Testei: Inoar Kálice – Óleo Multifuncional

Olá!

Quando fui na Hair Brasil esse ano eu recebi da Inoar o novo lançamento da marca, o Óleo Multifuncional Kálice.

O Kálice é um blend de vários óleos que pode ser usado de diversas formas no cabelo, corpo e rosto! Legal, né?

Eu usei o Inoar Kálice de algumas formas indicadas pelo fabricante e vou contar nesse post o que achei do produto, ok?

Testei: Inoar Kálice – Óleo Multifuncional

O Kálice vem nessa embalagem super chiquetosa, de vidro com tampa dourada. Só a embalagem já é uma arraso, né?

Como falei anteriormente, o Kálice é composto por 7 óleos vegetais e pode ser utilizado no cabelo, corpo e no rosto.

Ele está disponível nas versões de 100ml (que é a minha) e de 8ml.

O que a marca diz?

 

Kálice é um produto premium e multifuncional com vitamina E e 7 óleos vegetais preciosos para cabelo, corpo e rosto: argan, mirra, macadâmia, ojon, amêndoas doces, jasmim e alecrim. Esta combinação especial é hidratante, nutritiva, reparadora, antioxidante, suavizante, protetora e emoliente, com toque leve. Em um só passo, Kálice penetra profundamente, hidratando cabelo e pele sem pesar com um aroma suave e exclusivo.

 

 

O que eu achei?

O Kálice é um óleo extremamente leve. Tão leve que nem parece óleo, e isso é bom porque com ele você não corre o risco de deixar a pele ou cabelo oleosos.

A embalagem não tem pump e nem dosador, e como o óleo é muito leve é até complicado de dosar, porque se você virar o pote de uma vez cai um monte (aconteceu comigo). Acho que a embalagem deveria ser de pump para facilitar o uso.

O perfume é bem gostoso e dura bastante nos fios. Dá até para usá-lo como perfume de cabelo, porque além de gostoso ele dura bastante!

Bom, usei o Kálice de algumas formas e vou descrever como ele se saiu:

No rosto

Quem tem pele oleosa tem medo de usar óleo no rosto, o que realmente faz sentido. Só que se você usar um óleo 100% vegetal o corpo entende que aquele óleo é natural e ao invés de aumentar a oleosidade, a pele fica menos oleosa. Legal, né?

Isso acontece na teoria, mas na prática nem sempre. Muitas meninas de pele oleosa usam óleo no rosto e adoram e muitas odeiam, então realmente isso varia de pele pra pele.

Eu testei o Kálice no meu rosto e não achei que ele aumentou a oleosidade, porém também não ajudou a controlá-la. Como o óleo é leve, ele é absorvido e não deixa a pele grudenta ou brilhando. O resultado é uma pele hidratada e com toque aveludado. Porém é pra usar uma gotinha só, ok? Pega uma gota, espalha no rosto todo de uma vez e pronto.

Ele é bom para ser usado naquele momento em que você sente que a pele precisa de uma hidratação extra, mas não para uso diário. Também é bom para ser usado como pré-maquiagem, pois achei que ele dá uma leve disfarçada nos poros, além de deixar a pele mais lisinha.

Já as peles normais e secas podem usar sem medo, porém não acho que o óleo possa substituir o bom e velho creme hidratante, ok?

No corpo

Gente, não testei o Kálice no corpo não!

O troço é caro e se usar no corpo vai usar metade do pote! Hahahaha!

Mas do mesmo jeito que agiu no rosto, acredito que na pele será igual!

A pele vai ficar hidratada e com toque aveludado, mas sem deixar grudenta ou oleosa!

No cabelo

No cabelo o Kálice pode ser usado para fazer umectação, como pré-shampoo, no creme de hidratação e como finalizador.

Como umectação eu não curti muito, pois achei que ele levinho demais e não achei que ele hidratou meu cabelo o suficiente, sabe? Pra umectação eu gosto de óleo mais potente como o de coco ou rícino, e o Kálice é leve demais pra isso. Passei o óleo, deixei agir por 2 horas e lavei, mas não achei que nutriu muito. O resultado foi o mesmo de como se eu tivesse usado como pré-shampoo.

Já como pré-shampoo eu gostei mais! Mesmo levinho eu achei que protegeu bem o meu cabelo durante a lavagem e não deixou meu cabelo pesado. E como ele é absorvido rapidamente, dá pra passar poucos minutos antes de lavar que já dá pra conseguir um bom resultado. Ele protegeu meus fios e deu uma leve nutrida.

No creme de hidratação foi minha forma preferida! Coloquei 1 colher do Kálice em um creme que eu já estava acostumada a usar e meu cabelo ficou maravilhoso! A hidratação (no caso, depois do óleo se tornou nutrição) ficou muito mais potente e meu cabelo ficou mega macio, hidratado e com muito brilho, porém sem ficar pesado ou oleoso! Amei!

E como finalizador, achei que o Kálice é ótimo após a chapinha para finalizar e dar brilho, mas só. Por ele ser extremamente leve não achei que hidrata muito ou diminui o frizz, sabe?

O brilho que ele dá é maravilhoso! O cabelo fica com um brilho espelhado, lindo demais! Porém não hidrata muito e nem diminui o frizz em um cabelo “comum” que não passou por nenhuma ferramenta térmica. Por isso indico mais em cabelos que fizeram escova ou chapinha e precisam apenas de um óleo para dar uma selada e aumentar o brilho.

Se você quer algo para hidratar e reparar pontas duplas o óleo de argan da Inoar é mais indicado.

Conclusão

O Inoar Kálice é um bom óleo, porém ele é muito levinho e por isso talvez não agrade quem está acostumado a usar óleos pesados como o de Argan e Coco, por exemplo.

Esse óleo é levinho pois foi desenvolvido para ser um óleo multifuncional, então se fosse muito pesado não daria por exemplo para ser usado no rosto.

O óleo é diferente porque a proposta dele é diferente.

Se você está procurando um óleo levinho apenas para finalizar e dar brilho ou você tem aquele tipo de cabelo que pesa com facilidade e não de adapta com nenhum óleo, o Kálice é uma excelente opção pois é um óleo de qualidade e que não pesa de JEITO NENHUM no cabelo.

Mas se você está procurando um óleo de tratamento, que realmente hidrate e ajude a reparar pontas duplas, é melhorar investir em um óleo mais potente como o Argan da própria Inoar.

Se você também procura algum tipo de óleo leve para ser usado no rosto e no corpo, o Kálice é uma boa pedida já que sua fórmula é toda feita a base de óleos vegetais, o que faz com que a pele não fique grudenta ou oleosa.

O perfume e uma delícia e vale a pena comprar também pelo cheiro, para usar como perfume de cabelo. Além de dar brilho, vai deixar seus fios super perfumados!

O Inoar Kálice custa em média R$65,00 na embalagem com 100ml e R$7,00 na embalagem com 8ml. Vale a pena comprar o pequeno pra testar e ver se você gosta antes de investir no grandão! 😉

Olá! Quando fui na Hair Brasil esse ano eu recebi da Inoar o novo lançamento da marca, o Óleo Multifuncional Kálice. O Kálice é um blend de vários óleos que pode ser usado de diversas formas no cabelo, corpo e rosto! Legal, né? Eu usei o Inoar Kálice de algumas formas indicadas pelo fabricante e vou contar nesse post o que achei do produto, ok? Testei: Inoar Kálice - Óleo Multifuncional O Kálice vem nessa embalagem super chiquetosa, de vidro com tampa dourada. Só a embalagem já é uma arraso, né? Como falei anteriormente, o Kálice é composto por 7 óleos vegetais e pode ser utilizado no cabelo, corpo e no rosto. Ele está disponível nas versões de 100ml (que é a minha) e de 8ml. O que a marca diz?   Kálice é um produto premium e multifuncional com vitamina E e 7 óleos vegetais preciosos para cabelo, corpo e rosto: argan, mirra, macadâmia, ojon, amêndoas doces, jasmim e alecrim. Esta combinação especial é hidratante, nutritiva, reparadora, antioxidante, suavizante, protetora e emoliente, com toque leve. Em um só passo, Kálice penetra profundamente, hidratando cabelo e pele sem pesar com um aroma suave e exclusivo.     O que eu achei? O Kálice é um óleo extremamente leve. Tão leve que nem parece óleo, e isso é bom porque com ele você não corre o risco de deixar a pele ou cabelo oleosos. A embalagem não tem pump e nem dosador, e como o óleo é muito leve é até complicado de dosar, porque se você virar o pote de uma vez cai um monte (aconteceu comigo). Acho que a embalagem deveria ser de pump para facilitar o uso. O perfume é bem gostoso e dura bastante nos fios. Dá até para usá-lo como perfume de cabelo, porque além de gostoso ele dura bastante! Bom, usei o Kálice de algumas formas e vou descrever como ele se saiu: No rosto Quem tem pele oleosa tem medo de usar óleo no rosto, o que realmente faz sentido. Só que se você usar um óleo 100% vegetal o corpo entende que aquele óleo é natural e ao invés de aumentar a oleosidade, a pele fica menos oleosa. Legal, né? Isso acontece na teoria, mas na prática nem sempre. Muitas meninas de pele oleosa usam óleo no rosto e adoram e muitas odeiam, então realmente isso varia de pele pra pele. Eu testei o Kálice no meu rosto e não achei que ele aumentou a oleosidade, porém também não ajudou a controlá-la. Como o óleo é leve, ele é absorvido e não deixa a pele grudenta ou brilhando. O resultado é uma pele hidratada e com toque aveludado. Porém é pra usar uma gotinha só, ok? Pega uma gota, espalha no rosto todo de uma vez e pronto. Ele é bom para ser usado naquele momento em que você sente que a pele precisa de uma hidratação extra, mas não para uso diário. Também é bom para ser usado como pré-maquiagem, pois achei…

Inoar Kálice - Óleo Multifuncional

Qualidade - 8.5
Cumpre o que promete (pele) - 9
Cumpre o que promete (cabelos) - 7.5
Perfume - 10
Preço - 8

8.6

NOTA FINAL:

Excelente óleo multifuncional que possui uma proposta diferente de outros óleos cosméticos que estamos acostumados a ver por aí. Por ser um óleo que pode ser usado de várias formas, tem uma textura super leve que não deixa a pele/cabelos oleosos. No rosto deixa a pele com um toque aveludado e com poros disfarçados, sendo ótimo para ser usado como pré-maquiagem. No cabelo ele se sai melhor como pré-shampoo ou misturado no creme de hidratação. Como finalizador ele dá bastante brilho e deixa o cabelo muito perfumado, porém não hidrata muito. Custa um pouco caro, porém o preço é explicado já que o produto é composto por óleos 100% vegetais especiais.

Avaliação dos leitores: 2.33 ( 2 votos)
9


Alguém aí já usou o Inoar Kálice?

Me contem nos comentários o que acharam!

Beijokas!

Comentários

comentários

Comenta, vai!

Your email address will not be published.

Acho que você também vai gostar

Here you can find the related articles with the post you have recently read.