Como recuperar o cabelo pós descoloração

Olá!

Quem quer ficar loira sabe que o único jeito de conseguir um tom bem clarinho é através da descoloração, não tem jeito!

Com exceção das loiras naturais, que podem conseguir clarear o cabelo só com tinta superclareadora, todo mundo que é ou já foi loira teve que descolorir o cabelo pra ficar no tom desejado.

Aí a gente descolore no salão, o cabeleireiro dá uma tratadinha, faz uma escova e você sai de lá toda linda e loira arrasando com o cabelão claro.

Mas aí chega o dia da primeira lavagem! É nessa hora que a gente percebe os estragos causados pela descoloração, que deixam o cabelo super áspero, ressecado e sem vida.

Mas palma, não priemos cânico! Se cuidar diretinho do seu cabelo você vai conseguir recuperar os estragos causados pela descoloração.

Quer saber os cuidados? Vem comigo que eu te ensino, miga!

Como recuperar o cabelo pós descoloração

1 – Faça uma reconstrução porreta!

A descoloração retira os pigmentos do seu cabelo, e junto com a cor sai queratina, sai água, sai óleo e tudo mais o que você imaginar!

Quando o cabelo é descolorido uma boa parte da estrutura dele é perdida no processo.  Por isso o resultado é um cabelo danificado, já que muita coisa vai embora junto com o pigmento.

Para devolver o que foi perdido o ideal é começar logo com uma reconstrução, assim você devolve a parte principal do fio: a estrutura.

Se o cabelo está pouco danificado você pode optar por reconstruções caseiras e mais baratas, porque elas darão conta.

Mas se o cabelo está em um nível master de danos, recomendo investir logo naquelas reconstruções porretas que restauram até a alma, sabe?

A K-Pak da Joico e o CPR da Senscience são, na minha opinião, as melhores opções. A linha Pro Fiber da L’Oréal Professionnel e a Repair Rescue da Schwarzkopf também são bem interessantes.

2 – Óleo nele!

Depois de reconstruído é preciso que você invista muito nas umectações capilares. Isso porque o cabelo, além de ficar mega seco pela descoloração, pode ficar um pouco áspero após a reconstrução.

Então, óleo nele! Faça umectação toda semana religiosamente, de preferência a noturna, pois ela é mais potente pro cabelo.

O óleo de rícino é a melhor opção para cabelos danificados, pois ele não só ajuda na umectação, como também auxilia na reconstrução do fio. Porém, como é meio chatinho de usá-lo sozinho, recomendo misturar com outro óleo de sua preferência. O óleo de coco é uma ótima opção!

3 – Só cronograma capilar salva!

Reconstruiu e nutriu, tá bom? Tá não!

Isso foi apenas o começo! Agora para continuar tratando é preciso investir em um cronograma capilar, começando pela fase de hidratação (já que você já fez a reconstrução e a nutrição nessa altura do campeonato).

Hidrate com a máscara que você quiser e continue seguindo o cronograma certinho. Siga o cronograma de acordo com o estado que ficou seu cabelo.

Se está pouco danificado, siga esse:

E se está muito danificado, siga esse:

Restaurou? Agora mantém no cronograma de manutenção:

O cabelo loiro demanda um cuidado maior, e a melhor forma de fazer isso é continuar com um cronograma!

4 – Secador e chapinha: nana nina não!

Se você usa muito secador e chapinha é melhor que, pelo menos no primeiro mês, você dê um descanso para eles.

O cabelo danificado está em processo de recuperação, e quando você usa uma ferramenta térmica o cabelo não se recupera da forma que devia, já que você está levando um cabelo já frágil a altas temperaturas.

Não use secador e chapinha pelo menos na primeira fase de reparação do cabelo. Depois que ele se recuperar, volte a usar secador sempre com um bom protetor térmico antes.

E chapinha use só quando necessário.

5 – Hidratante sem enxágue, seu melhor amigo!

Enquanto o cabelo está na fase de recuperação é comum que ele fique ressecado e áspero. Isso vai melhorando a cada dia que você cuida dele, mas enquanto isso não acontece dá-lhe hidratante sem enxágue!

Ele é uma excelente opção para devolver a hidratação de forma instantânea, doando maciez e brilho ao cabelo e deixando-0 com um aspecto mais bonito.

Basta escolher o que mais te agrada e usar sempre! Pode até deixar na bolsa para reaplicar quando necessário.

E aqui pode ser o hidratante que quiser: spray, creme, óleo… escolha o seu preferido e abuse do bichinho!


E aí, gostou das dicas? Tem mais alguma que você quer dividir com a gente? É só colocar nos comentários!

Beijokas!

Comentários

comentários

Comenta, vai!

Your email address will not be published.

Acho que você também vai gostar

Here you can find the related articles with the post you have recently read.