Cuidados com o couro cabeludo

Olá!

Toda vez que a gente fala em cuidar do cabelo sempre pensamos apenas nos tratamentos para os fios, né?

É creme pra lá, óleo pra cá,  finalizador aqui, protetor térmico acolá…mas a gente esquece de algo que é super importante para a saúde do cabelo como um todo: o couro cabeludo!

É do couro cabeludo que sai o cabelo, que cresce o cabelo, e se a gente não cuida do couro cabeludo a chance dos fios nascerem frágeis e com queda é muito grande!

No post de hoje eu vou comentar quais são os principais cuidados que a gente precisa ter com o couro cabeludo, para mantê-lo sempre saudável e, consequentemente, ter também cabelos saudáveis!

Ah, outra coisa: couro cabeludo saudável estimula o crescimento dos fios. Então se você tá no Projeto Rapunzel, se joga nas dicas!

Cuidados com o couro cabeludo

1 – Não use as unhas para esfregar

Ao lavar o seu cabelo, nunca esfregue o couro cabeludo com as unhas. Isso porque as unhas podem arranhar e machucar o couro cabeludo, deixando-o muito sensível.

O correto é esfregar com a ponta dos dedos.

2 – Evitar água muito quente

A água muito quente, assim como nos fios, pode causar ressecamento excessivo, deixando o couro cabeludo mais propenso a causar queda de cabelo.

O ressecamento excessivo também faz com que o couro cabeludo acabe tendo que fabricar mais óleo para repor o que foi perdido, deixando a área mais oleosa que o normal. E óleo em excesso tende a causar caspa, seborreia e atrapalhar o processo de crescimento dos fios.

3 – Não usar condicionadores e máscaras na raiz (com exceções)

Via de regra, não se deve usar condicionadores e máscaras na raiz porque elas podem aumentar a oleosidade e deixar resíduos no couro cabeludo.

Mas porque eu coloquei que existem exceções? Porque existem produtos que podem sim ser usados no couro cabeludo, como os condicionadores de limpeza e as máscaras que são liberadas para no-poo, ou seja, livre de parabenos, sulfatos, óleo mineral, parafina e silicones insolúveis.

Se os produtos forem liberados, eles podem ser usados na raiz. Mas se não forem liberados ou caso você não saiba se são, melhor evitar e usá-los apenas nos cabelos, respeitando pelo menos uns três dedos para baixo do couro cabeludo.

4 – Enxaguar bem

Independente do produto escolhido, é importante que você enxágue muito bem o couro cabeludo para que nenhum resíduo fique por lá.

O excesso de resíduos também pode estimular a oleosidade excessiva do couro cabeludo, e nós já sabemos o que isso pode causar!

5 – Não usar finalizadores na raiz

A ideia de não usar finalizadores na raiz é o mesmo de não usar condicionador e máscara: pode deixar o couro cabeludo cheio de resíduos e aumentar a oleosidade.

Mesmo sendo liberado, não passe o produto na raiz, ok? Passe nas pontas e use só a mão sujinha de creme em cima, para não deixar a região com excesso de creme.

6 – Secar bem antes de dormir

Nunca durma com o cabelo molhado, nunca!

Dormir com couro cabeludo úmido pode aumentar a oleosidade, causar caspa e ainda pode ser uma região propícia para crescimento de fungos!

Tudo isso deixa o couro cabeludo doente, podendo atrapalhar o crescimento dos fios e ainda por cima aumentar a queda capilar.

Se lavar o cabelo e ao dormir ele ainda estiver úmido, use secador!

7 – Faça limpeza profunda regularmente

Por mais que a gente evite usar produto na raiz, uma hora ou outra o couro cabeludo vai estar cheio de resíduos, seja por um pouco de produto que você passou sem querer, a oleosidade natural, a sujeira da nossa mão quando a gente passa os dedos no cabelo, a poluição e etc.

Por isso é muito importante que o couro cabeludo receba uma limpeza profunda para retirar toda essa sujeira, para deixar o couro cabeludo bem limpinho e estimular a circulação do local.

Isso deixará a região sempre limpa e saudável, pronta pra deixar o cabelo crescer!

Para isso, use os shampoos esfoliantes ou esfoliantes específicos para couro cabeludo. Eles foram desenvolvidos para serem utilizados diretamente na raiz e além de limpar, retiram as células mortas deixando a região totalmente limpa e saudável.

Existem vários produtos para esse fim nas perfumarias. Basta escolher aquele que mais te agrada e que seu bolso possa pagar. 😉

Quem tem cabelo oleoso pode usar o esfoliante uma vez por semana. Cabelos normais, uma vez a cada 15 dias. E cabelos secos ou danificados, uma vez por mês.


E aí, gostou das dicas de cuidados com o couro cabeludo?

Você sempre cuidou direitinho dele ou nunca deu muita bola para o seu courinho cabeludinho?

Pois se não cuidava, comece a cuidar agora. Afinal, cabelo saudável se começa pela raiz! 😉

Beijokas!

O que você precisa saber antes de tingir o cabelo

Olá!

Você nunca tingiu o cabelo mas de um tempo para cá está pensando nessa possibilidade?

Ou até tingiu algumas vezes, mas depois parou e agora que voltar a colorir o cabelo novamente?

Ter o cabelo da cor que você deseja é realmente maravilhoso! Mas é preciso seguir alguns cuidados se quiser que os seus fios se mantenham sempre bonitos e saudáveis.

No post de hoje eu vou contar algumas coisas que você precisa saber antes de tingir o cabelo, para se decidir de vez se vai se jogar na tintura ou vai manter o bom e velho cabelo da cor natural!

O que você precisa saber antes de tingir o cabelo

1 – A tinta resseca os fios

Sabe quando a gente vê nos comerciais de tintura as marcas falando que a tinta X não resseca os fios, ou que a tinta Y tem sei lá o que na fórmula que ajuda a não ressecar? É tudo balela, miga!

Toda tinta vai ressecar o seu cabelo. Algumas mais, outras menos, mas sempre vai ressecar porque o processo de coloração envolve abrir a cutícula do seu fio. E quando essa cutícula é aberta a hidratação natural do cabelo é perdida.

Porém, nada é definitivo! Basta hidratar bem o seu cabelo que o seus fios voltam ao normal, recuperando a hidratação perdida!

2 – É preciso hidratar sempre

Esse tópico é uma continuação do primeiro! Quando nosso cabelo é virgem a gente hidrata uma vez por mês e já tá tudo ok, né?

Quando você tem o cabelo tingido as coisas mudam de figura! A partir do momento que você passa uma tintura no cabelo os fios ficam ressecados (como falei no início) e é preciso hidratar algumas vezes para que o cabelo volte ao normal, pelo menos uma vez por semana.

Se você não tingir mais o cabelo, ok! Mas a gente retoca a cor todo mês, né? Então a partir do momento que você tinge os fios uma vez, é preciso hidratar sempre!

3 – A cor vai desbotar

É miga, todo cabelo desbota! Até o virgem! Ou vai dizer que você nunca reparou que até seu cabelo natural tem algumas partes mais claras?

Sim, o cabelo natural desbota, basicamente pela ação dos raios solares. O cabelo tingido desbota não só por causa do sol,  mas também pelas lavagens, que vão retirando o pigmento dos fios aos poucos.

Na tintura permanente a cor não sai totalmente, ok? Apenas desbota! Já o tonalizante com o tempo sai completamente.

Então tenha em mente que no dia que você tingir seu cabelo estará de uma cor, e com o tempo ele vai desbotando.

Para manter a cor o mês inteiro, opte por shampoos para cabelos tingidos ou sem sulfato. E sempre que ver que a cor não está tão bonita, você pode usar máscaras tonalizantes, que devolvem a cor sem ressecar o cabelo.

4 – O loiro é o que mais resseca

O loiro é uma cor maravilhosa de cabelo e muita gente sonha em ter o cabelo dessa cor! Mas, definitivamente é a cor que mais resseca!

Isso porque para conseguir um tom de loiro, a tinta (ou o descolorante) precisa retirar o pigmento natural da cor do seu cabelo. E junto com o pigmento sai hidratação, sai queratina e mais um monte de coisa, que deixa os fios ressecados, frágeis e danificados.

Para resolver isso é preciso investir pesado no tratamento do seu cabelo, como seguir um cronograma capilar, por exemplo.

Cuidando direitinho dos fios, saiba que é possível ter um cabelo loiro e saudável!

5 – Independente dos percalços, ter o cabelo colorido é tudo de bom!

A gente sabe que resseca, a gente sabe que danifica, a gente sabe que vai ter que cuidar mais.

Só que mesmo com tudo isso, ter a cor de cabelo que você sempre sonhou é simplesmente maravilhoso!

Você se sente mais bonita, mas confiante e com a autoestima lá em cima!

E no final vale muito a pena ter um pouco mais de trabalho mas ter a cor de cabelo dos seus sonhos! <3

Aqui no blog tem alguns posts sobre cabelo colorido que podem te ajudar a conseguir o tom que você deseja:


Gostou do post? Qual outra coisa é preciso saber antes de tingir o cabelo que eu não citei?

Beijokas!

 

5 dicas para cuidar dos cabelos longos

Olá!

Quem aí tá com o cabelo compridão?

O meu está bem longo, fazia um tempão que não deixava o cabelo desse tamanho!

Por isso mesmo eu tinha até esquecido dos cuidados que esse tipo de cabelo merece.

Mas agora eu já lembrei dos cuidados, estou pondo em prática e claro, vou dividi-los com vocês! 😉

Vem comigo que eu vou contar 5 dicas especiais para cuidar dos cabelos longos!

5 dicas para cuidar dos cabelos longos

1 – Cuidar da raiz

Muita gente acha que a parte mais importante dos cuidados com os fios longos são as pontas, né?

Bom, as pontas muito importantes, mas se você não cuidar da raiz o cabelo não crescerá saudável, além de aumentar o risco de queda e quebra do cabelo na raiz.

Por isso é importante cuidar da raiz utilizando shampoos específicos para cabelos longos (que cuidam da raiz e hidratam as pontas) ou para cabelos oleosos, que também ajudam a deixar a raiz limpinha e refrescar o couro cabeludo.

A esfoliação do couro cabeludo também é indicada a cada 15 dias, com produtos específicos para esse fim.

2 – Hidratar muito

Depois de cuidar da raiz, é hora de cuidar das pontas. Hidrate o cabelo semanalmente, pois o cabelo longo tem uma tendência maior ao ressecamento e por isso precisa de hidratação toda semana.

O ideal é seguir um cronograma capilar, mas se você não gosta ou não tem paciência, hidrate semanalmente intercalando uma máscara de hidratação e uma de nutrição. Uma vez por mês, use uma de reconstrução.

3 – Não durma com o cabelo molhado

O cabelo quando está molhado se torna mais elástico e frágil que o normal. Se você dorme com os fios ainda úmidos, existe uma maior chance que seu cabelo se quebre, principalmente quando ele é longo, já que geralmente fica prendendo em tudo que é lugar durante o sono.

O cabelo quebrado, além de deixar um aspecto feio, aumenta o frizz. Então vamos evitar a quebra e sempre seque o cabelo direitinho antes de dormir.

4 – Use protetor térmico

Se você usa secador e chapinha com frequência, o uso do protetor térmico é indispensável, principalmente para os longos.

Imagine que o cabelo longo é um cabelo “velho”, pois ele nasceu faz tempo lá do couro cabeludo e até chegar no comprimento que está, ele sobreviveu a muitas químicas, poluição, secador e etc.

Ou seja, um cabelo longo é um cabelo mais frágil, então usar ferramentas térmicas aumentam ainda mais a fragilidade do fio, aumentando o risco de ressecamento e quebra.

O protetor térmico vai proteger o calor do secador e dependendo do produto escolhido, vai hidratar e reconstruir o fio de cabelo. Por isso use sempre!

5 – Não use elásticos apertados

Aqui entra a mesma regra do tópico anterior: cabelo longo geralmente é mais frágil. E se você prende os fios num elástico muito apertado, a chance deles se quebrarem é muito grande.

Então ao prender o cabelo, não aperte muito os fios e nem use um elástico muito apertado.

Opte pelos prendedores que tem proteção de tecido em volta, pois eles protegem os fios.


E aí, gostaram das dicas?

Tem algum outro cuidado com o cabelo longo que vocês gostam e querem dividir comigo? Vou esperá-las nos comentários!

Beijokas!

Como recuperar pontas ressecadas e danificadas?

Olá!

Se você assim como eu tem o cabelo comprido provavelmente deve sofrer com as pontas que geralmente estão sempre ressecadas e danificadas, né?

Talvez o cabelo nem seja tão longo, mas o uso de tintura, descoloração, progressiva e ferramentas térmicas são um problema para as nossas pontinhas, deixando-as sempre ressecadas e com um aspecto espigado.

Mas não precisa se desesperar, pois por mais que não pareça dá sim para restaurar as pontinhas secas e danificadas! Quer saber como? Então vem comigo nesse post que eu vou te dar várias dicas!

Só é importante lembrar que as dicas servem para pontas secas e danificadas, daquelas que ficam ásperas quando a gente passa a mão e tem o aspecto de espigadas, ok? Quando o negócio é ponta dupla aí o negócio muda de figura. Mas no final do post eu explico melhor. 😉

Como recuperar pontas secas e danificadas?

1 – Cronograma capilar nelas!

Não importa se o cabelo está danificado na metade ou só nas pontas, um cronograma capilar é capaz de recuperar qualquer parte dos fios!

A diferença é que aqui a gente vai dar um ênfase maior nas pontas! Faça suas hidratações/nutrições/reconstruções constantes, mas dando uma maior atenção para as pontas, aplicando uma maior quantidade de produto nessa região e massageando bastante!

Não sabe como seguir o cronograma capilar? Eu te explico, é só clicar no link abaixo (caso prefira ler) ou assistir o vídeo no final do post. 😉

Cronograma capilar: o guia definitivo

Se as pontas estão mais ressecadas siga o cronograma capilar para cabelos levemente danificados. Se as pontas estão em um estado mais grave, apele para o cronograma para cabelos muito danificados (todas as tabelas estão no link acima).

2 – Abuse das umectações!

A umectação é sem dúvida um dos melhores tratamentos para pontas secas! Ela ajuda muito a nutrir os fios e reparar aquelas pontas que parecem que não tem mais jeito!

Só que tem que ter paciência, porque não será apenas uma umectação que dará jeito nas suas pontas, principalmente se elas estiverem muito secas ou danificadas.

Faça a umectação 1 vez por semana e repita o procedimento por pelo menos 1 mês para obter um resultado legal.

Conseguiu fazer com que elas se recuperassem? Faça a cada 15 dias para manter os resultados!

Não sabe como fazer umectação? Tem passo a passo em texto aqui em baixo e em vídeo no fim do post!

Umectação capilar: passo a passo

Você pode usar o óleo que mais gostar, mas para pontas danificadas meu preferido é o óleo de rícino misturado com o de coco! 😉

3 – Use pré-shampoo!

Um pré-shampoo nada mais é do que um produto que a gente usa antes de lavar os cabelos, justamente para evitar que a lavagem e o shampoo ressequem ainda mais as pontas.

É como se fosse uma proteção, sabe?

Esse tipo de procedimento ajuda muuuuuito a manter as pontas do cabelo protegidas durante a lavagem dos fios e com o tempo você vai percebendo que as pontas vão ficando cada vez mais saudáveis!

Você pode usar qualquer óleo vegetal como pré-shampoo, super funciona! Pode também utilizar algum desses cremes que são liberados para no-poo. Meus preferidos são o Yamasterol e o Novex Tudo de Bom.

4 – Tome cuidado com as ferramentas térmicas!

Sabe quais são os 3 maiores vilões do cabelo? São eles: secador, babyliss e chapinha.

Eles deixam nosso cabelo mais bonito visualmente, mas ressecam que é uma beleza!

Então se você está com as pontas muito ressecadas o ideal é tentar evitar ao máximo o uso dessas ferramentas térmicas. Quando precisar usar, utilize um protetor térmico de qualidade!

5 – Use bastante reparadores de pontas!

Antigamente os reparadores de pontas eram apenas silicone puro, serviam para dar uma melhorada no aspecto das pontas mas não tratavam absolutamente nada!

Mas hoje em dia os reparadores contém em suas fórmulas ativos que ajudam de verdade a hidratar e recuperar pontas super danificadas.

E eles ajudam bastante, viu?

Além de disfarçar o aspecto de pontas secas, com o uso contínuo os reparadores vão ajudando a hidratar e proteger as pontas para evitar que elas se ressequem novamente!

Aqui no blog eu já falei de alguns reparadores que são excelentes e que ajudam muito a manter as pontas hidratadas:

E as pontas duplas, tem jeito?

Então, quando as pontas estão apenas ressecadas ou danificadas as dicas do post resolvem. Mas quando elas se partem, aí não tem mais jeito, gente! O que tá partido não dá mais pra grudar!

Nesse caso, só tesoura resolve! Mas agora você não precisa mais cortar o cabelo inteiro para tirar as pontas duplas, basta investir no corte bordado, que retira as pontas sem mexer no comprimento!

Você pode fazer esse corte no salão ou comprar a máquina e fazer em casa, como eu fiz:

Com o corte bordado é realmente o fim das pontas duplas!

A junção do corte bordado + as dicas do post farão você ter pontas perfeitas! 😀


Para aprender mais sobre cronograma capilar, é só assistir o vídeo:

E para aprender a fazer umectação capilar, também tem passo a passo em vídeo:


E aí, gostaram das dicas?

Coloquem todas em prática e depois voltem aqui pra me dizer o resultado delas no cabelinho de vocês, combinado?

Beijokas!

Como recuperar a pele após o verão

Olá!

Hoje oficialmente o verão acabou!

E provavelmente sua pele deve ter sofrido alguns estragos por ter ficado tanto tempo no sol, mar e piscina, né?

Na semana passada eu fiz um post de como recuperar os cabelos após o verão, e hoje vou dar algumas dicas que vão ajudar a recuperar a sua pele e prolongar aquele bronzeado lindo que você conseguiu!

Vem comigo!

Como recuperar a pele após o verão

Corpo

Se você se bronzeou com a protetor solar direitinho e está bronzeada, mas com a pele saudável (sem descascar), o importante agora é deixar essa pele bem hidratada.

Utilize hidratantes potentes que vão ajudar a sua pele a se recuperar os efeitos nocivos do sol e de quebra vão ajudar a manter seu bronzeado por muito mais tempo!

Mas a hidratação não vem só de fora, ok? É importante consumir bastante água, no mínimo 2 litros por dia, para manter sua pele sempre saudável e hidratada.

Agora, se sua pele está descascando, o cuidado vai ter que ser maior.

Não arranque as casquinhas, hein? E opte por hidratantes que possuam agentes calmantes, como camomila, por exemplo. Utilize esse hidratante duas vezes ao dia.

Evite banhos muito quentes e nada de esfoliar ou usar esponja para banho. Se quiser hidratar ainda mais, tome banho utilizando sabonetes líquidos hidratantes.

Fora os hidratantes, você também pode usar água termal para hidratar a pele por fora e beber bastante água para hidratar a pele por dentro.

Rosto

Se sua pele não estiver descascando, faça uma esfoliação leve para remover todas as impurezas e células mortas.

Você pode esfoliar utilizando uma receita caseira simples e barata:

  • 1 colher (sopa) de farelo de aveia
  • 2 colheres (sopa) de mel
  • 1 colher (sopa) de açúcar

Misture todos os ingredientes e aplique no rosto fazendo movimentos circulares. Enxágue com água fria.

Depois de esfoliar, você pode fazer uma máscara calmante que além de recuperar a pele, vai ajudar a deixá-la mais hidratada e saudável.

Você também pode fazer essa receita caso sua pele esteja descascando. Nesse caso, pule a esfoliação e vá direto pra receitinha abaixo:

  • 1 xícara de água
  •  3 sachês de chá de camomila
  • Discos de algodão

Ferva a água e coloque os sachês. Desligue o fogo e deixe o sachê dentro da água até que esfrie totalmente.

Umedeça os discos de algodão com o chá de camomila e os deposite em todo o seu rosto. Deixe agir por 15 minutos, retire os discos de algodão e enxágue com água fria.

Pronto! Depois dessas receitinhas caseiras sua pele estará recuperada e renovada!

Para manter sua pele saudável, lave o rosto 2 vezes por dia com um sabonete facial específico para o seu tipo de pele, hidrate também com algum hidratante específico e utilize protetor solar de no mínimo FPS 30. 😉


E aí, gostaram das dicas?

Beijokas!

Como recuperar os cabelos após o verão

Olá!

Já estamos na metade de março e logo mais entraremos no outono!

E você, aproveitou bastante o verão? Acredito que deve ter se esbaldado nas praias, na piscina, provavelmente tomou bastante sol e deve estar com a pele super bronzeada!

Tudo isso é maravilhoso, mas faz um mal danado para nossos cabelinhos, né?

Depois do verão os fios geralmente costumam ficar mais secos, quebradiços, opacos e sem vida.

Mas nada que um bom tratamento não resolva! No post de hoje vou dividir com vocês algumas dicas para recuperar o cabelo dos estragos causados pelo verão!

Como recuperar os cabelos após o verão

1 – Faça uma limpeza profunda

Para que o nosso cabelo receba bem os tratamentos que iremos fazer, é imprescindível que os fios estejam totalmente limpos, sem resquícios de sal, areia, poluição e finalizadores de cabelo, que usamos bastante durante a praia para proteger os fios do sol, não é mesmo?

Por isso é importante que uma limpeza profunda seja realizada, com o uso de um bom shampoo anti-resíduos!

2 – Depois aposte em uma limpeza hidratante

Depois de retirar bem os resíduos do cabelo, é sempre bom reforçar essa limpeza e aproveitar para hidratar junto, com um bom shampoo hidratante.

Se você tem os cabelos muito oleosos, pode pular essa parte, ok?

3 – Faça um tratamento power!

Vou ensinar para vocês uma receitinha simples, maravilhosa e poderosa para recuperar os seus cabelos pós verão!

Anotem aí:

  • 2 colheres de creme de nutrição (que contenha algum óleo na fórmula)
  • 1 colher de queratina líquida
  • 1 colher de Bepantol Líquido (pode ser o genérico!)

Após lavar o cabelo com o shampoo anti-resíduos e o shampoo hidratante, aplique essa misturinha nos fios massageando bem, mecha por mecha.

Coloque uma touca plástica, deixe agir por 10 minutos, enxágue e condicione com seu condicionador preferido.

Enxágue novamente, aplique um pouco de creme para pentear sem enxágue e deixe secar naturalmente.

Essa receitinha junta as 3 fases do cronograma capilar em 1 só e vai ajudar a repor tudo que seu cabelo perdeu durante a estadia na praia e na piscina!

4 – Trate hoje, trate amanhã, trate sempre!

Depois do cabelo estar limpinho e recuperado, é preciso continuar com o tratamento para manter a saúde dos fios em dia.

O ideal é seguir o cronograma capilar, mas se você não tem muito tempo, hidrate seu cabelo pelo menos 1 vez por semana, ok?

5 – Reforce a cor dos seus fios

É muito comum que o cabelo acabe desbotando durante o verão, já que os fios são expostos a luz solar, água salgada e água com muito cloro, que ajuda a deixar o cabelo com a cor desbotada e sem vida.

Se esse for o seu caso, tonalize seus fios com tonalizantes vegetais, que ajudam a reavivar a cor dos cabelos sem danificar os fios.

Existem tonalizantes para todas as cores de cabelo, desde os pretos, castanhos, ruivos e até os loiros. Basta escolher o ideal para seu cabelo!

Sugestões de produtos: Keraton, Color Intense, Máscara Colors, Magic Color, etc…


Com todas essas dicas você terá seu cabelo lindo, macio e sedoso novamente mesmo após uma longa estadia na praia e na piscina! 😉

Você tem alguma outra dica para ajudar a recuperar os cabelos após o verão? Que tal me contar nos comentários?

Beijokas!