Como usar: manteiga vegetal nos cabelos

Olá!

Provavelmente você já deve ter visto alguém indicando o uso de manteiga vegetal para os cabelos, né?

A manteiga vegetal é maravilhosa para os fios e oferece inúmeros benefícios, que variam de acordo com o tipo de manteiga escolhida.

Eu mesma já falei aqui no blog da manteiga de murumuru, se você não conhece, clica no link abaixo pra conhecer:

Manteiga de murumuru –  milagre para os cabelos!

Mas você sabe como usar esse tipo de produto nos fios? Se não sabe, vai aprender no post de hoje!

Como usar: manteiga vegetal nos cabelos

O que é?

A manteiga vegetal é um produto que é extraído diretamente das sementes dos vegetais. Vários processos são realizados da extração do produto das sementes até a fabricação da manteiga, porém nenhum ingrediente é adicionado. As manteigas vegetais são puras e 100% vegetais, sem o acréscimo de outras substâncias.

A diferença entre o óleo vegetal e manteiga é a consistência, já que a manteiga é sólida ou mais pastosa (depende do tipo), mas que derrete facilmente em contato com as mãos ou temperaturas mais quentes.

As manteigas vegetais são ainda mais potentes que os óleos, oferecendo uma nutrição mais intensa.

Como usar?

Separe a quantidade de manteiga vegetal que você vai usar para o seu cabelo. Coloque em um recipiente plástico e derreta a manteiga em banho-maria ou no micro-ondas.

Se for derreter no micro-ondas, fique de olho para deixar a manteiga por pouco tempo, pois ela não pode esquentar demais, ok? Eu gosto de colocar no micro-ondas e a cada 10 segundos vou tirando e observando pra ver se está bom.

Depois de derretida a manteiga vira um óleo e você pode usá-lo exatamente como faz sua umectação capilar de costume.

Se quiser, pode também misturar uma colherinha com sua máscara de hidratação de preferência ou ainda, fazer uma umectação reversa.

De todas as formas fica bom, mas eu particularmente gosto mais utilizando da forma tradicional de umectação. Se você não sabe fazer, basta seguir esse passo a passo, trocando o óleo pela manteiga vegetal derretida:

Prontinho!

É importante derreter APENAS a quantidade de manteiga que você vai usar, ok? Não pode derreter tudo, pois isso satura sua manteiga vegetal e pode acabar diminuindo sua ação nutritiva com o tempo.

E é isso! Não tem segredo nenhum na hora de usar a manteiga vegetal nos cabelos!

A manteiga vegetal é ótima para ser usada na fase de nutrição do cronograma capilar e indicada para cabelos super danificados, opacos, porosos e muito ressecados, como os cacheados e crespos, pois a nutrição da manteiga é super poderosa!

As manteigas vegetais mais utilizadas para o cabelo são a de murumuru, karitê, cacau e cupuaçu, e cada uma tem resultados diferentes:

  • Murumuru – hidratação, nutrição e emoliência para os cabelos
  • Karitê – Brilho para os cabelos, saúde para o couro cabeludo e efeito antipoluição
  • Cacau – Regenera a fibra capilar, nutre e hidrata
  • Cupuaçu – Recupera a umidade e elasticidade natural

Fonte: Clube do Cabelo e Cia

Você pode comprar as manteigas vegetais em casas de produtos naturais ou locais onde são vendidos produtos para confecção de cosméticos.

Aqui no blog já fiz um post de onde comprar óleos para umectação capilar, e nessas mesmas lojas você pode comprar as manteigas.

A minha manteiga de murumuru veio da Paris Essências.


E aí, você já tinha ouvido falar no uso de manteiga vegetal nos cabelos?

Beijokas!

Como usar: Shampoo Johnson’s

Olá!

Eu já falei aqui no blog várias vezes que o shampoo Johnson’s, aquele amarelinho neutro indicado para lavar cabelo de criança, é simplesmente maravilhoso também como produto de beleza!

Mas você sabe como utilizá-lo dessa forma? No post de hoje vou ensinar exatamente isso, a como usar o shampoo Johnson’s como produto de beleza, para os cuidados com a pele!

Como usar: Shampoo Johnson’s como produto de beleza

O que é?

Shampoo indicado para lavagem de cabelo de bebê, que contém uma fórmula extremamente leve e neutra. Por ter essa fórmula leve, pode ser utilizado para outros usos, como por exemplo, como demaquilante.

Como usar?

Você pode usar o Shampoo Johnson’s de várias formas! Vou citar as melhores nesse post!

Como demaquilante

Por ter uma fórmula suave, o shampoo Johnson’s é um excelente aliado para ser usado como demaquilante.

Basta lavar o rosto, aplicar o shampoo nas mãos e esfregar levemente no rosto. Ele retira tudo, desde aquela base de cobertura alta ate máscara para cílios a prova d´água, sem precisar esfregar.

A pele não fica irritada e ainda por cima fica levemente hidratada.

Para lavar os cílios

O uso constante de máscara para cílios pode fazer com que haja acúmulo de resíduos, podendo causar infecções e terçol.

Por isso é importante sempre lavar os cílios com frequência e o produto ideal para isso é o shampoo Johnson’s. Eu sempre tinha terçol e quem me deu essa dica foi minha própria oftalmologista.

Desde então eu retiro a máscara para cílios apenas com shampoo Johnson’s e nunca mais tive terçol ou qualquer outro tipo de inflamação nos olhos.

Para depilação com lâmina

Usar sabonete na depilação não é a melhor opção, pois isso pode acabar causando ressecamento na pele já que o sabonete em si é um produto agressivo.

O shampoo Johnson’s oferece o deslizamento que a lâmina precisa e por conter ingredientes hidrantes, ele não causa o ressecamento e por isso é uma ótima opção para ser utilizado no lugar do sabonete.

Para lavar os cabelos

E claro, também é ótimo para lavar os cabelos! Como ele é bem leve, o shampoo Johnson’s é indicado para cabelos frágeis, finos e delicados, pois lava sem agredir. Também é indicado para cabelos tingidos e com progressiva, pois ajuda a segurar a cor e a química por mais tempo.

Também é ótimo para ser usado como um pré-shampoo, ou seja, para fazer aquela primeira lavagem e tirar todo o excesso de sujeira, sabe? Depois é só vir usando o shampoo de costume.

Outros usos

Além disso, o shampoo Johnson’s pode ser usado para lavar pincéis de maquiagem, como lubrificante de zíper e para lavar roupas delicadas, como lingerie! É sempre bom ter um frasco desse amarelinho em casa!


Quem aí também é fã do shampoo Johnson’s?

Eu não vivo mais sem, tanto que quando compro, já compro logo o potão com 400ml logo!

Beijokas!

 

 

 

Como usar: babosa nos cabelos

Olá!

Vocês já devem ter ouvido falar da babosa, né?

Ela é uma planta excelente para o tratamento dos cabelos e por isso é utilizada em vários produtos, desde shampoo, condicionador, máscara e finalizador.

Só que se você quiser obter o benefício completo da babosa o ideal é utilizar a plantar mesmo, afinal é muito melhor utilizar o produto natural, né?

Há uns anos atrás minha mãe saiu de um cabelo castanho escuro e foi para o loiro e durante o processo de clareamento a cabeleireira dela fazia toda semana hidratações com babosa natural. Vocês acreditam que o cabelo dela não ficou danificado durante o as descolorações?

A bichinha da babosa é potente!

Se você não sabe e quer aprender a usar a babosa natural nos seus cabelos, vem comigo nesse post que eu vou ensinar!

Como usar: Babosa nos cabelos

O que é?

O Aloe vera é uma planta utilizada para diversos fins medicinais há muitos anos. Geralmente, é utilizada para problemas relacionados com a pele (acne, queimaduras, psoríase, hanseníase etc).

É um poderoso regenerador e antioxidante natural. A esta planta são reconhecidas propriedades antibacteriana, cicatrizante, capacidade de reidratar o tecido capilar e fechar as cutículas dos cabelos ou dérmico danificado por uma queimadura, entre outras.

A babosa tem o poder de reter água para se manter o tempo todo bem hidratada, mesmo sob o calor produzido pelo sol escaldante do deserto.

Aloe vera é um excelente nutriente, com importantes proteínas, vitaminas e sais minerais. Com sua constituição química, permite a penetração na pele e, assim leva importantes nutrientes para as células vivas.

Contém várias enzimas cujas atividades não são totalmente compreendidas.

Fonte: Wikipédia

Só para quem não sabe: aloe vera é o nome real da babosa, ok?

Mas vamos chamar tudo de babosa aqui, hehe.

A babosa ainda vitaminas A, B1, B2, B3, B6, 10 minerais e 20 aminoácidos, ou seja, é um tratamento completíssimo!

A babosa ajuda a hidratar profundamente o cabelo e por conter aminoácidos também dá uma leve reconstruída. Mas mesmo assim encaixe a babosa na fase de hidratação do cronograma capilar, ok?

Como usar?

Existem duas formas principais de uso e vou ensinar as duas, porém eu prefiro a primeira, ok?

Babosa natural

Para essa hidratação você precisará de:

  • 1 folha de Babosa
  • 100 ml de água
  • Liquidificador

Abra a folha de babosa no meio e com uma colher retire todo o gelzinho que vem dentro dela.

Coloque esse gelzinho dentro do liquidificador e bata com 100ml de água.

Essa é a misturinha que você utilizará no seu cabelo. Como ela é natural, poderá ser usada da raiz às pontas, ok?

Babosa com creme

Para essa você vai precisar de:

  • 1 folha de babosa
  • Creme de hidratação (quantidade o suficiente que dê para seu cabelo)

Abra a folha da babosa e retire o gelzinho de dentro. Com um garfo, amasse o gelzinho e vá colocando creme até toda a babosa se dissolver no creme.

Como essa mistura tem creme ela não pode ser utilizada na raiz (a não ser que seja um creme liberado para no-poo).

Como aplicar:

As duas receitas tem a mesma forma de aplicação.

Lave o cabelo com shampoo, aplique a mistura no cabelo e massageie bem. Coloque uma touca plástica e deixe agir por 20 minutos.

Enxágue, condicione e enxágue novamente. Depois finalize como de costume.

O cabelo fica uma seda, macio, hidratado e muuuuuito brilhante!

A hidratação de babosa pode ser utilizada 1 vez por semana! 😉


Quem aí já fez hidratação com babosa?

Me contem nos comentários o resultado dessa hidratação no cabelo de vocês!

Beijokas!

Como usar shampoo seco? (em vídeo)

Olá!

Eu já falei várias vezes aqui no blog que amo shampoo seco e sempre uso naqueles momentos de aperto, quando preciso sair, o cabelo está sujo e não dá tempo de lavar!

Inclusive tem várias resenhas de shampoo seco aqui no blog, porque eu realmente não vivo sem esse produto aqui em casa!

Só que muita gente ainda tem dúvida de como usar esse produto, já que ele é tão diferente, né? É um pó, em spray, que a gente passa e fica tudo branco!

Pensando nisso, resolvi fazer um passo a passo em vídeo mostrando como usar o shampoo seco! Aí agora você não vai ter mais dúvidas de como usar o produto, vai ver ao vivo em a cores o funcionamento do shampoo seco e ainda vai ver como ele é mágico e realmente funciona!

Aperta o play, miga!

Viram que simples?

Meu cabelo tava mega ensebado e em menos de 5 minutos, fiquei com cabelo de dyva! Hahaha!

Se ainda restou alguma dúvida, é só perguntar que eu respondo!

E se você quer ver algum assunto em especial em vídeo, comenta também que eu gravo, viu?

Beijokas!

Como usar glicerina nos cabelos

Olá!

Hoje é dia de mais um post da série “Como usar!”

Nessa série eu ensino de forma rápida como usar os mais diversos tipos de produtos para cabelos e pele.

No post de hoje vou ensinar como usar a glicerina nos cabelos, esse produto super baratinho e que deixa o cabelo bem hidratado!

Como usar: Glicerina nos cabelos

O que é?

A glicerina é um líquido viscoso que não possui cor nem cheiro, totalmente solúvel em água, por isso é bem fácil misturá-la em produtos de  cabelo.

A glicerina é umectante, hidratante e é utilizada em cosméticos, produtos de cuidados pessoais e medicamentos.

Em cosméticos, a glicerina age como hidratante e umectante, mantendo a pele hidratada e protegendo do ressecamento.

Nos cabelos, a glicerina age extraindo a umidade do ar e levando para dentro dos fios, além de criar uma barreira que mantém a umidade dentro do cabelo fazendo assim com que os fios fiquem muito mais hidratados.

O resultado é um cabelo mais forte e hidratado, diminuindo a quebra e a formação de pontas duplas.

Fonte: Clube do Cabelo e Cia

A glicerina vai potencializar o resultado da sua hidratação, pois além da ação do creme, ela vai ajudar a reter água no interior do fio. É uma mega hidratação!

Como usar?

A glicerina é maravilhosa e realmente faz milagre para os fios, mas ela tem um defeitinho. Seu uso depende das condições climáticas do dia.

Como falei anteriormente, a glicerina retira a umidade do ar e joga pra dentro do cabelo certo? Porém, em dias em que o tempo está muito seco, ao invés de retirar a umidade ela acaba evaporando, levando junto a umidade do seu cabelo e causando um efeito contrário, o ressecamento! :O

Mas palma, palma, não priemos cânico! Existe um jeito de reverter essa situação, fazendo a hidratação exatamente do jeito que eu ensino no post, aí não tem erro!

Você vai precisar de:

  • 1 colher de sopa de creme de hidratação de sua preferência
  • 1 colher de chá de glicerina

A proporção é sempre essa, 1 colher de sopa de creme pra 1 colher de chá de glicerina. Aí você aumenta de acordo com a quantidade de cabelo que você tem. Eu uso mais ou menos umas 4.

Como fazer:

Lave seu cabelo com shampoo, enxágue e retire o excesso de água dos fios.

Aplique a mistura de creme e glicerina, massageie bem e coloque uma touca plástica. Aí é que está a pulo do gato.

Sempre use touca plástica na hidratação de glicerina.

A umidade do cabelo vai ficar presa dentro da touca plástica e é nessa umidade que a glicerina vai trabalhar. Mesmo que o tempo esteja seco isso não será um problema, pois a glicerina não terá para onde evaporar, já que vai estar abafada na touca.

Então com o uso da touca plástica não existe a possibilidade da hidratação com glicerina dar errado. Mesmo com tempo seco. 😉

Deixe a mistura agir pelo tempo indicado pelo fabricante da máscara utilizada, enxágue, condicione e finalize como de costume.

O resultado é um cabelo extremamente macio e muito hidratado! Os fios ficam parecendo uma seda, de tão macios que ficam! <3

Se quiser potencializar ainda mais a hidratação, coloque uma 1 colher de chá de Bepantol Líquido na mistura!

E só para confirmar, a hidratação de glicerina entra na fase de hidratação do cronograma capilar. 😉

Glicerina comum ou bi-destilada?

Quando forem comprar glicerina provavelmente vocês verão de dois tipos, a comum e a bi-destilada. Mas qual a diferença?

Na prática, nenhuma. Algumas pessoas dizem que a bi-destilada é mais forte, mas nunca comparei as duas para saber. No final o resultado de hidratação das duas é igual.

A diferença mesmo é que a glicerina comum é de origem vegetal, enquanto que a bi-destilada é de origem animal.

Então se você for vegano ou não gostar de produtos de origem animal, compre a glicerina comum. 😉

Espero que agora vocês tenham aprendido de vez a como usar glicerina!

Se quiserem também aprender a usar glicerina de outras formas e não só no cabelo, leiam o post abaixo:

Glicerina: 1001 utilidades!


Espero que tenham gostado desse post. Para ver os outros posts da série “Como usar”, é só clicar nos links abaixo:

Como usar: Shampoo Seco

Como usar: Soro fisiológico no rosto

Como usar: Vinagre de maçã nos cabelos

Como usar: Azeite de oliva no cabelo

Como usar: Queratina líquida

Como usar: Óleo de rícino

Como usar: Óleo de côco como cosmético

Como usar: Bepantol Solução nos cabelos

Como usar: Ampola Azul Alfaparf

Como usar: Yamasterol


Beijokas!

Como usar: Shampoo seco

Olá!

Quem aí gosta de usar shampoo seco?

Muita gente nem conhece esse produto e não sabe o que está perdendo, pois ele é ótimo para aqueles momentos de aperto quando a gente precisa sair e não tem tempo de lavar o cabelo!

Não conhece o produto? Não sabe como usar? Vem nesse post que eu vou explicar tudinho sobre como usar o shampoo seco!

Como usar: Shampoo Seco

O que é?

O shampoo seco é um spray em pó que realiza a limpeza dos fios de cabelo, retirando o excesso de oleosidade sem precisar utilizar água.

Ele deve ser usado nos momentos em que o cabelo está sujo e você não tem tempo de lavar, apenas de vez em quando. O shampoo seco não pode ser substituído pela lavagem convencional.

Gente, shampoo seco pra mim é tudo de bom! Eu nunca fico sem, porque as vezes acontece um compromisso de última hora e quem tem cabelo longo sabe: lavar, condicionar, secar e finalizar demanda muito tempo! E dependendo da situação, não dá tempo de fazer tudo isso!

Aí eu vou lá, passo meu shampoo seco na raiz e pronto, cabelo com carinha de limpo!

Ele também é ótimo para quem tem franja, pois a bendita sempre fica oleosa antes mesmo do cabelo ficar sujo, né? Aí é só passar um tico de shampoo seco e o problema tá resolvido!

Mas como falei anteriormente, o shampoo seco é para ser usado de vez em quando, nos momentos de pressa. Não é pra substituir pela lavagem convencional, ok?

Como usar?

É muito simples usar o shampoo seco. Basta borrifar o produto em toda a raiz do cabelo.

O spray sai um pó branco, mas não se preocupe que esse pó sai todinho.

Aplique o spray em toda a raiz e depois massageie o couro cabeludo com a ponta dos dedos até que o pó absorva toda a oleosidade. Essa massagem já vai retirando boa parte do pózinho do shampoo seco.

Depois passe uma escova da raiz as pontas, para retirar o restinho de resíduo de pó do shampoo seco que possa ter ficado. Pronto, o cabelo fica limpinho e cheiroso!

Olha aqui uma foto de antes e depois da resenha do shampoo seco da Batiste que fiz aqui no blog tempos atrás:

Existem várias marcas de shampoo seco no mercado, mas na minha opinião o melhor é o da Batiste mesmo. E não é jabá! 😉

Se as pontas do cabelo estiverem secas, você pode usar também um condicionador seco para dar uma hidratada. A Batiste possui um em sua linha que é ótimo, assim como a Redken tem um que também é muito bom!

Se quiser, pode usar um leave-in ou um óleo finalizador que também dá certo! Assim você fica com a raiz limpa e as pontas hidratadas. 😀


Eu simplesmente amo shampoo seco e não vivo sem!

Quem aí também ama shampoo seco? Me contem nos comentários o que acham desse tipo de produto!

Beijokas!