5 Formas de aplicar base líquida ou cremosa

Olá!

Com tantos pincéis e apetrechos no mundo da maquiagem, fica difícil saber o que é melhor na hora de aplicar a base do seu rosto, né?

São espumas, pincéis de diferentes tipos e formas, dedos…mas afinal, qual é a melhor forma de aplicar a base?

Na verdade não existe nenhuma forma correta, a melhor forma vai depender do que você deseja pro acabamento da sua maquiagem.

No post de hoje vou falar para vocês as formas de aplicar base e qual acabamento que cada uma delas oferece, assim fica fácil escolher a forma ideal para o seu caso!

Formas de aplicar base líquida ou cremosa

1 – Pincel de base tradicional

pincel-de-base-2

Esse pincel é o mais conhecido, e você encontra facilmente em qualquer perfumaria por um preço bem acessível.

Ele cumpre bem sua função de passar base, porém o acabamento desse tipo de pincel é um pouco mais pesado, ou seja, oferece uma cobertura maior com um acabamento mais grosseiro.

Se essa for sua intenção, pode ser uma boa compra. Também é uma boa para caso você esteja começando no mundo da maquiagem e ainda não tem muita prática, pois esse tipo de pincel não tem muito segredo para ser utilizado.

2 – Pincel Duo Fiber

pincel-duo-fiberO pincel duo fiber tem a característica de ter dois tipos de fibras no mesmo pincel: naturais e sintéticas.

Enquanto as cerdas maiores espalham a base, as cerdas menores ajudam a dar um acabamento.

O resultado é um acabamento mais leve e natural. É uma boa opção para você que deseja uma cobertura menor e com cara de “nasci assim”, mesmo que a base seja um pouco mais pesada.

Antigamente só marcas estrangeiras possuíam esse pincel para vender, por isso ele custava bem caro. Mas atualmente várias marcas nacionais fabricam o duo fiber e você consegue encontrá-lo com bastante facilidade e com preço acessível.

3 – Pincel tipo kabuki

pincel-kabukiO pincel kabuki geralmente é bem gordinho e apresenta muitas cerdas, geralmente sintéticas.

O kabuki é quase que um meio termo entre o pincel tradicional e o duo fiber, pois ele consegue deixar a pele com maior cobertura e acabamento natural ao mesmo tempo.

Com ele você consegue uma pele perfeita e bem acabada, dando a impressão que você não está usando base.

O kabuki é uma boa opção para quem gosta de uma maquiagem bem feita e com boa cobertura.

Assim como o duo fiber, várias marcas nacionais já trabalham com esse tipo de pincel e por isso você pode comprá-lo facilmente em qualquer perfumaria e com preço justo.

4 – Esponja

esponja-de-base

Existem vários tipos de esponjinha para base, as que são em formato quadrado, triangular e o de gota, que é o mais utilizado e que na minha opinião, é melhor do que as esponjas tradicionais.

Com o pincel nós geralmente espalhamos a base por todo o rosto, certo? Com as esponja é diferente.

Para aplicar base com a esponja é preciso “carimbá-la” na base e ir aplicando no rosto dando leves batidinhas até cobrir tudo.

Se você utilizar a esponja seca você terá uma cobertura total, com ótimo acabamento. Ideal para quem quer cobrir tudo e mais um pouco ou em maquiagens mais elaboradas.

Porém, se você quiser uma cobertura mais natural e suave, basta umedecê-la antes. Com as esponja úmida o resultado é mais leve.

É uma boa opção ter uma dessas, já que com ela você consegue os dois tipos de cobertura: leve e total.

Antigamente só existia uma marca de esponja em gota, a Beauty Blender, que custa bem caro. Mas atualmente outras marcas também fabricam esponjinhas em gota com o preço bem mais em conta.

5 – Dedos

dedos

Essa é a forma mais barata de aplicar base, né? Hahahaha!

E engana-se quem acha que passar base com os dedos é errado. Na maquiagem não existe o certo, e sim o que é melhor para você. E se você gosta de usar os dedos, USE!

A base aplicada com os dedos geralmente deixa uma cobertura mais leve e bem natural, ideal para o dia a dia.

Os dedos ajudam a espalhar e penetrar a base na pele, por isso é o acabamento fica mais natural, com cara de “nasci assim”, hehe.

Além disso, com os dedos você não corre o risco de deixar a pele com aqueles “risquinhos” que podem ser deixadas pelo pincel.

Só é preciso ter apenas um cuidado: lave bem as mãos antes de aplicar a base com os dedos, pois a sujeira e o suor podem acabar deixando a base com um acabamento ruim, além de durar menos.


Não existe um pincel melhor que o outro, e sim o pincel que oferece o acabamento que você quer. Então o pincel correto é aquele que vai deixar sua pele do jeito que você deseja, levando em consideração o tipo de cobertura (leve ou total) e acabamento (pesado ou natural).

Eu particularmente amo o pincel kabuki, tanto que tenho 3 aqui em casa, pois com ele consigo uma boa cobertura e acabamento natural ao mesmo tempo.

Agora me conta, qual sua forma preferida de aplicar base, e por quê?

Me conta nos comentários!

Beijokas!

Comentários

comentários

Comenta, vai!

Your email address will not be published.

Acho que você também vai gostar

Here you can find the related articles with the post you have recently read.