Como eu retoco a raiz do meu cabelo em casa – em vídeo!

Olá!

O vídeo que vocês tanto me pediram finalmente foi ao ar, uhuuuu!

Eu ensaiei muito pra gravar esse vídeo e vocês verão o porquê disso!

Gente, eu não tenho técnica NENHUMA pra tingir o cabelo! Eu taco a tinta no cabelo, misturo tudo com os dedos e pronto, é isso, hahaha!

Eu tinha vergoinha de mostrar que eu retoco meu cabelo assim, porque isso nem sequer chega a ser um tutorial, né?

Mas como vocês me pediram, eu gravei!

Até porque depois que vocês assistirem vão poder comprovar que qualquer pessoa pode tingir o cabelo em casa. Se eu posso, vocês também podem!

Então se preparem, cliquem no play aqui embaixo e vejam como eu retoco a raiz do meu cabelo em casa! Atualmente estou utilizando a tintura Igora Royal 8.77 e 9.7 com ox de 30 volumes. 😉

Espero muito que gostem! E não riam de mim! Tá bom, podem rir sim, eu deixo! Hahaha!

Beijokas!

7 Coisas que você precisa saber antes de tingir o cabelo

Olá!

Você está pensando em mudar a cor do seu cabelo?

Se sim, esse post é pra você!

Antes de tingir o cabelo é importante saber algumas coisas, pois mudar a cor do cabelo nem sempre é tão fácil como parece!

Vem comigo que eu vou te falar algumas coisas que são importantes levar em consideração na hora de tingir o seu cabelo!

7 Coisas que você precisa saber antes de tingir o cabelo

coisas-a-saber-antes-tingir-cabelos-2

1 – Seus fios nunca mais serão os mesmos

Tinturas de cabelo sempre danificam os fios. Algumas menos, outras mais, mas sempre danificam.

Isso significa que se você tem seu cabelo virgem, saudável e que fica bonito de qualquer jeito, isso talvez mude depois da tintura, que costuma deixar o cabelo mais ressecado e danificado.

2 – Você terá que cuidar dos cabelos com mais frequência

Provavelmente você lava seu cabelo com qualquer shampoo e seus fios ficam sempre lindos, né? Usa qualquer máscara de hidratação baratinha 1 vez por mês e já é o suficiente para manter o cabelo saudável.

Quando a gente tinge a coisa muda de figura! É preciso usar shampoos e condicionadores específicos, hidratar 1 vez por semana com máscaras para diferentes fins (nutrição, hidratação e reconstrução) e mais um monte de pequenos cuidados.

Então saiba que você vai ter que tirar um tempinho extra para cuidar dos seus fios tingidos!

3 – Dependendo da cor escolhida, você vai virar “escrava” da tintura

Se você usa uma tinta apenas para realçar sua cor natural, você não terá problemas

Porém se você quer mudar radicalmente a cor, 1 vez por mês você vai se incomodar com a raiz crescida e por isso vai ter que retocar a raiz, sempre.

Se você quer ficar loira, pode escolher um tom em que a raiz fique escura, assim vai poder espaçar mais os retoques!

4 – Seu cabelo nem sempre vai ficar igual ao da modelo da caixinha da tintura

Ao tingir o cabelo é necessário levar em consideração várias coisas, entre elas, a cor atual do cabelo, se está natural ou se tem outra tinta por baixo, se está danificado, se é um cabelo que clareia com facilidade, etc…

Então se você usar um tintura de caixinha talvez sua cor não fique igual a da modelo. Por isso é importante fazer um teste de mecha antes e avaliar direitinho o seu “passado cabelístico” antes de usar qualquer cor!

5 – Cabelos difíceis precisam de um profissional

O que é um cabelo difícil? É um cabelo que tem muita tintura, cores difíceis de retirar (preto ou vermelho) ou que estão manchados.

Esses casos são difíceis de resolver, pois não é só tacar a tintura em cima e pronto.

Cabelos com excesso de pigmento de cor não conseguem alcançar tons mais claros, assim como os pretos e vermelhos. Então dependendo da sua cor escolhida, só um profissional é que vai saber fazer sem correr risco de manchar ou danificar o fio.

Cabelos manchados também são difíceis de resolver, pois é necessário uma série de procedimentos para igualar a cor.

Nesses casos, procure um profissional!

6 – Pesquise bem sobre a cor escolhida na internet

Se você já escolheu a sua cor, faça uma pesquisa na internet e descubra tudo sobre ela.

Como conseguir o tom, quais as tinturas que alcançam aquela cor, as melhores marcas, etc.

Assim, quando o profissional for conversar com você sobre aquela determinada cor, você saberá o que ele está dizendo e saberá também todo o procedimento que será realizado no seu cabelo.

Salve também várias imagens do tom escolhido no seu celular e mostre ao cabeleireiro, para que ele não se confunda e não erre a cor!

7 – Independente do trabalho que dá, mudar é sempre incrível!

Mudar a cor do cabelo é difícil, mas eu adoro!

Nada melhor do que mudar o visual para a gente se renovar.

Pode não parecer, mas quando a gente muda pouca coisa no nosso visual a auto estima vai lá pra cima e isso faz um bem danado!

Então mesmo que dê um trabalhinho, vale a pena! 😀


E você aí do outro lado da tela?

Tem alguma coisa a acrescentar nesse post?

Me conta nos comentários! 😀

Beijokas!

10 dicas para tingir o cabelo em casa

Olá!

Eu juro pra vocês que ainda farei um vídeo explicando como faço para tingir meu cabelo em casa. É que preciso tomar coragem para aparecer frente as câmeras toda horrorosa com tinta no cabelo, hahaha!

Mas calma que logo, logo eu farei, combinado?

Enquanto isso, vou dar algumas dicas aqui no blog de como tingir o cabelo em casa para que você consiga um bom resultado de cor sem precisar ir a um cabeleireiro

Vamos conferir?

10 Dicas para tingir o cabelo em casa

tingir-o-cabelo-em-casa-2

1 – Escolha um lugar claro e arejado

Ao tingir seu cabelo é muito importante que você possa enxergar bem onde está passando a tintura, principalmente no retoque de raízes.

Se o lugar for escuro talvez você não enxergue a raiz crescida muito bem e acabe ficando com alguma parte sem tingir.

Então escolha um lugar da sua casa que seja claro e também arejado, já que algumas tinturas possuem um cheiro forte que pode irritar seu nariz e seus olhos.

Eu sempre tinjo no meu quarto, de dia, com todas as janelas abertas!

2 – Penteie muito bem o cabelo

Antes de tingir seus fios, penteie bem o cabelo até que fique totalmente desembaraçado. Isso vai te ajudar a conseguir separar as mechas com mais facilidade e impedir que o cabelo fique quebrado.

3 – Separe o cabelo em várias partes

A maioria das pessoas gosta de separar o cabelo em 4 partes antes de tingir, essa é a forma que os cabeleireiros fazem.

Mas eu particularmente gosto de dividir em várias partes, pois assim facilita aplicação e com isso consigo que a tintura chegue em toda a raiz.

Eu divido mais ou menos assim:

A parte da frente divido em duas (esquerda e direita), a do meio em duas e a de trás também em duas. No total eu divido o cabelo em 6 partes.

4 – Proteja seu cabelo

A tintura costuma ressecar os fios e por isso é  importante que você proteja as partes mais ressecadas ou danificadas do fio antes de aplicação.

Utilize algum óleo de tratamento como o óleo de Argan, Cártamo, Macadâmia, etc na parte mais ressecada, que costuma ser da metade do cabelo até as pontas.

Não se preocupe, a tintura vai agir mesmo com o óleo nos fios. O óleo vai apenas impedir que a área fique ainda mais ressecada com a ação da tintura. 😉

5 – Proteja sua pele

Se você for tingir seu cabelo com cores escuras, o ideal é proteger a pele para evitar que ela fique com manchas de tintura.

Utilize um creme de hidratante em toda a região ao redor do couro cabeludo como nuca, resta, lateral do rosto e orelhas.

6 – Prepare a tintura na hora da aplicação

Misture a tintura e a água oxigenada apenas na hora da aplicação.

Ao fazer a mistura a tintura já começa a oxidar e para um melhor resultado, é melhor que se aplique imediatamente após a preparação.

Então penteie o cabelo, separe, proteja, coloque as luvas e só depois de tudo isso é que você vai misturar a tinta, combinado?

7 – Utilize um pincel

Por muito anos eu usei aqueles tubinhos de tintura que vem em tinturas de farmácia e achava que daquela forma é mais fácil para aplicar.

Mas na verdade, o pincel facilita bem mais!

Com o pincel você consegue dosar a quantidade de tintura que você quer e ao aplicar, ele mesmo já vai fazendo o trabalho de espalhar a tinta na região aplicada.

Com o tubinho você precisa passar e depois usar os dedos para espalhar, o que faz o trabalho ser mais demorado e com chances de que alguma parte do cabelo não receba a tintura.

Sem contar que ao passar o pincel, você sente onde ele está sendo passado e isso facilita a aplicação, pois você sabe exatamente onde já tingiu e onde falta tingir.

E para finalizar os benefícios do pincel, tenho a impressão que com ele você economiza mais tintura. 😉

8 – Aguarde o tempo de ação correto

Siga as recomendações do fabricante da tintura e deixe-a agindo pelo tempo correto.

Não enxague antes e nem depois, pois ela foi desenvolvida para agir no tempo especificado. 😉

9 – Enxague totalmente a tintura

Deixar a tintura no cabelo pode ressecar demais e causar danos irreparáveis aos fios.

Por isso que é importante que você enxágue bastante até que todo o resíduo de tintura saia dos fios.

Você pode inclusive, se desejar, usar um shampoo para lavar o cabelo após tingir. Para entender melhor o assunto, acesse esse post:

É preciso lavar o cabelo com shampoo após tingir?

10 – Hidrate bem o cabelo

Após tingir os fios é importante que você hidrate o cabelo, pois isso vai devolver a hidratação perdida durante o processo de coloração, vai deixar os seus fios mais saudáveis e a cor vai durar por mais tempo.

Eu recomendo sempre o uso de uma máscara de reconstrução após a tintura. 😉


E aí, gostaram das dicas?

Me contem no comentários!

Beijokas!

8 erros na hora de tingir os cabelos

Olá!

Quem tinge o cabelo em casa levanta a mão! o/

Hoje em dia é muito fácil tingir os cabelos em casa, afinal cada dia que passa as empresas de cosméticos oferecem mais e mais produtos que facilitam a mudança da cor dos cabelos.

Mas você sabia que existem alguns errinhos que muita gente comete e que podem estragar o processo de coloração ou danificar os cabelos?

Não sabe? Então vem comigo que nesse post eu vou colocar 8 erros que você deve evitar na hora de tingir os cabelos!

8 erros na hora de tingir os cabelos

tingir-os-cabelos-8-erros

1 – Não fazer teste de alergia

Esse erro é primordial e muita gente comete não só com tinturas, mas com químicas no geral.

Reações alérgicas podem ser extremamente perigosas para a saúde, podem até matar!

Por isso que antes de usar uma determinada marca de tintura, faça sempre um teste de alergia antes. Basta seguir as recomendações de teste indicados na bula da tintura.

2 – Não fazer teste de mecha

Outro erro que muita gente comete e é o principal motivo dos arrependimentos que uma nova cor pode causar.

Nem sempre seu cabelo vai ficar igual ao da foto da caixinha. E nem sempre o cabelo vai ficar igual ao da cor de uma blogueira usando a mesma tintura que ela.

Cada cabelo é uma sentença e um resultado de cor depende de uma série de fatores, como: estrutura do cabelo, saúde do fio, químicas anteriores, colorações anteriores, etc.

Imagina se você usa uma cor no cabelo inteiro e só depois percebe que a cor não era o que você queria? Vai ser difícil pra tirar e você vai ficar de mal com o espelho por um bom tempo. Isso se não cometer a loucura de jogar um preto por cima como muita gente faz, e depois se arrepender de novo porque o preto não sai do fio com muita facilidade!

Então antes de tingir seu cabelo, faça um pequeno teste de mecha e passe a mistura da raiz até as pontas, aguarde o tempo de pausa, enxágue e veja e como ficou.

Se a cor atingida não era o que você esperava, melhor tentar outra cor.

3 – Não ler a bula da tintura

Mais um erro comum!

Todas as instruções para você tingir o seu cabelo estão na bula da tintura, inclusive sobre proporção de água oxigenada e tempo de ação.

Só que muita gente não lê a bula e acaba não seguindo as recomendações do fabricante, com isso você pode conseguir um resultado diferente do esperado.

4- Deixar a tintura agir mais tempo que o indicado

Já falei disso em algum post aqui no blog mas é sempre bom lembrar: deixar a tintura agir por mais tempo que o indicado NÃO é recomendado.

Deixar agir por mais tempo não vai deixar a cor mais duradoura ou mais intensa, pois as colorações são desenvolvidas para atingir esses objetivos dentro do tempo indicado. Depois desse tempo a coloração não age mais, mas se a química for mantida no fio o resultado vai ser um cabelo mais ressecado e danificado.

Também não pode deixar a tintura agir por menos tempo, pois o processo de coloração não estará pronto e o resultado de cor pode ser diferente do esperado

5 – Usar touca plástica

Esse erro eu já vi até alguns cabeleireiros cometerem.

Ao passar a tintura nos fios não coloque nenhuma touca plástica.

A touca abafa o cabelo e faz com que a oxidação da tintura acabe acontecendo rápido demais, aumentando as chances de manchar e ressecar os fios.

Então quando passar a tintura deixe seu cabelo ao ar livre, ok?

6 – Passar tintura no cabelo inteiro todo mês

Essa regra serve para quem tinge o cabelo todo mês para manutenção de cor e raiz.

Passar tintura no cabelo inteiro todas as vezes que for retocar danifica demais os fios, podendo causar ressecamento excessivo, perda de brilho e até quebra.

O ideal é passar a tintura apenas na raiz e deixar agir pelo tempo indicado na bula do fabricante. Nos últimos 10 minutos de ação, umedeça os cabelos e passe o resto de tintura no comprimento.

Dessa forma você conseguirá retocar a raiz e realçar a cor das pontas sem danificar o cabelo.

7 – Não proteger as pontas do cabelo no retoque da raiz

Já ensinei no tópico anterior que você não deve passar tintura no cabelo inteiro de uma vez, certo?

Mas sabemos que as vezes é complicado retocar só a raiz sozinha, pois uma parte sempre acaba sujando de tinta.

Para evitar que o cabelo fique ressecado, proteja as pontas dos fios com um óleo capilar ou até um creme sem enxágue.

E não se preocupe, isso não vai alterar o resultado do realce de cor que você vai dar nos últimos 10 minutos. 😉

8 – Não hidratar os cabelos após a tintura

Por melhor que a sua tintura seja infelizmente ela vai ressecar um pouco os fios, afinal a coloração é um produto químico.

Então é importante hidratar o cabelo logo após a tintura e repetir o processo semanalmente, para que você tenha uma cor linda e cabelo sempre saudável!


Gostou das dicas?

Beijokas!