O que eu uso no meu cabelo atualmente!

Olá!

Vocês pediram, e aí está: um novo vídeo contando tuuuuudo o que eu estou usando atualmente no meu cabelo!

Tem tanta coisa que o vídeo ficou com quase meia hora de duração, hahaha!

Mas era isso que vocês queriam, é isso que vocês vão ter! 😀

O vídeo está aí e abaixo coloco os links das resenhas de todos os produtos que foram citados. Assim fica mais fácil para ver os detalhes, né?

Resenhas:

Shampoos

Máscaras de hidratação

Máscaras de nutrição

Máscaras de reconstrução

Condicionadores

Protetores térmicos

Finalizadores


Espero do fundo do coração que vocês gostem do vídeo.

Eu só voltei a gravar por causa de vocês! <3

Beijokas!

Cronograma Capilar: O guia definitivo em vídeo!

Olá!

Já contei aqui no blog semana passada que eu finalmente voltei a fazer vídeos! Uhuuuu!

A minha ideia é falar de vários assuntos, tanto de saúde (que foi o tema de semana passada) como de cabelos, maquiagem, enfim…falar de tudo!

E uma ideia que eu tive foi pegar os temas mais discutidos e procurados aqui no blog e falar sobre eles em vídeo, já que tem muita gente que prefere assistir do que ler, né?

Muita gente amou o post que fiz sobre cronograma capilar, pois ele ficou super completinho e recheado de informações, porém é um post looooongo!

Cronograma Capilar – O guia definitivo

Então reuni todas as informações do post e coloquei tudo em um vídeo. Agora não tem mais desculpa!

Espero que gostem!

E não se esqueçam de curtir o vídeo e se inscrever no canal, hein?

Preciso do apoio de vocês para continuar gravando! 😀

Beijokas!

Cronograma Capilar – O Guia Definitivo

Olá!

Provavelmente muitas de vocês já devem ter ouvido falar no cronograma capilar, né?

Eu já fiz um post aqui no blog sobre o assunto. Mas ainda vejo que muita gente tem dúvidas na hora de seguir seu cronograma, já que tem muita informação na internet e tanta coisa pode acabar confundindo sua cabeça.

Mas agora seus problemas acabaram! 😀

Nesse post vou colocar todas as informações sobre o cronograma capilar, pra você aprender de vez tudo sobre o assunto!

Cronograma Capilar – O Guia Definitivo

cronograma-capilar-guia-definitivo-2

O que é o cronograma capilar?

Um fio de cabelo saudável é composto de várias substâncias, entre elas estão a água, o óleo (que é entregue ao cabelo através do sebo do couro cabeludo) e proteína (que forma a estrutura do fio do cabelo).

Quando um cabelo é danificado por causa do uso de alguma química, essas substâncias vão se perdendo e deixando o fio ressecado, frágil e poroso.

Antigamente nós tínhamos o costume de apenas usar máscaras de hidratação, que repõem a água perdida. Mas e o óleo perdido? E a queratina?

As empresas de cosméticos foram percebendo que o cabelo precisava não só de hidratação, e começaram a investir em produtos a base de óleo (nutrição) e a base de queratina (reconstrução).

Ainda sim nós cometíamos o erro de usar apenas uma delas, o que ainda não era o suficiente para restaurar um fio de cabelo danificado. Na verdade, o uso de apenas uma máscara poderia até causar mais problema nos fios, pois o excesso de queratina em um fio de cabelo pode até piorar a situação.

Até que alguém um certo dia teve a brilhante ideia de fazer um cronograma, em que seriam utilizados produtos para substituir TUDO o que o cabelo perde quando está danificado.

O resultado dessa reposição de substâncias é um cabelo forte e saudável.

E assim surgiu o cronograma capilar, que conquista cada vez mais adeptas já que é um tratamento que realmente traz benefícios e que consegue restaurar totalmente o cabelo danificado.

Quais são as fases do cronograma capilar?

  • Hidratação – que serve para repor a água perdida dos fios
  • Nutrição – que serve para repor o óleo perdido nos fios
  • Reconstrução – que serve para repor a proteína perdida dos fios

Como seguir o cronograma?

No cronograma capilar você precisa lavar seu cabelo 3 vezes por semana. E em cada lavagem, alternar os tratamentos de hidratação, nutrição e reconstrução.

Você pode usar seu shampoo de costume para lavar os cabelos, ou pode querer também seguir um cronograma de lavagem, utilizando shampoos hidratantes, nutritivos e reconstrutores.

Faça o que você acha que seja melhor para o seu cabelo.

Eu gosto de alternar os shampoos em cada lavagem, mas não sigo nenhuma regra.

Qual cronograma capilar eu devo seguir?

Existem vários cronogramas capilares na internet. O original é esse aqui:

cronograma-capilar-oficial

Porém, pelas minhas experiências, verifiquei que nem todos os cabelos poderiam se adaptar com o cronograma original. Então eu criei 3 cronogramas diferentes, um para cada estado do cabelo: muito danificado, pouco danificado e cronograma de manutenção.

Pois eu acredito que um cabelo mais danificado precisa de mais reconstrução do que um cabelo pouco danificado. Então, na minha humilde opinião, não faz sentido seguir um cronograma só, né?

Então vejam abaixo o Cronograma Capilar by Desejos de Beleza, desenvolvido para danos diferentes em cada cabelo:

Cabelos muito danificados

Se seu cabelo tem muita química (duas químicas ao mesmo tempo ou mais) e está muito danificado, com o fio muito poroso, quebrando com facilidade e sem forma, comece seguindo esse cronograma.

Siga-o até perceber que o cabelo esta totalmente saudável e recuperado.

cronograma-capilar-cabelos-muito-danificados

Cabelos pouco danificados

Se você tem apenas 1 tipo de química (tintura OU progressiva OU alisamento…etc) e ele está danificado, mas não muito, siga o cronograma abaixo.

cronograma-capilar-cabelos-pouco-danificados

Cronograma de manutenção

Você seguiu o cronograma, seu cabelo está recuperado, mas você ainda continua aplicando algum tipo de química nos fios, sugiro seguir o cronograma de manutenção.

Muita gente comete o erro de parar de fazer o cronograma após o cabelo ser restaurado, mas continua fazendo química e aí obviamente o cabelo vai danificar de novo, né?

Para manter o cabelo saudável mesmo usando suas químicas, siga fazendo o cronograma de manutenção.

cronograma-capilar-manutencao

Se você não tem o costume de lavar seu cabelo 3 vezes por semana mas quer continuar seguindo o cronograma de manutenção, basta apenas seguir a regrinha da tabela, mas de acordo com sua frequência de lavagem.

Como classificar as máscaras?

Eu já fiz um post bem legal aqui no blog ensinando como classificar as máscaras para o cronograma capilar. E também fiz uma tabela enorme com o resumo de tudo, que vou colocar novamente aqui.

Ao comprar uma máscara, olhe o rótulo e veja quais os ingredientes dela. De acordo com o ingredientes é que você vai classificá-la como sendo hidratação, nutrição ou reconstrução. 😉

Para mais informações não deixe de ler o post: Como classificar as máscaras do cronograma capilar

classificar-máscaras-cronograma-capilar-2


E aí, gostaram do post?

Com ele não dá mais pra se confundir, né?

Vamos restaurar nossos cabelinhos com o cronograma capilar!

Beijokas!

Como classificar as máscaras do cronograma capilar

Olá!

Quem é leitor do blog provavelmente já deve ter ouvido falar sobre o cronograma capilar, pois em todas as resenhas de máscaras para o cabelo eu coloco no finalzinho em qual categoria o produto pertence dentro do cronograma: hidratação, nutrição ou reconstrução.

Se você não sabe o que é cronograma capilar, vou te explicar rapidamente:

O fio de cabelo é composto de várias substâncias responsáveis por manter a saúde do cabelo. Basicamente o fio é composto de água, óleo e queratina. Ao realizar procedimentos químicos no cabelo como tinturas, descolorações, progressivas, alisamentos e etc, o cabelo pode ficar danificado e perder algumas dessas substâncias. Em alguns casos mais graves, pode perder tudo. Por isso é preciso repor todas as substâncias perdidas através de tratamentos específicos.

O cronograma capilar foi desenvolvido para ajudar a recuperar um cabelo danificado, devolvendo tudo o que foi perdido durante os processos químicos. Dentro do cronograma são estipulados quais dias da semana você deve realizar os tratamentos de hidratação (reposição de água), nutrição (reposição de óleo) e reconstrução (reposição de proteínas).

Existe um cronograma diferente para cada tipo de cabelo (danificados, elásticos, ressecados, com frizz, etc) e a pessoa deve escolher qual mais se encaixa na sua condição.

Foi uma explicação bem simples, se você ficou interessado em saber mais sobre o assunto sugiro ler o post em que falei do cronograma com mais detalhes e expliquei passo a passo de como seguir: Cronograma Capilar

Várias pessoas me mandam mensagens perguntando o que fazer para tratar o cabelo danificado e a minha resposta é basicamente a mesma: cronograma capilar.

Eu fiz o cronograma quando estava saindo do loiro para o ruivo e tive excelentes benefícios, por isso sei que é um excelente tratamento a ser seguido, pois recupera mesmo!

Mas aí muitas pessoas acabam se perdendo na hora de classificar as máscaras que possuem em casa ou até mesmo tem dificuldade de comprar os produtos para realizar o cronograma capilar, pois elas nunca sabem em qual categoria a máscara se encaixa.

No post de hoje vou dar algumas dicas de como você pode fazer para classificar a sua máscara e poder seguir o cronograma certinho!

Como classificar as máscaras para o cronograma capilar

A primeira coisa que você precisa entender é quem nem sempre o rótulo condiz com sua função.

A maioria das marcas coloca no rótulo “máscara de hidratação”, mas mesmo com esse nome ela pode ter poder hidratante, nutritivo ou reconstrutor.

Mas Manu, como vou saber classificar, então? Através do rótulo!

Pegue os produtos que você tem em casa e veja qual a composição de cada um. Geralmente o produto que vem no início da composição é o que está em maior quantidade. Se tiver ingredientes hidratantes é de hidratação, se tiver ingredientes nutritivos é de nutrição e se tiver ingredientes reconstrutores, é de reconstrução.

Abaixo vou colocar quais os ingredientes que são responsáveis pela função da máscara:

Hidratação

classificar-mascaras-cronograma-capilar-hidratacao

As máscaras de hidratação são as mais fáceis de serem encontradas e geralmente mesmo as baratinhas conseguem excelentes resultados.

Uma máscara de hidratação é responsável pela reposição hídrica do fio, ou seja, ela vai ajudar a repor a água perdida do cabelo.

As substâncias que fazem esse trabalho de reposição hídrica são:

Semente de linhaça (semi do lino), Dexpantenol (Vitamina B5, o famoso Bepantol), Ceramidas, Vitamina A, Vitamina E, Babosa, Mandioca, Glicerina, Aloe Vera, Jaborandi, Derivados de Açúcar, Água de coco, Mel, Extrato de Maracujá.

Nutrição

classificar-mascaras-cronograma-capilar-nutricao

Atualmente, com a moda dos óleos capilares, também é bem fácil encontrar máscaras nutritivas de qualidade e que também não custam muito.

As máscaras de nutrição fazem reposição lipídica, ou seja, repõe o óleo perdido dos fios.

E a máscara de nutrição é a mais fácil de ser classificada. Se tiver óleo ou manteiga na fórmula, é máscara de nutrição!

As substâncias que fazem o trabalho de reposição lipídica (óleo) são:

Óleos vegetais no geral (argan, ojon, rícino, coco, manteiga, abacate, oliva, rosas, figo da índia, semente de uva, etc) e manteigas (murumuru, karitê, cupuaçu, cacau, abacate, etc).

O processo de umectação capilar se encaixa na fase de nutrição.

Reconstrução

classificar-mascaras-cronograma-capilar-reconstrucao

As máscaras de reconstrução também são fáceis de serem classificadas, já que no caso delas geralmente já vem escrito no rótulo algo como: máscara reconstrutora, máscara restauradora ou máscara repositora de massa.

A reconstrução é responsável por fazer a reposição proteica do fio.

Uma dica bem fácil e rápida é a seguinte: se tem queratina, é reconstrutora. Assim não tem erro!

Mas não existe apenas a queratina nas máscaras de reconstrução. Existem algumas máscaras que tem efeito reconstrutor e não possuem queratina em sua fórmula.

As substâncias que fazem o trabalho de reposição proteica (reconstrução) são:

Queratina, Creatina, Arginina, Cisteína, Lisina, Colágeno e Proteínas hidrolisadas (trigo, soja, e milho).

O processo de cauterização e queratinização se encaixam na fase de reconstrução.

Máscaras mistas

Existem muitas máscaras que podem ter substâncias hidratantes e nutritivas, nutritivas e reconstrutoras, hidratantes e reconstrutoras e as vezes até com as 3 características em um produto só.

Nesses casos você pode classificar de duas formas

  • Pela maior concentração de ativos

Eu disse anteriormente que o ingrediente que aparece em primeiro lugar no rótulo do produto é o ingrediente que vem e maior quantidade, certo?

Se o primeiro ingrediente da máscara é óleo de argan e o segundo é queratina, podemos classificá-la como uma máscara de nutrição.

Se o primeiro ingrediente da máscara é Vitamina B5 e o segundo é óleo de coco, podemos classificá-la como hidratação.

  • Pela forma que a máscara age no seu cabelo

Cada tipo de máscara pode deixar seu cabelo com uma característica diferente. Via de regra, funciona mais ou menos assim:

Máscaras de hidratação: o cabelo fica macio, bem soltinho, leve, com movimento e brilho.

Máscaras de nutrição: o cabelo fica com menos frizz, mais liso, com peso, maleável e pontas reparadas.

Máscaras de reconstrução: o cabelo fica forte, com o fio mais encorpado, sela cutículas e em alguns casos o fio fica meio “duro”, ou seja, deixa o cabelo mais resistente.

Então se você usou uma máscara de nutrição mas no seu cabelo o resultado foi de hidratação, use na fase de hidratação.

Para encerrar esse post com chave de ouro, fiz uma tabela com todas as informações acima. E deixei algumas sugestões de marcas de acordo com cada uma das fases.

Guarde essa imagem no seu celular e leve com você na sua próxima visita à perfumaria. 😉

classificar-máscaras-cronograma-capilar-2

E abaixo deixo alguns links que podem te ajudar durante seu cronograma:


E aí, restou alguma dúvida sobre classificar suas máscaras para o cronograma capilar?

É só comentar que eu te ajudo! 😉

Beijokas!

Cronograma capilar com produtos baratos

Olá!

Eu já falei tudo sobre Cronograma Capilar nesse post aqui. Lá eu expliquei o que era o cronograma e expliquei quais são os produtos certos para cada fase.

No fim do post eu coloquei os produtos que eu usava, e no meio desses produtos tinha muita coisa importada e de marcas profissionais, mas eu sei que nem todo mundo pode comprar produtos caros!

Por isso eu pensei em fazer um post dando sugestões de produtos baratinhos que você pode comprar para seguir o cronograma capilar.

Quem disse que precisa gastar o olho da cara pra ter cabelo bonito?

cronograma bbb - capa

Mas, antes é preciso fazer uma ressalva: Alguns desses produtos realmente não tem a mesma eficácia dos produtos profissionais, isso é fato.

Em casos extremos, com cabelos muito danificados, talvez você precise realmente de produtos mais potentes e precise gastar um pouco mais. Mas na grande maioria dos casos dá para seguir o cronograma com produtos baratinhos e ter resultados excelentes!

Basta ter apenas um pouco de paciência, porque dinheiro você não vai precisar de muito! 😉

Hidratação

Os produtos de hidratação são os mais fáceis de se encontrar, pois praticamente qualquer creme de hidratação dá bons resultados.

O pulo do gato aqui é “batizar” a máscara, para que qualquer creme baratinho se torne super potente!

E o segredo é sempre o mesmo: Taca Bepantol Líquido! Haha! Aqui nesse post eu explico direitinho como usar o Bepantol nos cabelos.

Outra dica legal é usar glicerina líquida na hidratação, aqui nesse post eu explico como usá-la.

E para uma hidratação super, mega, baster, blaster, misture creme, Bepantol e glicerina líquida! É muito amor em forma de receitinha caseira!

Aqui embaixo os cremes que eu sugiro para a fase de hidratação:

cronograma capilar BBB - hidratação

Nutrição

A nutrição pode ser feita de duas formas: usando um creme específico ou através da umectação. Eu fiz um post completo sobre umectação há pouco tempo, em que explico tudo, desde qual óleo escolher até como fazer. Clique aqui para acessá-lo.

Os cremes de tratamento para nutrição também são fáceis de encontrar, pois depois da moda de óleo de argan praticamente toda marca possui algum produto com ele, haha!

O creme para ser de nutrição precisa necessariamente ter algum óleo na fórmula: argan, macadâmia, ojon, amêndoas, abacate, coco e etc.

Você também pode potencializar o resultado da sua nutrição batizando o creme com algum óleo potente que você tem em casa! Pode usar por exemplo alguns dos óleos que você usa na umectação! 😉

Aqui vão minhas sugestões de cremes para sua nutrição:

cronograma bbb - nutrição

Reconstrução

Você pode fazer a reconstrução utilizando cremes com queratina, creatina e repositores de massa, ou fazendo uma cauterização.

Quem vai escolher o melhor método para reconstruir é você, de acordo de como seu cabelo responde a esses tratamentos.

Eu particularmente gosto de intercalar as cauterizações com cremes reconstrutores e repositores de massa!

Vejam abaixo minhas sugestões de reconstruções baratinhas:

cronograma bbb - reconstrução

Viram?

Dá sim para fazer o cronograma capilar só com produtos nacionais e baratinhos!

Falta de dinheiro não é desculpa pra cabelo mal tratado!

Qualquer dúvida sobre o cronograma capilar ou produtos indicados, é só comentar! 😉

Beijokas!

Tudo sobre umectação capilar

Olá!

Eu fiz um post sobre umectação capilar aqui no blog uma vez, que chamei de Hidratação Pré-Shampoo.

Mas eu acho que o post não ficou tão completo e muita gente acessa aquele post sem saber que minha hidratação pré-shampoo nada mais que a própria umectação!

Na ocasião também acabei usando um óleo errado e uma leitora fofa me alertou nos comentários.

Por causa disso resolvi fazer um novo post, agora mais completo e com dicas especiais para que você possa fazer sua umectação capilar sem erros! 😉

umectação capilar

O que é a umectação capilar?

No post do Cronograma Capilar eu expliquei que o cabelo precisa de três coisas para que ele fique saudável: reconstrução, hidratação e nutrição.

A reconstrução repõe as proteínas perdidas no fio do cabelo, a hidratação repõe a água e a nutrição repõe os lipídios. Para maiores informações sobre o cronograma acesse esse post.

E onde entra a umectação? Como a umectação capilar é feita com óleos, ela faz parte da etapa de nutrição.

Para que ela serve?

Como falei anteriormente, a umectação capilar serve para repor os lipídios perdidos do fio do cabelo.

A umectação deixa o cabelo hidratado, macio, mais encorpado, com menos frizz, dá brilho e ajuda muito a melhorar aquelas pontinhas ressecadas.

Para que tipo de cabelo a umectação é indicada?

Não há nenhuma contraindicação à umectação capilar, ela pode ser feita em qualquer cabelo que esteja ressecado, principalmente se o cabelo não responde muito bem as hidratações feitas em casa com máscaras de hidratação.

É ideal apenas que se tome cuidado para não colocar óleo próximo a raiz do cabelo, para não deixar o cabelo oleoso.

Faça uma vez no seu cabelo e veja como ele vai reagir. Tem gente que ama a umectação e tem gente que odeia! Eu adoro!

Que tipo de óleo deve ser utilizado?

Você pode utilizar qualquer óleo de sua preferência, desde que ele seja 100% vegetal. Não use reparadores de pontas ou óleos de origem mineral, eles tem várias substâncias que ao invés de tratar o cabelo, podem prejudicar.

Para saber se o óleo é 100% vegetal basta olhar o rótulo e ver a composição do produto. Se tiver algo a mais do que o óleo indicado, ele não deve ser utilizado.

Os mais utilizados são: óleo de coco, rícino, argan, abacate, amêndoas, ojon, macadâmia, e etc. Todos esses óleos são encontrados facilmente em casas de produtos naturais ou casas de essências. Fiquem de olho: óleos de perfumaria na maioria esmagadora das vezes NÃO são naturais! Prefira comprar nesses lugares que citei! Na internet você também encontra várias lojas que comercializam os óleos 100% vegetais!

Um óleo muito utilizado para umectação e que traz bons resultados é o azeite de oliva, aquele mesmo que a gente usa na pizza! (ai que fome!). Mas é preciso que ele seja extra-virgem! E não se preocupe, depois que lavar o cabelo não fica com cheiro de salada! 😀

Como a umectação é feita?

Depois de escolher o óleo de sua preferência, passe sem dó mecha a mecha, até que todo o cabelo seja envolvido. Dê ênfase nas partes mais danificadas e ressecadas. Coloque uma touca plástica para que você não saia carimbando óleo em todo o lugar que encostar, hehe!

Tente ao máximo não deixar o óleo chegar perto da raiz, para não deixar o cabelo oleoso. Já existem alguns óleos que podem ser usados também para massagem no couro cabeludo, se o seu óleo for desse tipo, aí sim pode ser passado no cabelo inteiro!

O óleo vegetal pode e deve ser aplicado no couro cabeludo! Além de hidratar, ele vai nutrir o couro e estimular o crescimento dos fios e NÃO vai deixar o cabelo oleoso. 😉

 Duas horas já são o suficientes para conseguir bons resultados, mas quanto mais tempo você ficar com o óleo no cabelo, melhor.

Você pode passar o óleo de manhã e lavar só a noite, ou passar a noite, dormir e lavar só no dia seguinte. Eu já fiz de todas as formas e acho que a aplicação noturna é a melhor! Novamente, sugiro que testem e vejam qual é a melhor forma no cabelo de vocês!

Depois do tempo de ação, lave e condicione normalmente o seu cabelo com seus produtos de sempre. Para resultados ainda melhores, use uma máscara de reposição hídrica após a umectação. As máscaras de reposição hídrica costumam ser a base de pantenol (Oi Bepantol!), semi di lino, ceramidas, e etc.

Agora é só finalizar seu cabelo como de costume!

Quantas vezes por semana posso fazer a umectação capilar?

Isso vai depender de como seu cabelo vai reagir. Tem gente que faz umectação em toda a lavagem, tem gente que faz uma vez por semana, outros a cada 15 dias…

Tudo vai depender de como seu cabelo está e como ele vai ficar depois da umectação (se vai pesar, se ficou oleoso, se o cabelo reagiu bem, etc).

Quanto mais ressecado e danificado ele estiver, mais vezes você poderá fazer a umectação!

E você Manu, faz como?

Bom, eu não estou mais seguindo o cronograma capilar pois meu cabelo já está bem mais recuperado das agressões. Agora só preciso que ele cresça e toda a parte que era loira vá embora, aí terei meu cabelo saudável de novo.

Na verdade eu ainda meio que sigo, mas não tão certinho como antes. Eu continuo fazendo reconstruções, hidratações e nutrições, mas vou revezando conforme minha vontade, rsrs.

Eu faço umectação mais ou menos a cada 15 dias, ou quando percebo que as pontas do meu cabelo precisam de um “up” instantâneo.

Eu uso o óleo de coco na minha umectação, pois no meu cabelo achei que ele se saiu melhor que o azeite. Eu comprei numa casa de produtos naturais, e esse óleo é aquele que as pessoas tomam para emagrecer. Paguei algo em torno de R$25,00 e acho que compensa, pois dura bastante.

Como falei no tópico anterior, eu já usei de diversas formas mas a minha preferida é passar o óleo a noite e lavar no dia seguinte. Antigamente eu deixava só meia hora, mas depois que comecei a deixar mais tempo percebi que o resultado era melhor.  No meu cabelo a umectação responde muito bem, pois deixa meu cabelo mais lisinho, disciplinado, sem frizz e com bastante brilho!

Bom, acho que tirei todas as dúvidas de vocês sobre a umectação capilar, né? Mas se ainda restou alguma, por favor comentem no post que eu respondo! 😀

Beijokas!