prender de lado (pois não dói) ou prendo só um pouquinho em cima.

Alguém aí sofre com esse problema?

Se sim, me conta quais seus truques para evitar essa dorzinha chata!

Beijokas!