O que é iodoterapia?

Olá!

E hoje temos mais um vídeo da série sobre câncer de tireoide!

No vídeo de hoje eu expliquei o que é iodoterapia e por que ela é utilizada no tratamento do câncer de tireoide!

Expliquei de uma forma bem simples para que todo mundo possa compreender.

O que é iodoterapia? Por que ela é utilizada no câncer de tireoide?

Agora é só dar o play!

Espero que gostem!

Fiquem de olho no canal que no próximo vídeo vou explicar por que é preciso ficar 30 dias sem tomar hormônio antes de fazer a iodoterapia e como que funciona a injeção de Thyrogen!

Os vídeos da série câncer de tireoide são quinzenais! 😉

Beijokas!

Câncer de Tireoide – Cirurgia e Pós Operatório

Olá!

Voltei com mais um vídeo da série especial sobre câncer de tireoide!

No vídeo de hoje falei como é feita a cirurgia da tireoide, o tipo de anestesia utilizada e um pouquinho sobre o pós operatório.

Câncer de tireoide – Cirurgia e Pós Operatório

E assistam até o final, porque tem uma dica especial para diminuir um incômodo causado pela cirurgia nos primeiros dias do pós operatório!

Espero que gostem!

Fiquem de olho no canal que o próximo vídeo da série é sobre iodoterapia! 😉

Beijokas!

Câncer de Tireoide – O Diagnóstico (Vídeo)

Olá!

Finalmente fiz o que vocês tanto me pediram: mais vídeos sobre câncer de tireoide!

Aeeeee!

Muita gente pediu para que eu fizesse mais vídeos sobre o tema, que explicasse melhor como tudo funcionava e depois de mais de 1 ano prometendo, eu cumpri!   \o/

Voltei a gravar vídeos e o primeiro que gravei sobre a tireoide, já que sei que tem muita gente passando por esse momento difícil e está com muito medo da cirurgia, tratamento e tudo mais, né?

Mas não tenham medo! Eu estou aqui pra provar que dá pra passar por tudo isso e que assim como eu, você também será curado!

No vídeo de hoje vou falar um pouco sobre como é feito o diagnóstico do câncer de tireoide, afinal pra falar disso tem que começar pelo começo!

Os vídeos sobre tireoide serão quinzenais e neles eu vou falar de tudo: cirurgia, pós operatório, iodoterapia, hormônios, dieta para iodoterapia e vida pós cirurgia e tratamento.

Então se inscrevam no canal e fiquem de olho nos novos vídeos!

E se você não se interessa pelo assunto, não se preocupe. Eu também vou postar vídeos sobre outros assuntos, ok?

E já adianto que semana que vem vai ter um vídeo completíssimo sobre cronograma capilar! Se inscreve no canaaaaal! 😀

Vamos parar de blá blá blá e ir direto ao vídeo:


Espero que gostem!

E se tiverem sugestões de assuntos que queiram ver em vídeo, por favor comentem!

Beijokas!

Cuidados especiais para pessoas sem tireoide

Olá!

Acho que tooooodos vocês já sabem que eu sou destireoidada, né? Hahaha!

Tive que retirar toda a tireoide ano passado por causa de um câncer, todos os detalhes sobre a cirurgia e tratamento você encontra nesses posts.

Depois que a gente retira a tireoide é preciso tomar alguns cuidados (simples!) para manter a nossa saúde em dia.

Vou dividir todos esses cuidados com vocês no post de hoje! 😉

Cuidados especiais para pessoas sem tireoide

pessoas-sem-tireoide-cuidados

1 – Fazer reposição hormonal

A reposição hormonal é obrigatória em casos de tireoidectomia, seja ela total ou parcial. Isso porque a tireoide é responsável pela fabricação dos hormônios T3 e T4, e quando não temos mais tireoide os níveis de hormônios podem zerar, trazendo uma série de sintomas desconfortáveis.

Então você vai precisar tomar o hormônio todos os dias, pro resto da sua vida.

Vá regularmente ao seu médico para que exames sejam feitos a fim de encontrar a dose hormonal correta para você.

E para tomar o hormônio é preciso seguir algumas dicas:

  • Tome SEMPRE a dose indicada pelo seu médico
  • Tome todos os dias em jejum
  • Depois que tomar o hormônio aguarde no mínimo meia hora para se alimentar. O ideal é aguardar 1 hora, mas se você não puder, 30 minutos já serão suficientes.
  • Tome sempre com um gole de água
  • Não tome outros medicamentos juntos. Tome apenas o hormônio e deixe para tomar outro remédio em média 4 horas após.
  • Não esqueça de tomar seu hormônio. Nunca. Esquecer de tomar pode fazer você ter vários sintomas de hipotireoidismo e aumentar o nível de TSH, que em grandes quantidades pode facilitar uma possível volta do câncer.

2 – Realizar alguma atividade física

O metabolismo de uma pessoa sem tireoide pode ser um pouco mais lento, mas isso depende muito de pessoa para pessoa.

Independente do seu metabolismo é importantíssimo que você pratique alguma atividade física, seja ela qual for.

Isso faz com que o seu metabolismo fique mais acelerado, contribuindo para a manutenção da sua saúde.

E claro, a atividade física vai fazer bem não só para a saúde hormonal, mas faz bem para o corpo como um todo.

3 – Se alimentar corretamente

Uma alimentação correta e equilibrada é importante para todas as pessoas. Mas quem passou pela tireoidectomia deve se atentar um pouco mais e tentar ao máximo manter uma dieta saudável.

Isso é importante para ajudar na manutenção de peso, da sua saúde e também para manter os níveis de cálcio na corrente sanguínea, já que em alguns casos além da glândula tireoide, a glândula paratireoide (responsável por manter o nível de cálcio no sangue) também é retirada.

Em outros casos, a glândula paratireoide não é retirada mas pode sofrer alguma alteração durante a cirurgia, por isso é importante o acompanhamento médico regularmente.

Para evitar qualquer problema, o ideal é sempre ter uma dieta saudável e equilibrada, até mesmo para evitar possíveis doenças causadas pela má alimentação.

4 – Manter os cuidados com a cicatriz

A cicatriz da cirurgia fica na região do pescoço, que é uma área sujeita a excesso de raios solares, o que pode causar manchas deixando a cicatriz bem aparente.

Então é preciso tomar cuidado com a exposição solar, usando um protetor solar no mínimo FPS30 na região da cicatriz.

Se você for para algum lugar como uma praia ou piscina em que a exposição solar é intensa, proteja sua cicatriz com um band-aid.

Tome esses cuidados por aproximadamente 1 ano, que é o tempo total da cicatrização. Depois disso é importante continuar protegendo, mas os cuidados não são mais tão intensos como no primeiro ano.

5 – Visitar seu médico regularmente

Algumas pessoas que fizeram tireoidectomia fazem acompanhamento com endocrinologista, outros com cirurgião de cabeça e pescoço e outras pessoas acompanham até com os dois juntos.

Independente de qual médico você acompanhe, é importante que você o visite regularmente, respeitando o intervalo solicitado por ele.

Eu estou indo no meu cirurgião a cada 2 meses, pelo menos nesse primeiro ano pós tireoidectomia. Agora que meus hormônios estão bem controlados, provavelmente esse intervalo fique mais espaçado.

E lembre-se: um paciente de câncer só sai totalmente de alta 5 anos após a cirurgia/tratamento. Por isso é importante visitar seu médico sempre que solicitado para acompanhar o andamento da sua recuperação.

Não deixe de visitar seu médico. Nunca!


Tem mais alguém destireoidado aí?

Me conta, como está a sua vida sem tireoide? Eu já contei como a minha vida está aqui nesse post!

Beijokas!

Cuidados pós iodoterapia e vida sem tireoide

Olá!

Eu prometi para vocês que iria fazer um vídeo contando como foram os cuidados que eu tive que tomar após a iodoterapia e também como está a vida sem tireoide.

Acontece que esses últimos dois meses da minha vida estão bem corridos, pois fiz o curso de pilates, fiz os estágios, graças a Deus já consegui um emprego na área então por causa disso fica bem difícil de gravar vídeo, pois já contei pra vocês que pra gravar algo aqui só de madrugada!

Pra não ficar devendo esse conteúdo pra vocês, vou fazer um post escrito mesmo, tá? Melhor isso do que nada, né? Hahaha! 😀

Pós iodoterapia e Vida sem Tireoide

pos-iodoterapia-vida-sem-tireoide-2

Cuidados pós iodoterapia:

Bom, já contei nesse post aqui como foi a iodoterapia, tanto que até gravei um videozinho lá no hospital contando como é o procedimento. Se você não viu, é só dar o play aqui embaixo:

Saí do hospital e a primeira notícia que eu tive foi: Você pode voltar a comer normalmente. UHUUUU!

Cheguei em casa e fui logo atacando uma pizza:

Muita gente tem dúvida dos cuidados que é preciso tomar após a iodo, mas percebi que isso varia muito tanto de hospital como também de pessoa.

Nem sempre todo mundo toma a mesma dose de iodo, por causa disso os cuidados podem ser diferentes. Outra coisa, quando a gente sai do hospital o físico mede nosso nível de radioatividade, então dependendo de quanto está esse nível talvez seja necessário que o cuidado seja diferente.

E como falei no início, cada hospital segue regras diferentes estipuladas pelo médico nuclear e pelo físico, por isso você precisa ter em mente que os cuidados que eu tive podem ser diferentes para você, ok?

Vou falar os cuidados que EU, Manuela, tive que tomar. Durante 5 dias eu precisei:

– Não dormir na mesma cama com outra pessoa

– Não ter contato com mulheres grávidas, crianças e animais

– Ter o mínimo possível de contato com as outras pessoas da casa, e se precisar ficar por mais tempo no mesmo ambiente que os outros, ficar a mais ou menos 2 metros de distância deles

– Lavar as roupas e roupas de cama separadas das outras roupas

– Não fazer xixi no ralo

– Dar sempre duas descargas após o uso do banheiro

O que eu fiz:

Aproveitei que minha casa tem um quartinho nos fundos e pedi pra minha mãe deixar lá alguns pertences que eu pudesse precisar, como alguns cosméticos, etc. Lá também tinha um banheiro com chuveiro, então não saia do quartinho por nada, hahaha!

Eu até podia, se quisesse, ir na minha casa e bater um papo com meus pais, desde que eu ficasse a 1 metro de distância deles. Mas o Mingau ficava por lá e como eu não poderia ter contato nenhum com ele, eu evitava de ir o máximo possível.

Quando precisava ir, eu pedia pro meu pai trancar ele no quarto. Eu entrava, resolvia o que tinha pra resolver e já voltava correndo.

Levei meu notebook, iPad, celular e ficava o dia todo conversando com os amigos, namorado e vendo seriado no Netflix.

Minha mãe levava a comida pra mim, eu comia e depois ela voltava pra buscar o prato. Me senti em um hotel 5  estrelas. Se precisasse ficaria mais uns 15 dias assim, eu nem ligaria, hahaha!

Os 5 dias passaram rapidinho e no sexto dia eu já voltei pra minha vida normal!

Após 7 dias de iodoterapia voltei ao hospital para realizar a PCI, pesquisa de corpo inteiro, que serve para verificar se restou alguma célula maligna após a realização do procedimento com iodo.

O exame é suuuuper sossegado! Você deita numa cama e ela anda bem devagarinho dentro de um troço redondo. Demora mais ou menos uns 20 minutos, é bem rápido.

Peguei o resultado do exame após alguns dias, levei no meu cirurgião e graças a Deus, eu estava livre do câncer! 😀 😀 😀

Vida sem tireoide:

cicatriz-cirurgia-tireoide-iodoterapia-desejos-de-beleza

Desde a primeira semana pós cirurgia eu venho tomando o Puran T4 de 100mg, que segundo meu médico é uma dose meio “genérica” para eu ir tomando até fazer os exames de sangue e poder dosar a quantidade ideal de hormônio que precisarei tomar.

Confesso que não acostumei ainda com essa história de tomar remédio todo santo dia ao acordar, e já esqueci de tomar uma vez ou outra.

O que aconteceu quando eu esqueci? Nada.

Mas isso não significa que pode esquecer, hein? Segundo o meu endocrinologista, o esquecimento pode causar um aumento do TSH e isso pode levar a um aparecimento de um novo câncer. Minhanossinhora, depois que ele falou isso nunca mais eu esqueci, haha!

E como está a minha vida sem tireoide? Exatamente igual a minha vida de quando eu tinha tireoide.

Quer dizer, tiveram algumas mudanças e eu nem sei dizer se foram causadas por isso.

Eu fiquei um pouco mais enjoada pra comer (mas isso eu sempre fui), e isso me fez perder alguns quilinhos.

Fiquei um pouco sonolenta, mas dormir é o que eu faço de melhor então sono nunca fui um problema na minha vida. E só.

Continuo igualzinha antes. Não tive alteração de humor, não fiquei depressiva, não tive queda de cabelo, não tive nada.

Tô inteirona!

Eu só pude fazer os exames de sangue para verificar a quantidade de hormônio que eu tinha agora, dois meses após a iodo, porque segundo meu médico a injeção de Thyrogen que tomei (falei dela aqui) deixa o TSH mutcho loko e isso pode acabar alterando o resultado.

Fiz o exame mas ainda não fui no médico pra ele ver o resultado, então não sei ainda se vou manter essa dose de hormônio ou se vou precisar aumentar ou diminuir. Conto pra vocês no Instagram. Não me segue??? Num quidito! Então aproveita e me segue agora, é só clicar no botão “seguir” aqui embaixo! 😀


Espero que esse post tenha ajudado vocês de alguma forma.

Se ainda sobrou alguma dúvida, é só perguntar. 😉

Beijokas!

Vlog: Tudo sobre a iodoterapia!

Olá!

Estava eu no hospital internada para a iodoterapia e pensei: porque não fazer um vlog falando sobre o tratamento e mostrando como é o quarto do hospital?

E aí eu fiz! \o/

Quando eu fui ler um pouco mais sobre a iodoterapia na internet, confesso que me assustei com alguns depoimentos que eu li.

Muita gente dizendo que era horrível, que chorou o dia todo, que foi o pior dia da vida e sinceramente? Não é bem assim.

Claro que não é fácil, afinal nós estamos falando de um tratamento de câncer. Só que venhamos e convenhamos: a iodoterapia é um tratamento muito mais simples do que uma quimio ou uma radioterapia.

O tratamento é super simples, não causa efeitos colaterais e é muito eficaz no tratamento do câncer de tireoide.

A única parte chata é ficar sozinho no quarto, mas são 2 dias, passa rápido! Aproveite esse tempo pra ler um livro, pra assistir os filmes que estiver a fim, pra colocar um seriado em dia…etc!

Pra provar tudo isso que tô falando, assista o vídeo abaixo! Nele eu falo tudo o que achei sobre a iodoterapia!

Cuidados pós-iodoterapia

Depois que saí do hospital tive que tomar alguns cuidados em casa. Cada médico segue uma conduta diferente e você precisa seguir o que o seu médico pede. No meu caso os cuidados que precisei tomar foram:

– Não dormir na mesma cama com outra pessoa

– Não ter contato com mulheres grávidas, crianças e animais

– Ter o mínimo possível de contato com as outras pessoas da casa, e se precisar ficar por mais tempo no mesmo ambiente que os outros, ficar a mais ou menos 2 metros de distância deles

– Lavar as roupas e roupas de cama separadas das outras roupas

– Não fazer xixi no ralo

– Dar sempre duas descargas após o uso do banheiro

Tive que tomar esses cuidados durante 5 dias e no sexto já pude voltar a ter minha vida normal!

Ah, quando saí do hospital já me liberaram da dieta sem iodo e pude comer normalmente, uhuuu!

Concluindo, o que quero dizer com esse post é com o tratamento é simples e você não precisa ter medo, pois não é um bicho de 7 cabeças!

Vai na coragem, tenha fé em Deus e tudo dará certo!


Você já fez a iodoterapia? Que tal comentar aqui sua experiência para ajudar outras pessoas que estão passando pelo mesmo tratamento?

Vou esperar os comentários! 😀

Beijokas!