Ballet para adultos – O que é preciso comprar?

Olá!

Já falei aqui no blog que comecei a fazer ballet no começo do ano, lembram?

Pois é, comecei a fazer ballet com 32 anos de idade e estou amando! Já escrevi alguns posts sobre o assunto e se vocês ainda não leram, cliquem aqui embaixo:

Ballet para adultos? SIM!

Ballet para adultos – como escolher uma escola?

Não tá sendo fácil, mas é uma experiência maravilhosa que recomendo a todos!

Muita gente tem muitas dúvidas a respeito do ballet para adultos é por isso estou fazendo vários posts sobre o tema aqui no blog. Já falei de como escolher uma escola no link que postei aqui em cima e no post de hoje vou falar um pouco sobre o que é preciso comprar caso vocês queiram também começar a se aventurar no ballet adulto!

Ballet para adultos – o que é preciso comprar?

Se você vai começar o ballet agora o que eu te aconselho a comprar urgentemente é: NADA!

Isso mesmo!

Calma que eu explico! Seguinte, tem escola de dança que exige o uso de um uniforme básico que varia de escola para escola.

Tem escola que exige o uso do collant, meia, saia e sapatilha. Outros exigem apenas o collant, meia e sapatilha, mas deixam você livre para usar saia ou short por cima do collant. Existem escolas que não exigem nada disso e deixam você fazer aula com legging e camiseta, e por aí vai.

Por isso que se você vai começar o ballet não vale a pena investir em nada logo de cara, pois você porque você nem sabe ainda se a escola que você vai estudar exige algo. Exemplo, você pode ir lá toda linda e comprar um collant rosa, mas a escola exigir o uso do collant preto.

Existem escolas que exigem o collant específico da própria escola, por exemplo, então nem vale a pena você comprar fora pois você terá que usar um especial.

Então primeiro se matricule, faça a aula experimental e se resolver realmente fazer a aula, aí sim você verifica com a escola qual o traje exigido nas aulas, ok?

Onde eu faço aula o traje só é exigido para as crianças. Na turma adulta podemos usar apenas legging e camiseta e eu comecei fazendo aulas só com esse tipo de roupa.

Depois que senti que eu realmente tava gostando e que iria continuar nas aulas, eu quis comprar uma “roupinha” de ballet pra ficar me sentindo mais bailarina, hahaha!

Comprei dois collants, duas meias e um short. No próximo post eu vou contar onde vocês podem comprar roupas de ballet baratinhas aqui em São Paulo. Fiquem de olho no blog! 😉


Tem alguma leitora bailarina aí?

Beijokas!

Ballet para adultos – como escolher uma escola?

Olá?

Já contei pra vocês aqui no blog que estou fazendo aulas de ballet para adultos, né?

Contei tudinho nesse post aqui:

Ballet para adultos? SIM!

Prometi pra vocês que contaria mais detalhes sobre isso e no post de hoje vou dar algumas dicas de como escolher uma escola legal para você praticar suas aulas de ballet adulto!

Vem comigo!

Ballet para adultos – como escolher uma escola?

Bom, a primeira coisa que você precisa fazer é encontrar uma escola que dê aula para adultos, que não é tão fácil quanto parece.

Praticamente qualquer academia normal tem aula de ballet infantil, mas aula para adultos é mais difícil de encontrar.

É mais fácil encontrar as aulas de ballet para adultos em escolas específicas de dança. E como você vai estar começando as aulas precisam ser para iniciantes.

E inclusive essa é a outra dica que tenho para dar: matricule-se nas aulas para iniciantes mesmo! Algumas escolas de dança não tem turmas iniciantes específicas e podem te encaixar em turmas que já estão em andamento. Se você não entende nada de ballet você vai ficar totalmente perdida e com vergonha, e as chances de você largar as aulas serão bem grandes!

Então eu recomendo que você entre em uma aula de iniciantes, ok?

Procure uma escola de ballet que seja de fácil acesso pra você, para que você não coloque obstáculos que te impeçam de ir para aula. Escolha algum lugar que fique próximo da sua casa, trabalho, escolha, faculdade ou que esteja no seu caminho para qualquer um desses lugares.

Veja quais escolas de ballet na região que você quer oferecem aulas de ballet para adulto, veja se os horários são compatíveis com sua agenda, ligue e marque uma aula experimental.

Toda escola de dança oferece uma aula experimental e isso é muito importante! Porque é primordial que você conheça o método de ensino da sua professora, pra ver se você gosta da aula dela.

Se você não gosta da aula provavelmente você vai desistir do ballet no primeiro mês!

Então marque aulas experimentais nas escolas de dança que você selecionou e veja qual delas você gosta mais.

Eu fiz uma aula experimental em uma escola e eu particularmente não curti muito Depois fiz uma outra aula em uma outra escola e amei, que foi a escolha escolhida!

Aliás, preciso comentar outra coisa aqui: a didática para as aulas de ballet adulto é totalmente diferente das aulas de ballet infantil. Então as vezes você faz uma aula experimental em uma escola com uma professora que pode ser excelente, mas as vezes ela não é boa em dar aulas para adultos e por isso você pode não se adaptar. Por isso a importância da aula experimental, para que você possa avaliar se a professora do local sabe dar aulas para adultos.

Também avalie a estrutura da escola. Ela não precisa ser grande ou chique, mas precisa ter salas grandes, amplas, ventiladas e bem equipadas.


Acho que com essas dicas já dá pra você escolher uma boa escola para praticar ballet adulto, né?

Se ainda restou alguma dúvida, comenta que eu respondo!

E continua de olho aqui no blog que eu vou continuar postando mais coisas sobre ballet e jazz para adulto, ok?

Beijokas!

Ballet para adultos? SIM!

Olá!

Quando eu era pequena minha mãe sempre me incentivou a fazer ballet, mas por ser muito tímida e morrer de vergonha de tudo e de todos, eu disse a ela que não queria (mas na verdade eu queria sim!), então acabei nunca fazendo.

Porém os anos foram passando e minha vontade de fazer ballet aumentou, mas aí me surge a dúvida: como eu, velha, toda dura, vou fazer ballet nessa idade? Acho que nem dá mais, né?

E passei a vida inteira pensando que não dava!

Até que um dia estava vagando pelo Facebook quando vi um anúncio de uma escola de ballet que estava formando novas turmas para adultos.

Na hora que vi já pensei: mas gente, será que dá mesmo? Então perguntei para algumas amigas minhas bailarinas e elas me confirmaram que sim! Dá pra fazer ballet depois de velha sim e não importa a idade!

Fiquei super interessada e até que finalmente, no comecinho desse ano, eu me matriculei na escola de ballet! E estou amando!

Vou contar pra vocês mais ou menos como funcionam as aulas, vai que você quer se tornar uma bailarina também, né?

Ballet para adultos

Quando eu fiquei sabendo que existia aula de ballet para adultos fiquei imaginando que seria parecido com a aula de ballet iniciante para as criancinhas, hahaha!

Mas não, gente, existe aí toda uma didática especial para ministrar as aulas para adultos, afinal, é tuuuudo diferente!

O aquecimento, o alongamento, os passos, tuuudo é feito de forma bem fácil para que você vá pegando as coisas aos poucos e dentro do seu ritmo.

Nos primeiros dias a gente fica perdida, sim, é bem normal! A professora pede pra jogar a perna pra frente e você joga pro lado, pede pra rodar pra esquerda e você roda pra direita, é uma confusão só, hahaha!

Mas conforme as aulas vão passando você vai aprendendo os passos, as denominações e depois de algumas aulas já está fazendo a sequência sem errar. PLIÉ! RELEVÉ!

Claro que nesse começo falta técnica, falta suavidade, falta um monte de coisa. Eu mesma ainda não consigo fazer os passos com as mãos e os pés juntos, me falta coordenação. Mas são coisas que você só vai aprender com o tempo, não tem jeito!

Outra coisa importante é que você entre em uma turma de iniciantes, porque se você for a única pessoa do grupo que não sabe ballet você vai ficar com um pouquinho de vergonha de fazer as coisas.

Mas se todo mundo for iniciante, a aula se torna inclusive engraçada, porque todo mundo erra e no final é só risada, hahaha!

Também é importante escolher alguma escola que tenha uma professora que você se identifique, uma professora em que você gosta da didática dela. Assim você vai se entender melhor e ter muito mais prazer na hora de aprender as coisas.

Eu pretendo fazer outros posts aqui no blog sobre ballet para adultos, falando sobre como escolher a escola, o que é preciso comprar, quanto você vai investir, enfim…vários assuntos!

Mas já adianto uma coisa: toda escola de dança oferece uma aula experimental gratuita. Então você pode ir, fazer uma aula e conhecer o espaço, a professora, a didática, a técnica de ensino, etc. E aí você vai fazendo várias aulas experimentais até chegar em uma que você se sinta bem!

Eu fiz uma aula experimental em uma escola antes e eu particularmente não gostei muito da aula. Tentei novamente em outra e simplesmente amei, tanto pela escola, como pelos professores, minhas colegas de turma, e foi lá que eu acabei ficando!

Então se você fez 1 aula experimental e não gostou, procure outras escolas e faça outras! Tenho certeza que você vai encontrar alguma que te agrade!

Eu faço aula de ballet e jazz (acho que vou fazer um post sobre ele também!) em uma escola de ballet que fica na Zona Leste de São Paulo, próximo ao Shopping Anália Franco.

O nome da escola é Academia Callegari e se você quer conhecer um pouco mais da escola é só acessar o site: www.callegariacademia.com.br


Eu estou amando minhas aulas e pretendo continuar por muuuito tempo! Quem sabe até eu consiga me formar no ballet? Vai demorar um pouquinho, pois é preciso no mínimo 8 anos de dança! Mas pelo menos já dei o primeiro passo!

Se esse é seu sonho, que tal dar um passo desses também?

Independente da idade, uma coisa é sempre certa: nunca é tarde para começar! <3

Beijokas!

Vida do Mingau – TAG: Vida de Gateira – Em vídeo!

Olá!

Tempos atrás eu respondi aqui no blog a TAG Vida de Gateira do blog Mulher Vitrola.

Mas como vocês estão gostando desse negócio de Youtube, e também sei que vocês amam o Mingau, resolvi falar um pouco sobre como foi a adoção dele e responder a TAG de novo, mas agora em vídeo!

Venham se derreter com a fofura do Mingau! <3


E aí, gostaram de ver o Mingauzinho em vídeo?

Querem saber mais coisas sobre ele? Comentem, quem sabe ele não aparece em um novo vídeo em breve?

Beijokas!

Pandora ou Vivara? (Vídeo!)

Olá!

Já falei pra vocês que eu amo a ideia dessas pulseiras de berloques, né?

Tenho duas pulseiras genéricas (Amo Berloque e 25 de Março), depois comprei uma da Pandora e alguns meses depois, comprei a Life by Vivara.

Quando fui comprar a minha pulseira original procurei vários posts e vídeos na internet para saber as principais diferenças entre as duas que me ajudasse a escolher: Pandora ou Vivara?

Porém nunca achei nada que fosse muito detalhado e acabei comprando a Pandora já que a maioria das pessoas diziam ser melhor.

Depois de um tempinho comprei a Vivara, já estou usando faz um tempinho e por ter as duas, resolvi fazer um vídeo mostrando as principais diferenças entre as duas, pra te ajudar na hora de escolher sua pulseira de berloques!

Pandora ou Vivara?

Aqui você encontra uma tabela que faz um comparativo entre as duas:

Esse comparativo foi feito antes de eu ter as duas, ok? Hoje eu mudaria a parte que fala da prata. A Vivara realmente possui a prata mais escura, porém ainda é bem brilhante.

E se você quer uma pulseira de berloques mas não quer investir muita grana, tente as opções genéricas:

Essa é da Amo Berloque e você encontra os detalhes no link abaixo:

Pulseira Amo Berloque

Essa foi montada na 25 de março e você encontra os detalhes no link abaixo:

Minha pulseira de berloques “genérica”!


E você, qual pulseira prefere: Pandora ou Vivara?

Me conta nos comentários!

Beijokas!

Life by Vivara – A Bela e a Fera

Olá!

Acho que vocês já estão cansados de taaaanto que eu falo na Bela e a Fera, né? Hahaha!

É que eu tô tão ansiosa pro filme que eu falo tudo que é lançado sobre ele!

Já falei da coleção de sapatilhas Melissa A Bela e a Fera (que inclusive já comprei duas!) e hoje vou falar sobre a coleção de berloques que a Vivara lançou especialmente para o filme!

É um berloque mais lindo do que o outro!

Dá só uma olhadinha:

Life by Vivara – A Bela e a Fera

 

Além desses berloques, a Vivara também possui o vestido da Bela que foi lançado já faz um tempinho junto com  a coleção dos vestidos das princesas:

Como a coleção é um pouco antiga é bem difícil de encontrar o vestidinho pra vender, no site inclusive consta como produto indisponível. Mas se der uma garimpada nas lojas físicas você ainda consegue encontrar. 😉

Estou APAIXONADA pela corrente de segurança e já quero com todas as minhas forças, haha!

A coleção Life By Vivara A Bela e a Fera já está sendo comercializada e cada berloque custa R$190,00.

Você pode comprar diretamente das lojas ou através do site www.vivara.com.br


E você, gostou da coleção? Qual seu berloque favorito?

Beijokas!