Testei: Óleo Extraordinário Elseve

Olá!

Uns dias desses atrás eu comprei para testar o Óleo Extraordinário da Elseve.

Desde que esse produto foi lançado eu sempre tive vontade de testar, mas por eu ter um monte de finalizador aqui em casa acabava não comprando.

Até que minha mãe precisou viajar, levou o meu Óleo Liso Marroquino da Garnier junto com ela e eu fiquei sem óleo nenhum. Então aproveitei pra comprar o da Elseve.

Estou usando faz um tempinho e vou contar em detalhes o que achei do produto!

Óleo Extraordinário Elseve

óleo-extraordinário-elseve-detalhesAntigamente só existia uma versão do óleo extraordinário, que tinha um rótulo amarelinho.

Depois do sucesso do produto a Elseve lançou 4 versões diferentes para ele:

  • Cabelos mistos (que é a primeira versão do óleo)
  • Cabelos com frizz (rótulo verde)
  • Cabelos ressecados (rótulo marrom)
  • Cabelos lisos (rótulo lilás)

Fiquei um tempão na perfumaria decidindo se levaria o para cabelos lisos ou o cabelos com frizz.

Pelo que percebi a versão para cabelos lisos é mais indicada para quem usa chapinha, já que ele tem uma proteção térmica de até 230º. Como eu não uso mais chapinha e meu frizz teima em aparecer, escolhi a versão anti-frizz.

óleo-extraordinário-elseve-detalhes-2

Quando uso o QOD 30 Dias Efeito Liso meu cabelo fica um bom tempo com frizz controlado, mas uns 20 dias depois eu sinto que os cabelos arrepiadinhos começam a voltar.

E depois que cortei meu cabelo comecei a gostar dele com mais volume, então estou espaçando mais o uso do QOD (antes usava a cada 30 dias, agora uso a cada 40 ou 60 dias, depende da minha vontade, rsrs).

Ou seja, o meu frizz ultimamente tá bem exagerado!

Então o óleo anti-frizz era o melhor pra mim no momento.

O que a marca diz?
óleo-extraordinário-elseve-o-que-a-marca-dizO que eu achei?

Utilizei o óleo extraordinário de três formas: com o cabelo úmido após a lavagem, antes de modelar com a escova rotativa e como finalizador.

O óleo é extremamente leve e penetra instantaneamente nos fios, deixando o cabelo hidratado bem hidratado.

Na hora dá pra perceber que o cabelo perde a aspereza e fica super macio.

E isso eu percebi tanto no cabelo úmido quanto no cabelo seco.

Com o cabelo úmido após a lavagem, senti que o cabelo ficou mais comportado e com menos frizz, mas não é nada muito extraordinário como o nome diz, hahaha. Usei a escova rotativa após e não achei que não fez tanta diferença assim.

Quando usei o óleo com o cabelo seco antes da escova rotativa o resultado foi muuuuuito superior: cabelos com bem menos frizz! Amei, amei e amei!

E com o cabelo seco também senti que deu uma abaixada no frizz que sobrou, sem pesar ou deixar o cabelo oleoso.

O perfume é bem gostoso, pena que não fica muito nos fios!

Então resumindo minha opinião: achei melhor usá-lo com o cabelo seco, antes de modelar com a escova ou como finalizador no fim de tudo. Com o cabelo úmido, no meu caso, achei que ele foi mais do mesmo!

Paguei R$22,00 em uma embalagem de 100 ml, mas ele dura bastante. Estou usando há mais ou menos uns 2 meses e só usei 1 dedo de produto (dá pra ver pela imagem do post).

Olá! Uns dias desses atrás eu comprei para testar o Óleo Extraordinário da Elseve. Desde que esse produto foi lançado eu sempre tive vontade de testar, mas por eu ter um monte de finalizador aqui em casa acabava não comprando. Até que minha mãe precisou viajar, levou o meu Óleo Liso Marroquino da Garnier junto com ela e eu fiquei sem óleo nenhum. Então aproveitei pra comprar o da Elseve. Estou usando faz um tempinho e vou contar em detalhes o que achei do produto! Óleo Extraordinário Elseve Antigamente só existia uma versão do óleo extraordinário, que tinha um rótulo amarelinho. Depois do sucesso do produto a Elseve lançou 4 versões diferentes para ele: Cabelos mistos (que é a primeira versão do óleo) Cabelos com frizz (rótulo verde) Cabelos ressecados (rótulo marrom) Cabelos lisos (rótulo lilás) Fiquei um tempão na perfumaria decidindo se levaria o para cabelos lisos ou o cabelos com frizz. Pelo que percebi a versão para cabelos lisos é mais indicada para quem usa chapinha, já que ele tem uma proteção térmica de até 230º. Como eu não uso mais chapinha e meu frizz teima em aparecer, escolhi a versão anti-frizz. Quando uso o QOD 30 Dias Efeito Liso meu cabelo fica um bom tempo com frizz controlado, mas uns 20 dias depois eu sinto que os cabelos arrepiadinhos começam a voltar. E depois que cortei meu cabelo comecei a gostar dele com mais volume, então estou espaçando mais o uso do QOD (antes usava a cada 30 dias, agora uso a cada 40 ou 60 dias, depende da minha vontade, rsrs). Ou seja, o meu frizz ultimamente tá bem exagerado! Então o óleo anti-frizz era o melhor pra mim no momento. O que a marca diz? O que eu achei? Utilizei o óleo extraordinário de três formas: com o cabelo úmido após a lavagem, antes de modelar com a escova rotativa e como finalizador. O óleo é extremamente leve e penetra instantaneamente nos fios, deixando o cabelo hidratado bem hidratado. Na hora dá pra perceber que o cabelo perde a aspereza e fica super macio. E isso eu percebi tanto no cabelo úmido quanto no cabelo seco. Com o cabelo úmido após a lavagem, senti que o cabelo ficou mais comportado e com menos frizz, mas não é nada muito extraordinário como o nome diz, hahaha. Usei a escova rotativa após e não achei que não fez tanta diferença assim. Quando usei o óleo com o cabelo seco antes da escova rotativa o resultado foi muuuuuito superior: cabelos com bem menos frizz! Amei, amei e amei! E com o cabelo seco também senti que deu uma abaixada no frizz que sobrou, sem pesar ou deixar o cabelo oleoso. O perfume é bem gostoso, pena que não fica muito nos fios! Então resumindo minha opinião: achei melhor usá-lo com o cabelo seco, antes de modelar com a escova ou como finalizador no fim de tudo. Com o cabelo úmido, no meu caso, achei que ele foi mais…

Óleo Extraordinário Elseve

Qualidade - 9
Cumpre o que promete - 8
Perfume - 10
Preço - 8

8.8

NOTA FINAL

Excelente óleo finalizador, super levinho que não pesa em nada nos fios e não deixa o cabelo oleoso. Penetra instantaneamente nos fios e na hora já dá pra perceber que o cabelo fica macio e hidratado. No meu caso achei que o óleo extraordinário se saiu melhor com o cabelo seco antes da modelagem ou como finalizador. Com o cabelo úmido achei que ele foi mais do mesmo, mas ainda sim é um excelente produto com preço acessível.

Avaliação dos leitores: 4.58 ( 2 votos)
9

Tenho certeza que vão me perguntar então já vou dar minha opinião:

Qual óleo é melhor, Óleo Extraordinário Elseve ou Liso Marroquino da Garnier?

Acho que os dois óleos empatam em questão de qualidade: são excelentes, leves, não deixam o cabelo oleoso e têm um cheirinho muito bom.

O que fará um ser mais indicado que o outro no final vai ser a questão do que você deseja pro seu cabelo.

Se você quer um produto que deixe o cabelo mais liso, com menos volume e tenha alta proteção térmica, recomendo o Liso Marroquino da Garnier.

Agora, se você não costuma usar muitas ferramentas térmicas e deseja um óleo que vai ajudar a diminuir o frizz e deixar o cabelo mais comportado, eu indico o Óleo Extraordinário (no caso, a versão para cabelos com frizz).

Não usei os outros óleos da Elseve pra saber como são, então não posso falar deles. A versão para cabelos lisos do Óleo Extraordinário é bem parecido com o Liso Marroquino. Vale a pena comprar 1, esperar acabar, depois comprar o outro e fazer um comparativo entre os dois.

No final sinceramente acho que vai mesmo do gosto de cada um.

No meu caso, HOJE, eu iria de Óleo Extraordinário. Mas nada impede que eu mude de ideia amanhã, rsrs.


Já usou o Óleo Extraordinário da Elseve?

Me conta nos comentários o que achou! 😉

Beijokas!

NOVO banner produto comprado por mim

Comentários

comentários

Você também vai gostar desses posts:

2 comments

  1. Adorei o post.
    Eu sempre preferi o Liso Marroquino da Fructis acreditando que tinha proteção térmica de ate 230° como “diz a marca”, mas essa semana fui na Ikesaki e várias vendedoras de lá me confirmaram que ele não tem proteção térmica nenhuma e o cabelo frita do mesmo jeito, é só comercial. Não achei nenhum blog ou site falando sobre. Mas o complicado é que acreditamos nas embalagens.

    Vou testar o da Elseve só como finalizador mesmo.

    Bjs

    1. Então Paloma, eu sinceramente não acredito muito nessas vendedoras de perfumaria, principalmente as do Ikesaki e Sumirê que são mais perdidas que cego em tiroteio.
      Elas já deram cada fora em indicação de produtos que eu simplesmente não consigo acreditar em nada no que elas dizem.
      Não coloco a mão no fogo pela Garnier, afinal não tenho como comprovar o que eles falam ou não. Talvez o produto não proteja até os 230º, mas dizer que não tem proteção nenhuma e que o cabelo frita não faz sentido, caso contrário meu cabelo estaria totalmente danificado!
      E se não protegesse nada, seria fácil processá-los por propaganda enganosa. Uma empresa do tamanho da Garnier não faria algo desse tipo!

      Beijokas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *