Testei: Soft Color 743

Olá!

Todas as vezes que ia na farmácia eu ficava namorando o tonalizante Soft Color 743. Isso porque ele, pelo menos na caixinha, tinha cara de ser um ruivo muito bonito!

Até que esse mês eu achei que meu cabelo tava muito desbotado e como tava com preguiça de tingir, resolvi levar a 743 pra casa pra testar.

Afinal, como é tonalizante, se eu não gostasse iria sair com as lavagens, né?

Usei o tonalizante no fim de semana e agora vou contar o que achei!

Testei: Soft Color 7.43

O tonalizante 743 da Soft Color faz parte da linha Natural Instincts. Assim como todo tonalizante, ele não possui amônia em sua formulação.

O bom dos tonalizantes de caixinha é que eles já vem com tudo o que é preciso, não é preciso comprar nada a parte.

O Soft Color vem com o tonalizante (bisnaga) e a emulsão ativadora de 13 volumes.

Essa quantidade deu perfeitamente para todo meu cabelo, pois tonalizante espalha tão fácil que não precisa de muito para conseguir o resultado.

Fora isso, dentro da caixinha tem um sachê de tratamento para usar após a tonalização, a bula de explicação e um par de luvas de plástico.

Como usar?

Basta colocar a bisnaga dentro do frasco da emulsão ativadora e agitar bem até que a mistura esteja homogênea.

Depois é só quebrar a pontinha e aplicar, no cabelo todo, da raiz as pontas.

É importante lembrar aqui que tonalizante tem que ser aplicado com o cabelo úmido, ok? Então você pode simplesmente umedecer com água em um borrifador ou se preferir, pode lavar antes.

Eu lavei com shampoo transparente antes de usar, pois prefiro assim. 🙂

O que eu achei?

Gente, não é que o bichinho me surpreendeu?

A cor ficou muito bonita, um acobreado com um toque de laranjinha, mas sem perder a naturalidade!

Ele deu uma leve escurecida no meu tom, que estava beeeem desbotado. Mas ainda sim achei que ficou uma cor super linda!

Olha só:

A raiz continua escura porque tonalizante não clareia cabelo, ok? No máximo ele dá uma disfarçada dando uma tonalizada por cima, mas não clareia.

Achei também que a cor ficou bem uniforme. Gostei bastante!

A única coisa que não curti  é que, depois do enxágue, tive a impressão que meu cabelo estava muito ressecado!

Senti ele meio duro depois de enxaguar, mas isso foi contornado com o uso do sachê de tratamento que veio junto.

Depois de seco não senti ele mais ressecado que o normal não. Foi só na hora de enxaguar mesmo.

Conclusão:

Gostei bastante do tonalizante, pois ele é bem fácil de aplicar e deixou um tom de ruivo muito bonito!

É uma boa opção para usar entre uma coloração e outra, para reavivar a cor enquanto não chega a hora do retoque.

Eu paguei R$22,00 na Drogaria São Paulo, e sempre encontro essa cor em farmácias e supermercados.

Mas tome cuidado, porque eu fui em uma perfumaria que estava cobrando mais caro na 743, talvez por ser muito procurada.

Não caia nessa lábia, procure outro lugar em que o preço é mesmo, independente da cor!


E aí, gostou da Soft Color 743?

Me conta nos comentários, miga!

Beijokas!

Testei: Vichy Minéral 89

Olá!

Depois dos 30 a gente tem que começar a se preocupar um pouco mais com a pele no quesito envelhecimento, né?

A gente vai percebendo que aparecem umas ruguinhas aqui, outras acolá e, quanto antes começarmos a prevenir, melhor será o resultado.

Só que quando a gente tem pele oleosa complica um pouco! Isso porque a maioria dos anti-idade costumam deixar a pele oleosa, com mais cravos e espinhas.

Eu estava usando um da L’Óréal que estava amando, mas depois do surto de oleosidade que eu tive tempos atrás não deu pra usar mais. 🙁

Até que a Kutiz me mandou um da Vichy que me pareceu interessante por ser em gel, o Vichy Minéral 89 Antiidade. Comecei a usar o produto desde que ele chegou por aqui (há mais ou menos um mês) e vou contar nesse post o que achei dele e como ele se saiu na minha pele!

Testei: Vichy Minéral 89

O Vichy Minéral 89 tem essa embalagem externa que mostra exatamente como é o frasco do produto, além de informar a ação principal.

O produto em si é esse frasquinho de vidro que eu achei super lindo nesse tom de degradê azul!

O frasco é que é azul, ok? Pois o hidratante é totalmente transparente.

O produto conta com água thermal e ácido hialurônico, que promete pele hidratada, resistente, tonificada, radiante e preenchida.

O que a marca diz?

Minéral 89 é o 1º tratamento fortalecedor das 5 barreiras cutâneas: barreira hidrolipídica, física, antioxidante, microbiana e fotoprotetora. Minéral 89 aumenta a adesão celular, reduz a perda de água transepidérmica, retém água no estrato córneo, estimula as defesas antioxidantes da pele, equilibra o pH cutâneo, previne a inflamação e estimula as defesas imunes.

Indicado para fortalecer a barreira cutânea em múltiplas situações:
– Pré/pós procedimentos dermatológicos não ablativos;
– Antes e após tratamentos tópicos, como ácidos;
– Para pacientes expostos à poluição, raios UV, ar condicionado, mudanças de clima, ou outras agressões do dia a dia;
– Fortalecimento da pele sensível ou sensibilizada;
– Disfunções cutâneas como rosácea e outras.

Forma de uso:

1 – Aplique 1 pump nas pontas dos dedos

2 – Dê leves batidinhas de dentro pra fora, para estimular a circulação

3 – Massageie de dentro para fora, para garantir total absorção

O que eu achei?

Bom, ao ler a descrição do produto dá pra perceber que a ação dele não é totalmente voltada para o envelhecimento da pele.

O Vichy Minéral 89 é um produto voltado para proteção da pele, principalmente as sensíveis que passaram por algum procedimento dermatológico ou que estão sempre expostas as agressões do dia a dia.

Junto com ação super hidratante da água termal (que está super potente nessa fórmula) e o ácido hialurônico, que tem função preenchedora, ele vai agir mais numa prevenção geral e um leve preenchimento da pele.

Aí você me pergunta: “mas ele vai agir como um anti-idade?”. Indiretamente, sim. Se o produto vai fortalecer sua pele e protegê-la de agressões do dia a dia (que são os principais responsáveis pelo envelhecimento cutâneo), você vai também prevenir rugas e linhas de expressão.

Porém isso vai funcionar apenas como prevenção, ou seja, não vai tratar as rugas e linhas que você já tem. Se você já tem alguns sinais de envelhecimento, o ideal mesmo é investir em uma linha específica.

Dito isto, vamos ver como ele se comportou na minha pele, hehe.

O gel espalha rapidamente, sendo absorvido instantaneamente na pele. Não é aquele gel que fica embaçando pra penetrar, sabe? É passou, absorveu!

Ele não possui perfume e a fórmula é livre de parabenos, álcool, fragrância, silicone e corantes.

Estou usando o produto duas vezes por dia, de manhã e a noite. De manhã, passo logo após usar o tônico. E a noite, uso após a loção secativa da Adcos.

A pele fica extremamente hidratada, mas sem ficar oleosa. É uma sensação muito gostosa, parecida com o Normardem Skin Balance, também da Vichy.

Com o tempo de uso eu fui percebendo que minha pele foi ficando cada vez mais lisinha, sabe? Também fui percebendo ela mais luminosa, com viço de pele saudável. Gostei demaaaaais!

Não tive aumento de oleosidade, pois o produto é realmente bem aquoso e não deixa nenhum resquício de óleo.

Mas ele não tem poder de controlar a oleosidade, então se você tem pele oleosa e com dificuldade de controlar isso, é bom utilizar outro produto junto, como eu fiz usando a loção da Adcos.

Aliás, esse foi o motivo pelo qual eu quis um produto mais leve, justo para usar em conjunto com a loção da Adcos. Assim consigo controlar a oleosidade e ao mesmo tempo mantê-la hidratada e protegida.

Se sua pele é normal, seca, ou até mista mas não é tão oleosa, até dá para usar sozinho.

Outra coisa, o Vichy Minéral 89 promete proteger a pele dos raios UV e tal, mas ele não tem FPS. Então tem que usar protetor solar de qualquer jeito, ok?

Conclusão:

Eu gostei bastante do Vichy Minéral 89 pois ele deixa a pele muito hidratada sem aumentar a oleosidade, deixando a pele macia, suave ao toque e bem sequinha.

Como o tempo de uso percebi minha pele ficando cada vez mais bonita, luminosa e com viço de pele saudável.

É um produto indicado especialmente para peles sensíveis, que passaram ou estão passando por tratamentos dermatológicos agressivos e para peles que necessitam de algum tipo de proteção.

Ele não é um produto anti-idade, mas acaba agindo indiretamente dessa forma como um preventivo já que possui em sua fórmula ingredientes que hidratam e preenchem a pele, além de protegê-la contra agressões externas que são os principais motivos qua causam o envelhecimento da pele.

O Vichy Minéral 89 Antiidade custa R$154,00 na Kutiz e vale o investimento, caso sua pele se encontre em algum dos casos que eu citei acima.

Olá! Depois dos 30 a gente tem que começar a se preocupar um pouco mais com a pele no quesito envelhecimento, né? A gente vai percebendo que aparecem umas ruguinhas aqui, outras acolá e, quanto antes começarmos a prevenir, melhor será o resultado. Só que quando a gente tem pele oleosa complica um pouco! Isso porque a maioria dos anti-idade costumam deixar a pele oleosa, com mais cravos e espinhas. Eu estava usando um da L'Óréal que estava amando, mas depois do surto de oleosidade que eu tive tempos atrás não deu pra usar mais. 🙁 Até que a Kutiz me mandou um da Vichy que me pareceu interessante por ser em gel, o Vichy Minéral 89 Antiidade. Comecei a usar o produto desde que ele chegou por aqui (há mais ou menos um mês) e vou contar nesse post o que achei dele e como ele se saiu na minha pele! Testei: Vichy Minéral 89 O Vichy Minéral 89 tem essa embalagem externa que mostra exatamente como é o frasco do produto, além de informar a ação principal. O produto em si é esse frasquinho de vidro que eu achei super lindo nesse tom de degradê azul! O frasco é que é azul, ok? Pois o hidratante é totalmente transparente. O produto conta com água thermal e ácido hialurônico, que promete pele hidratada, resistente, tonificada, radiante e preenchida. O que a marca diz? Minéral 89 é o 1º tratamento fortalecedor das 5 barreiras cutâneas: barreira hidrolipídica, física, antioxidante, microbiana e fotoprotetora. Minéral 89 aumenta a adesão celular, reduz a perda de água transepidérmica, retém água no estrato córneo, estimula as defesas antioxidantes da pele, equilibra o pH cutâneo, previne a inflamação e estimula as defesas imunes. Indicado para fortalecer a barreira cutânea em múltiplas situações: - Pré/pós procedimentos dermatológicos não ablativos; - Antes e após tratamentos tópicos, como ácidos; - Para pacientes expostos à poluição, raios UV, ar condicionado, mudanças de clima, ou outras agressões do dia a dia; - Fortalecimento da pele sensível ou sensibilizada; - Disfunções cutâneas como rosácea e outras. Forma de uso: 1 - Aplique 1 pump nas pontas dos dedos 2 - Dê leves batidinhas de dentro pra fora, para estimular a circulação 3 - Massageie de dentro para fora, para garantir total absorção O que eu achei? Bom, ao ler a descrição do produto dá pra perceber que a ação dele não é totalmente voltada para o envelhecimento da pele. O Vichy Minéral 89 é um produto voltado para proteção da pele, principalmente as sensíveis que passaram por algum procedimento dermatológico ou que estão sempre expostas as agressões do dia a dia. Junto com ação super hidratante da água termal (que está super potente nessa fórmula) e o ácido hialurônico, que tem função preenchedora, ele vai agir mais numa prevenção geral e um leve preenchimento da pele. Aí você me pergunta: "mas ele vai agir como um anti-idade?". Indiretamente, sim. Se o produto vai fortalecer sua pele e protegê-la de agressões do dia a dia (que são os…

Vichy Minéral 89

Qualidade - 10
Nível de Hidratação - 10
Cumpre o que promete - 10
Preço - 7.5

9.4

NOTA FINAL:

Excelente hidratante, que tem função protetora e preenchedora. Penetra rapidamente na pele, sem deixá-la oleosa ou pegajosa. Em mim o produto deixou a pele super macia, luminosa, radiante e com muito mais viço de pele saudável. O produto é indicado para peles sensíveis, que estão passando ou passaram por tratamentos dermatológicos e que precisam de algum tipo de proteção. Por ter essa ação protetora e super hidratante, age indiretamente como prevenção ao envelhecimento, embora não tenha sido desenvolvido para esse fim. Não possui fragrância, álcool, parabeno, silicone e nem corantes. Indico a compra caso você esteja incluído em uma das opções citadas, ou caso queira usar algum produto para prevenir o envelhecimento. Se sua pele já apresenta alguns sinais de envelhecimento, melhor investir em outra linha. Custa um pouco caro, mas está dentro da média de preços de dermocosméticos de qualidade.

Avaliação dos leitores: Seja o primeiro a avaliar!
9


Você já conhecia o Vichy Minéral 89? Que tal me contar nos comentários o que achou sobre ele?

Beijokas!

Testei: Moroccanoil Light

Olá!

O Moroccanoil é um dos óleos mais famosos quando a gente pensa em óleo de argan, né?

Afinal, foi a marca que fez com o óleo de argan ganhasse toda essa fama, pois antes de Moroccanoil ninguém nunca tinha ouvido falar em argan!

Eu sempre tive curiosidade de testá-lo, até que tive uma oportunidade e comprei um frascão de Moroccanoil Original, que foi o primeiro a ser lançado. E só agora eu percebi que eu não fiz resenha dele aqui! :O

Gente, eu juro que tinha feito post sobre o Moroccanoil Original no blog! Será que foi em outra vida, em que eu também era blogueira? Hahahaha!

Enfim, como eu não fiz resenha do Original, vou tentar nesse post mesmo esclarecer algumas diferenças, ok?

Tempos depois do lançamento do óleo original a marca lançou o Moroccanoil Light Oil Treatment, uma versão mais leve indicada para cabelos finos e loiros, já que o original tem uma coloração forte que vai amarelando os fios loiros com o tempo, principalmente os descoloridos.

Eu tinha vontade de testar essa versão light também, até que a Kutiz mandou um frasquinho dele aqui pra casa!

Já estou usando faz um tempinho e agora vou contar em detalhes o que achei!

Testei: Moroccanoil Light

O Moroccanoil vem nessa caixinha, para uma melhor proteção do produto já que o óleo vem em um frasco de vidro.

Eu recebi a versão de 25ml, que por mais que pareça pouco, rende bastante pois não precisa usar muito produto no cabelo.

Como eu disse anteriormente, a versão light é indicada para cabelos finos ou levemente tingidos. O que seria levemente tingido? Só com um pouco de cor? hahahaha!

Acho que essa tradução está errada, pois acho que eles quiseram dizer que é indicado para cabelos claros, hehehehe!

O que a marca diz?

 

Tenha cabelos saudáveis, sedosos e brilhantes cheios de vida. O Tratamento Moroccanoil® Light foi especialmente formulado para as necessidades dos delicados cabelos claros (incluindo prateados e brancos) e dos cabelos finos. Base essencial para penteados, o Tratamento Moroccanoil Light pode ser usado ao mesmo tempo como agente condicionador, para pentear e dar acabamento. Como ele contém óleo de argan rico em antioxidantes e vitaminas que estimulam o brilho, esse tratamento nutritivo dos cabelos desembaraça, acelera o tempo de secagem dos cabelos e promove o brilho, deixando os fios macios e mais fáceis de manusear a cada uso. Destaque-se na multidão.

O que eu achei?

O Moroccanoil Light tem uma consistência bem leve, sendo um óleo mais fininho, sabe? Já o Original é um óleo mais denso, daqueles que se você passar demais, deixa o cabelo pesado.

A cor também é diferente. Enquanto o Original é um amarelo bem escuro, o Light já é um amarelo mais claro. Eu só não fiz um comparativo entre os dois porque o meu Original acabou faz tempo.

O Moroccanoil Light, justo por ter a textura mais leve, penetra rapidamente nos fios e eu não achei que pesa em nada. Mesmo usando um pouco mais de produto senti que os cabelos absorveram bem e não ficaram oleosos.

Usei o Moroccanoil de duas formas e falarei o que achei de cada uma delas, ok?

No cabelo úmido, antes de secar

Com o cabelo úmido, apliquei o Moroccanoil Light e usei o secador como de costume.

Depois de seco achei que as pontas estavam mais comportadas, mas só. Não acho que ele hidrata o suficiente para ser usado como leave-in. Para esse caso o Moroccanoil Original se sai melhor, pois ele oferece uma mega nutrição!

No cabelo seco, após finalizar tudo ou no dia seguinte pós-lavagem

Aí sim eu amei o resultado! Sabe aquela aspereza que o cabelo fica após pentear, principalmente no dia seguinte?

O Moroccanoil Light tira na hora! Sem contar o brilho maravilhoso que deixa, além também de hidratar bem as pontas.

O Moroccanoil Original também faz tudo isso, mas de uma forma mais intensa e se você errar a mão, o cabelo fica mais pesado.

Mas ambos cumprem bem a promessa de usar como finalizador com o cabelo seco.

Mas ele trata os fios ou é só maquiagem?

Algumas pessoas dizem que o Moroccanoil é só uma maquiagem para os fios, mas na minha humilde opinião ele é sim um óleo de tratamento.

Quando usei a versão Original tempos atrás eu comprei justo porque tava sentindo meu cabelo ressecado. Com algum tempo de uso o cabelo foi ficando cada vez melhor, sabe? Então, pelo menos no meu cabelo eu senti que ele agiu como tratamento.

Só que assim, conforme você vai usando e seu cabelo vai ficando recuperado, tem uma hora que parece que ele “estaciona” e não dá mais efeito. Na verdade é seu cabelo que não está mais precisando desse tratamento em específico, e não que o produto seja ruim.

Nessa hora é o momento de entrar com a versão Light, que tem os mesmos benefícios mas de uma forma mais leve, que vai manter o que o Original conseguiu.

Conclusão:

Eu gostei muito do Moroccanoil Light, pois ele deixa os fios bem macios, brilhantes, com textura aveludada e com pontas reparadas. Ele é ótimo para ser usado no dia a dia logo após pentear, para dar um “up” nos fios que ficam com cara de recém hidratados após o uso.

Isso sem contar que deixa o cabelo bem perfumado! <3

Não gostei muito de usá-lo como leave-in com cabelo molhado pois achei que para esse fim ele é meio fraco. No cabelo úmido eu prefiro investir em produtos em creme ou loção mesmo. Aí venho com o Moroccanoil só para finalizar.

Moroccanoil Original ou Light?

Se o seu cabelo está muito danificado, muito ressecado ou você faz muitas químicas por vez, melhor investir na versão Original já que ele é bem mais poderoso.

Depois que o cabelo recuperar, aí você usa a versão Light para manter os resultados.

Agora, se o cabelo for fino, levemente danificado e pouco ressecado, melhor investir na versão Light já que ele possui os mesmos benefícios do Original, mas de forma mais leve que não vai pesar nos fios.

Se você é loira, invista também no Light, ok? O Original pode amarelar os fios com o tempo de uso. 😉

Um frasco de 25 ml de Moroccanoil custa em média R$140,00. É caro, não tem jeito, pois os produtos da Moroccanoil em si já são bem caros, até fora do Brasil.

Mas tá tendo promoção da Kutiz e se você quer um Moroccanoil para chamar de seu, essa é a hora!

O Moroccanoil Light Oil Treatment está saindo por R$74,90 e o Original Moroccanoil Oil Treatment também está por R$74,90, ambos de 25ml.

Vale o investimento? Só se você realmente tiver curiosidade pra testar, principalmente pelo preço que está em promoção. Porque existem óleos tão bons quanto ele e que custam muito mais barato, como o Precious Nature da Alfaparf. Em breve tem resenha dele! 😉

Olá! O Moroccanoil é um dos óleos mais famosos quando a gente pensa em óleo de argan, né? Afinal, foi a marca que fez com o óleo de argan ganhasse toda essa fama, pois antes de Moroccanoil ninguém nunca tinha ouvido falar em argan! Eu sempre tive curiosidade de testá-lo, até que tive uma oportunidade e comprei um frascão de Moroccanoil Original, que foi o primeiro a ser lançado. E só agora eu percebi que eu não fiz resenha dele aqui! :O Gente, eu juro que tinha feito post sobre o Moroccanoil Original no blog! Será que foi em outra vida, em que eu também era blogueira? Hahahaha! Enfim, como eu não fiz resenha do Original, vou tentar nesse post mesmo esclarecer algumas diferenças, ok? Tempos depois do lançamento do óleo original a marca lançou o Moroccanoil Light Oil Treatment, uma versão mais leve indicada para cabelos finos e loiros, já que o original tem uma coloração forte que vai amarelando os fios loiros com o tempo, principalmente os descoloridos. Eu tinha vontade de testar essa versão light também, até que a Kutiz mandou um frasquinho dele aqui pra casa! Já estou usando faz um tempinho e agora vou contar em detalhes o que achei! Testei: Moroccanoil Light O Moroccanoil vem nessa caixinha, para uma melhor proteção do produto já que o óleo vem em um frasco de vidro. Eu recebi a versão de 25ml, que por mais que pareça pouco, rende bastante pois não precisa usar muito produto no cabelo. Como eu disse anteriormente, a versão light é indicada para cabelos finos ou levemente tingidos. O que seria levemente tingido? Só com um pouco de cor? hahahaha! Acho que essa tradução está errada, pois acho que eles quiseram dizer que é indicado para cabelos claros, hehehehe! O que a marca diz?   Tenha cabelos saudáveis, sedosos e brilhantes cheios de vida. O Tratamento Moroccanoil® Light foi especialmente formulado para as necessidades dos delicados cabelos claros (incluindo prateados e brancos) e dos cabelos finos. Base essencial para penteados, o Tratamento Moroccanoil Light pode ser usado ao mesmo tempo como agente condicionador, para pentear e dar acabamento. Como ele contém óleo de argan rico em antioxidantes e vitaminas que estimulam o brilho, esse tratamento nutritivo dos cabelos desembaraça, acelera o tempo de secagem dos cabelos e promove o brilho, deixando os fios macios e mais fáceis de manusear a cada uso. Destaque-se na multidão. O que eu achei? O Moroccanoil Light tem uma consistência bem leve, sendo um óleo mais fininho, sabe? Já o Original é um óleo mais denso, daqueles que se você passar demais, deixa o cabelo pesado. A cor também é diferente. Enquanto o Original é um amarelo bem escuro, o Light já é um amarelo mais claro. Eu só não fiz um comparativo entre os dois porque o meu Original acabou faz tempo. O Moroccanoil Light, justo por ter a textura mais leve, penetra rapidamente nos fios e eu não achei que pesa em nada. Mesmo usando…

Moroccanoil Light

Qualidade - 9.5
Cumpre o que promete - 10
Nível de Nutrição - 8
Perfume - 10
Preço - 6

8.7

NOTA FINAL:

Um bom óleo de tratamento que por ser mais leve, não pesa nos fios, mesmo nos mais finos. No cabelo úmido antes do secador eu achei que ele foi mais do mesmo, não oferecendo benefícios que valham a pena o uso dele assim. Já com o cabelo seco o resultado é bem mais satisfatório, oferecendo uma boa nutrição aos fios, deixando-os macios, hidratados, com toque aveludado e muito brilhantes. Tem um cheiro muito gostoso que dura bastante nos fios. Ótimo para ser usado no dia a dia, para manter a beleza dos cabelos todos os dias. Indico para cabelos finos que pesam com facilidade, cabelos levemente ressecados, pouco danificados e para os loiros, pois a versão Light não amarela os fios. Para cabelos mais ressecados e danificados, melhor investir na versão Original que é mais potente para o cabelo.

Avaliação dos leitores: Seja o primeiro a avaliar!
9


Alguém aí já usou o Moroccanoil? O Original ou Light?

Me conta nos comentários o que acha dele, miga! <3

Testei: Redken No Blow Dry

Olá!

Eu mostrei no Stories do Instagram alguns dos produtos que eu recebi da Kutiz pra testar esse mês.

Entre eles estava o Redken Styling No Blow Dry Airy Cream Leave-in, um leave-in que auxilia a secagem rápida dos cabelos SEM o uso do secador!

Ele promete ainda fazer com que o cabelo fique mais comportado, com menos volume e menos frizz, mesmo secando ao ar livre.

Será que ele funciona? Vem ver o que eu achei do produto, com vídeo no final do post para que você possa ver o resultado real dele no meu cabelo!

Testei: Redken No Blow Dry

O No Blow Dry da Redken vem nessa embalagem chiquetosa, mas bem funcional já que é em bisnaga.

Existem três versões do produto: A Just Right, para cabelos normais, a Bossy, para cabelos grossos e a Airy, para cabelos finos, que é a que eu testei.

O produto promete controle e resultado natural sem o uso do secador.

O que a marca diz?

Creme acelerador de secagem para cabelos finos. Redken No Blow Dry Airy Cream deixa os fios secarem mais rápido sem precisar do ar quente do secador.

Redken No Blow Dry Airy Cream possui fórmula rica em polímeros que promovem corpo e textura ao cabelo enquanto reduz o tempo de secagem natural. Ou seja, é perfeito para aqueles dias de correria em que você precisa que seus fios fiquem secos e bonitos com rapidez, livre das agressões térmicas.

Ação

Polímeros Flex e Quick Dry: possui propriedades hidrofóbicas que aceleram a secagem enquanto protegem contra o frizz sem pesar.

Como usar

Aplique uma pequena quantidade do creme no cabelo úmido. Você pode amassar ou torcer os fios para deixá-los texturizados. Use um jato de ar seco para acelerar ainda mais a secagem.

O que eu achei?

Bom, gente, usei o produto como indicado na embalagem. Apliquei bem pouquinho no cabelo úmido, penteei e aguardei.

Pra começo de conversa, pelo menos no meu cabelo ele não ajudou na secagem rápida. Demorou quase 5 horas pro meu cabelo secar totalmente! :O

Mas quando secou, confesso que senti o cabelo com menos volume e com quase nada de frizz!

Porém, ele deixou meu cabelo levemente ondulado e totalmente marcado na parte de trás. Eu, que gosto do cabelo liso escorrido, não gostei do resultado.

Mas para quem tem cabelo ondulado ou enrolado talvez seja uma boa opção, pois ele ajuda a diminuir o volume e o frizz durante a secagem. Ele também deve ser bom para quem gosta daquele cabelo mais texturizado e bagunçadinho, sabe?

É só colocar o produto nas mãos, bagunçar do jeito que você achar melhor e só esperar secar, sem precisar usar secador.

Porém, se você gosta de cabelo bem lisão e sem marcas, esse tipo de produto não é pra você. Melhor apostar no velho defrizante + secador + chapinha mesmo!

Para entender melhor o que eu digo e para ver o resultado no meu cabelo, assiste o vídeo!

Conclusão:

Achei que o produto agiu bem no controle de volume e frizz, mas deixou meu cabelo super marcado e meio ondulado. Não ficou feio, mas eu gosto de cabelo beeeem liso, sabe?

Então a verdade é que não é um produto para mim. Isso sem contar que pelo menos no meu cabelo, não ajudou a secar mais rápido!

Acredito que esse produto seja realmente indicado para cabelos ondulados e enrolados (que costumam armar se secar ao ar livre) ou para quem gosta de fios bagunçadinhos e texturizados, pois ele realmente ajuda a controlar o volume e o frizz.

O Redken Styling No Blow Dry Airy Cream Leave-in, custa R$99,00 na Kutiz e vale o investimento caso você esteja nas condições que eu acabei de citar.

Mas se você gosta mesmo de cabelo bem lisinho, melhor investir em outro produto!


Alguém aí já usou o Redken No Blow Dry? Que tal me contar nos comentários qual o resultado do produto no cabelo de vocês?

Beijokas!

Testei: Effaclar Duo [+]

Olá!

Tempos atrás eu falei no Instagram (me segue, miga!) que estava usando um produto da La Roche-Posay para pele oleosa, o Effaclar Duo [+].

Eu já uso o sabonete líquido da linha Effaclar há um bom tempo e gosto muito, e sempre tive vontade de testar algum hidratante da mesma linha.

Como meu Normaderm Skin Balance da Vichy acabou, pensei em investir em um que, ao meu ver, me parecia mais completo.

Escolhi comprar o Effaclar Duo [+] porque como o próprio nome diz, ele possui dupla ação para pele oleosa.

Comprei o produto com intenção de usá-lo como hidratante diurno, já que a noite eu estava usando o Fluido Secativo da Adcos.

Usei o produto por uns 2 meses e já posso contar em detalhes o que achei!

Testei: Effaclar Duo [+]

O Effaclar Duo [+] vem nessa caixinha padrão dos produtos da marca.

E a embalagem é uma bisnaga que controla bem a quantidade de produto a ser utilizada, não tem desperdício!

O Effaclar Duo [+] promete agir contra as espinhas e também a clarear marcas causadas pelas benditas, por isso ele é duo, pois tem dupla ação.

O produto é feito com água termal de La Roche-Posay.

O que a marca diz?

Effaclar Duo [+] é um gel da La Roche-Posay, que reduz as imperfeições severas causadas pela acne, luta contra o aparecimento das marcas, e hidrata a pele por até 24h.

Após 8 dias de uso, reduz imperfeições localizadas e a pele já fica mais macia de forma perceptiva. A textura gel de Effaclar Duo [+] faz com que a pele absorva o produto rapidamente. Assim, a pele não fica oleosa nem colante.

O Effaclar Duo [+] é o tratamento completo para o cuidado da acne. Com ação anti-acne reforçada e eficácia antimarcas da acne, sua fórmula com ativos antiinflamatórios e microesfoliantes  age diminuindo as lesões e o excesso de oleosidade, além de deixar a pele hidratada.

Benefícios:
• Ação Antiacne;
• Desobstrui poros;
• Afina a textura da pele;
• Regula o excesso de brilho;
• Ação anti-inflamatória;
• Oil-Free;
• Não comedogênico;
• Sem fragrância;
• Sem parabenos;
• Textura leve e de rápida absorção;

O que eu achei?

A textura do produto é realmente muito boa, pois é absorvida instantaneamente pela pele, deixando-a bem sequinha e hidratada.

A sensação é de pele aveludada, sabe? Uma delícia!

Eu achei que o controle de oleosidade dele é ok. Não regula a oleosidade tão bem quanto eu esperava, pois meu sonho de vida é ter a pele com oleosidade controlada o dia inteiro, rsrs.

O Effaclar Duo [+] deixa a pele sequinha por volta de umas 5 horas. Depois disso já começa a brilhar.

Comecei usando todos os dias pela manhã, pois eu estava usando o Fluido Secativo da Adcos à noite.

Até então minha pele estava ótima! Pouca oleosidade, uma espinha aqui, outra acolá. Tudo dentro dos conformes.

Nisso o Fluido da Adcos acabou e como ainda tinha bastante do Effaclar Duo [+], comecei a usá-lo a noite também.

Gente, juro, um monte de espinha começou a aparecer! : (

Fiquei mega triste porque minha pele tava ótima, e 2 semanas sem o Fluido da Adcos estourou, de uma vez só, 6 espinhas no meu rosto. E no meu rosto espinha sempre mancha, mesmo que eu não estoure.

Minha pele tava ótima, agora já tô cheia de mancha de novo.

Então, pelo menos na minha pele, senti que o produto não cumpriu com a promessa de controlar as espinhas. Mesmo depois de ter controlado bem com outro produto, o Effaclar Duo [+] não conseguiu nem manter os resultados.

Sobre o clareamento de manchas, eu achei que ele ajuda um pouco a clarear (o da Adcos também faz isso), mas é um processo lento. Tenho algumas manchas de cravo e espinhas no rosto que clarearam, mas depois de quase 2 meses de uso. E eu nem sei ao certo se esse clareamento se deu pelo Effaclar Duo [+] ou pelo produto da Adcos. Acho que foi uma ação conjunta.

Outra coisa que percebi foi essa promessa de afinar a textura da pele. Parece que ela ficou realmente mais suave, mais fina. Disso eu gostei!

Conclusão:

Eu gostei do Effaclar Duo [+] em partes.

A parte que gostei foi da hidratação que ele ofereceu, pois deixa a pele muito macia e sequinha ao mesmo tempo, com toque aveludado e com um controle de oleosidade de aproximadamente 5 horas. Com o uso contínuo percebi também essa textura mais fina prometida pela marca.

Porém, ele não ajudou a diminuir o número de espinhas, que era o que eu mais precisava! Poxa, eu tava com a pele boa, era só manter do jeito que tava! Mas não, ao parar o fluido da Adcos as espinhas voltaram como se eu nem tivesse usando nada para controlar a acne!

E sobre diminuir as manchas, a ação é tão lenta que quando uma mancha some, outras 3 aparecem! E depois desse surto de espinha, já tô com um monte de mancha de novo. Droga!

O Effaclar Duo [+] custa R$99,00 e agora ele vem com FPS30 (o meu não tem), uma boa pois assim não é preciso usar protetor solar.

Eu vou usar o meu até o final, mas não sei se compraria novamente.

Talvez eu compre ele nessa versão nova com FPS 30 pra usar no lugar do protetor solar, já que ele tem ação hidratante, controladora de oleosidade e com proteção solar, assim não preciso usar dois produtos (hidratante + protetor solar).

Mas se tiver que comprar um produto só para hidratação, prefiro usar o gel da Vichy que hidrata do mesmo jeito,  custa metade do preço e não me deu espinhas!

E continuo usando o Fluido Secativo da Adcos pela noite, pois foi ele que salvou minha pele!

Olá! Tempos atrás eu falei no Instagram (me segue, miga!) que estava usando um produto da La Roche-Posay para pele oleosa, o Effaclar Duo [+]. Eu já uso o sabonete líquido da linha Effaclar há um bom tempo e gosto muito, e sempre tive vontade de testar algum hidratante da mesma linha. Como meu Normaderm Skin Balance da Vichy acabou, pensei em investir em um que, ao meu ver, me parecia mais completo. Escolhi comprar o Effaclar Duo [+] porque como o próprio nome diz, ele possui dupla ação para pele oleosa. Comprei o produto com intenção de usá-lo como hidratante diurno, já que a noite eu estava usando o Fluido Secativo da Adcos. Usei o produto por uns 2 meses e já posso contar em detalhes o que achei! Testei: Effaclar Duo [+] O Effaclar Duo [+] vem nessa caixinha padrão dos produtos da marca. E a embalagem é uma bisnaga que controla bem a quantidade de produto a ser utilizada, não tem desperdício! O Effaclar Duo [+] promete agir contra as espinhas e também a clarear marcas causadas pelas benditas, por isso ele é duo, pois tem dupla ação. O produto é feito com água termal de La Roche-Posay. O que a marca diz? Effaclar Duo [+] é um gel da La Roche-Posay, que reduz as imperfeições severas causadas pela acne, luta contra o aparecimento das marcas, e hidrata a pele por até 24h. Após 8 dias de uso, reduz imperfeições localizadas e a pele já fica mais macia de forma perceptiva. A textura gel de Effaclar Duo [+] faz com que a pele absorva o produto rapidamente. Assim, a pele não fica oleosa nem colante. O Effaclar Duo [+] é o tratamento completo para o cuidado da acne. Com ação anti-acne reforçada e eficácia antimarcas da acne, sua fórmula com ativos antiinflamatórios e microesfoliantes  age diminuindo as lesões e o excesso de oleosidade, além de deixar a pele hidratada. Benefícios: • Ação Antiacne; • Desobstrui poros; • Afina a textura da pele; • Regula o excesso de brilho; • Ação anti-inflamatória; • Oil-Free; • Não comedogênico; • Sem fragrância; • Sem parabenos; • Textura leve e de rápida absorção; O que eu achei? A textura do produto é realmente muito boa, pois é absorvida instantaneamente pela pele, deixando-a bem sequinha e hidratada. A sensação é de pele aveludada, sabe? Uma delícia! Eu achei que o controle de oleosidade dele é ok. Não regula a oleosidade tão bem quanto eu esperava, pois meu sonho de vida é ter a pele com oleosidade controlada o dia inteiro, rsrs. O Effaclar Duo [+] deixa a pele sequinha por volta de umas 5 horas. Depois disso já começa a brilhar. Comecei usando todos os dias pela manhã, pois eu estava usando o Fluido Secativo da Adcos à noite. Até então minha pele estava ótima! Pouca oleosidade, uma espinha aqui, outra acolá. Tudo dentro dos conformes. Nisso o Fluido da Adcos acabou e como ainda tinha bastante do Effaclar Duo [+], comecei a usá-lo a noite também. Gente, juro, um monte…

Effaclar Duo [+]

Qualidade - 8.5
Cumpre o que promete - 7
Perfume - 7
Preço - 10
Controle de Oleosidade - 9
Hidratação - 7.5

8.2

NOTA FINAL:

O produto possui uma textura que absorve rapidamente na pele, deixando-a bem hidratada e sequinha ao mesmo tempo, com uma sensação de pele aveludada. Usando só como hidratante uma vez ao dia e com outro produto para controle de oleosidade a noite, ele consegue se manter no que é prometido. Mas quando usei ele sozinho duas vezes ao dia ele não conseguiu controlar a oleosidade, fazendo com que estourassem muitas espinhas de uma vez só. Ele ajuda a diminuir as manchas, mas o processo é lento. Eu gostei apenas da parte hidratante dele, pois realmente hidrata e controla a oleosidade por volta de 5 horas. Mas para usar apenas ele em uma pele muito oleosa, não dá, ele não dá conta. O Effaclar Duo [+] tem um cheiro bem gostoso e suave, que não irrita o nariz. Custa R$99,00, e valeria a pena o investimento caso o produto cumprisse com tudo o que promete. Talvez eu compre em uma outra vez a nova versão que vem com FPS 30 para usar no lugar do protetor solar. Porém, se precisar comprar algo apenas para hidratação, prefiro investir em outro produto.

Avaliação dos leitores: Seja o primeiro a avaliar!
8


Alguém aí já usou o Effaclar Duo [+]? Me conta nos comentários como ele se saiu na sua pele!

Beijokas!

Testei: Senscience CPR

Olá!

Você já ouviu falar no reconstrutor Senscience CPR Tratamento Reconstrutor? O produto é um reconstrutor que promete restaurar os fios e reparar a porosidade do cabelo, deixando os fios super saudáveis e reconstruídos.

Ele custa caro, mas dizem que é um dos melhores reconstrutores que existem pois ele restaura até aquele cabelo no último estágio de dano, sabe?

Sempre tive curiosidade de testar pra saber se ele é essa coca-cola toda, mas por ser caro eu nunca comprava. Aí a Kutiz me presenteou com o kit e eu finalmente pude usar!

E como eu já usei vários reconstrutores e vou poder analisar se o CPR é tudo isso mesmo que falam dele!

Já usei o produto e agora conto em detalhes o que achei!

Testei: Senscience CPR

O kit que eu recebi é o pequeno, que vem com duas ampolas: Passo 1 e Passo 2. As ampolas vem nessa caixinha e acompanham um “manual de instruções”, hehe.

Cada ampola vem com 25 ml de produto. Na bula fala para usar uma inteira por vez, mas você acha mesmo que eu vou gastar um negócio caro desses de uma vez só?  Hahaha!

O Passo 1 é um reconstrutor de porosidade e o Passo 2 é um reparador de cutícula. Os dois tem que ser usados juntos para se ter o resultado esperado.

O que a marca diz?

 

Para cabelos extremamente ressecados, danificados e/ou quimicamente tratados.

O C.P.R é um tratamento restaurador intensivo em dois passos de uso profissional. Repara a porosidade da cutícula restaurando nutrientes vitais que foram perdidos. Fortalece, hidrata e protege os cabelos. Formulado com Queratina, Aminoácidos da Seda e Bio Structurer© que penetram nas camadas danificadas da cutícula reparando, alisando e selando para uma proteção duradoura que ajuda a manter a hidratação e o brilho.

Graças à sua fórmula poderosa, os fios ficam macios, protegidos, fortes, saudáveis e luminosos, em apenas dois passos.

 

Como usar?

Tive que acrescentar esse tópico na resenha porque o CPR tem um forma especial de uso. É assim:

  1. Lave o cabelo com shampoo (na bula não especifica qual shampoo usar);
  2. Retire o excesso de água dos fios com uma toalha e aplique o Passo 1;
  3. Aqueça com vaporizador ou secador por 5 minutos;
  4. Sem enxaguar, aplique o Passo 2;
  5. Aqueça com vaporizador ou secador por mais 10 minutos;
  6. Enxágue e finalize

Essa é a forma de uso que está escrita na bula que vem dentro da caixinha. Fora tem uma etiqueta que explica de forma diferente, assim como em alguns sites também ensina a usar de outra forma.

Usei do jeito que explicava na bula, pois acho que deve ser a correta!

O que eu achei?

Lavei meu cabelo com shampoo transparente e usei o produto exatamente como escrevi acima. Mas usei mais ou menos metade da ampola e só apliquei do meio do cabelo para baixo, que é onde estava mais danificado. Té parece que eu ia usar a ampola toda e gastar tudo de uma vez, hahahaha.

O Passo 1 é um gel que não dá emoliência nenhuma pro cabelo. Você vai passando e parece que o negócio não serve para nada, porque ele não hidrata, nutre, nadica de nada.

Eu usei o secador para aquecer por 5 minutos, mas nesse caso, especificamente nesse caso, você pode usar aquelas toucas que coloca na tomada.

Depois, sem enxaguar, fui para o Passo 2. O passo 2 já é um creminho que vai hidratando os fios conforme você vai passando. Muito bom. Usei o secador novamente para aquecer, agora por 10 minutos.

Na hora do enxágue eu percebi meu cabelo mais pesado e encorpado, sabe? E esse pesado não é de oleoso, ok? É pesado como se o cabelo tivesse mais massa. Achei interessante.

Sequei meu cabelo com secador e MINHA NOSSA SENHORA DO CABELO BONITO! Nunca vi um resultado de restauração tão maravilhosa como essa, gente!

Na verdade eu já vi sim, no finado Fiberceutic da L’Oréal Professionnel que saiu de linha. Até hoje não sei o que deu na cabeça da L’Oréal pra tirar esse produto de linha… mas enfim, vamos voltar pra resenha do CPR!

As pontas do meu cabelo estavam bem ressecadas e um pouco espigadas inclusive. Sempre que eu terminava de secar meu cabelo eu sempre tinha que passar uma escova raquete para dar uma “alisada” e melhorar o aspecto delas, sabe?

Veja bem, eu não tinha ponta dupla (santo Split Ender!), mas elas estavam muito secas e porosas e eu tava tendo dificuldade de restaurá-las.

Eu usei esse troço do CPR uma única vez e meu cabelo está simplesmente como se tivesse feito uma plástica, parece outro!

Gente, eu não acreditei no que tava vendo! A idiota aqui não tirou foto do antes e depois porque achou que não ia dar diferença, mas me arrependi amargamente pois a diferença é gritante!

O cabelo não fica duro e nem áspero, viu? Os fios ficam extremamente reconstruídos, mas ao mesmo tempo macios e com um brilho espetacular.

E olha, eu estava usando o K-Pak da Joico (considerado o melhor reconstrutor do mundo) até dia desses, mas sério, o da Joico não chega aos pés do Senscience da CPR.

O Senscience CPR sim é que merece um prêmio, mas de melhor reconstrutor do universo!

Conclusão:

Maravilhoso, perfeito, esplêndido, extraordinário e todos os adjetivos de qualidade que se encaixarem aqui.

Amei, amei e AMEI, porque em um uso só eu consegui recuperar algo que eu estava tentando há meses!

Imagina usar ele uma vez por mês? É cabelo perfeito pro resto da vida minha gente!

Só que nem tudo na vida são flores. O Senscience CPR Tratamento Reconstrutor tem aquele defeito que ninguém gosta: o preço.

Essas duas míseras ampolinhas de 25ml cada custam R$99,90! Cem reais em 50 ml de produto!

Mas compensa cada centavinho, pois o resultado é simplesmente maravilhoso!

E agora já tô é querendo testar tudo da Senscience, porque nunca tinha testado nada da marca e só esse primeiro produto já fez eu me apaixonar! <3

Olá! Você já ouviu falar no reconstrutor Senscience CPR Tratamento Reconstrutor? O produto é um reconstrutor que promete restaurar os fios e reparar a porosidade do cabelo, deixando os fios super saudáveis e reconstruídos. Ele custa caro, mas dizem que é um dos melhores reconstrutores que existem pois ele restaura até aquele cabelo no último estágio de dano, sabe? Sempre tive curiosidade de testar pra saber se ele é essa coca-cola toda, mas por ser caro eu nunca comprava. Aí a Kutiz me presenteou com o kit e eu finalmente pude usar! E como eu já usei vários reconstrutores e vou poder analisar se o CPR é tudo isso mesmo que falam dele! Já usei o produto e agora conto em detalhes o que achei! Testei: Senscience CPR O kit que eu recebi é o pequeno, que vem com duas ampolas: Passo 1 e Passo 2. As ampolas vem nessa caixinha e acompanham um "manual de instruções", hehe. Cada ampola vem com 25 ml de produto. Na bula fala para usar uma inteira por vez, mas você acha mesmo que eu vou gastar um negócio caro desses de uma vez só?  Hahaha! O Passo 1 é um reconstrutor de porosidade e o Passo 2 é um reparador de cutícula. Os dois tem que ser usados juntos para se ter o resultado esperado. O que a marca diz?   Para cabelos extremamente ressecados, danificados e/ou quimicamente tratados. O C.P.R é um tratamento restaurador intensivo em dois passos de uso profissional. Repara a porosidade da cutícula restaurando nutrientes vitais que foram perdidos. Fortalece, hidrata e protege os cabelos. Formulado com Queratina, Aminoácidos da Seda e Bio Structurer© que penetram nas camadas danificadas da cutícula reparando, alisando e selando para uma proteção duradoura que ajuda a manter a hidratação e o brilho. Graças à sua fórmula poderosa, os fios ficam macios, protegidos, fortes, saudáveis e luminosos, em apenas dois passos.   Como usar? Tive que acrescentar esse tópico na resenha porque o CPR tem um forma especial de uso. É assim: Lave o cabelo com shampoo (na bula não especifica qual shampoo usar); Retire o excesso de água dos fios com uma toalha e aplique o Passo 1; Aqueça com vaporizador ou secador por 5 minutos; Sem enxaguar, aplique o Passo 2; Aqueça com vaporizador ou secador por mais 10 minutos; Enxágue e finalize Essa é a forma de uso que está escrita na bula que vem dentro da caixinha. Fora tem uma etiqueta que explica de forma diferente, assim como em alguns sites também ensina a usar de outra forma. Usei do jeito que explicava na bula, pois acho que deve ser a correta! O que eu achei? Lavei meu cabelo com shampoo transparente e usei o produto exatamente como escrevi acima. Mas usei mais ou menos metade da ampola e só apliquei do meio do cabelo para baixo, que é onde estava mais danificado. Té parece que eu ia usar a ampola toda e gastar tudo de uma vez, hahahaha. O Passo…

Senscience CPR

Qualidade - 10
Cumpre o que promete - 10
Nível de Reconstrução - 10
Perfume - 8
Preço - 6

8.8

NOTA FINAL:

Um dos melhores reconstrutores de cabelo que usei ultimamente, oferecendo um resultado maravilhoso já na primeira aplicação! Minhas pontas estavam ressecadas e porosas já havia um tempo e eu não estava conseguindo melhorá-las. Depois do CPR elas ficaram totalmente restauradas, como se eu tivesse feito uma plástica no cabelo. Nunca tinha testado um produto tão bom de ação tão imediata quanto ele (na verdade eu usei sim, o Fiberceutic da L'Oréal, mas ele saiu de linha). Nem o K-Pak da Joico, considerado um dos melhores reconstrutores do mundo, ofereceu esse resultado no meu cabelo. O resultado é um cabelo maravilhoso, restaurado, com muito brilho e muito macio. Sim, é um reconstrutor, mas ele não deixa o cabelo áspero ou duro, ao contrário. Ele oferece uma restauração intensa ao mesmo tempo que deixa o cabelo hidratado. O perfume é gostoso e suave, mas não dura nos fios. É caro pra caramba, pois duas ampolas dessas custam em média R$100,00. Mas é um investimento que vale muitíssimo a pena, principalmente para quem está com o cabelo danificado por químicas e está com dificuldade de recuperá-lo.

Avaliação dos leitores: Seja o primeiro a avaliar!
9


Alguém aí já usou o Senscience CPR?

Me conta nos comentários o que acha dele!

Beijokas!