Eu, eu mesma e um câncer de tireoide

Olá!

Finalmente vou fazer um post falando um pouco mais sobre esse probleminha que me afligiu por esses últimos dias.

Inicialmente confesso que eu não sabia se iria falar sobre o assunto. Afinal, é algo tão delicado, né?

Mas depois pensei que é muito mais fácil passar esses problemas acompanhada do que sozinha, e qual companhia melhor que vocês? <3

Sem contar que provavelmente nesse momento várias pessoas estão passando pelo mesmo problema, então acredito que meu post vai ajudar muita gente que também sofre com essa doença.

Pensei em fazer um post só sobre o assunto, no final de tudo. Mas também achei que seria melhor fazer tipo um diarinho sobre o tratamento, para que vocês possam acompanhar em tempo real.

Então, vamos começar pelo começo!

tireoide

Como eu descobri?

Se você acredita em Deus (assim como eu), saiba que eu tenho certeza que teve um dedo Dele nessa história toda.

Eu faço exames de rotina todo ano com minha clínica geral, que é minha médica desde que eu tinha 15 anos.

Todo ano eu fazia os exames comuns: sangue, urina, raio-x, essas coisas de sempre.

Até que ano passado, por eu ter acabado de completar 30 anos, minha médica resolveu fazer um check-up completão. Além dos exames normais, ela pediu dois exames do coração e um ultrassom de tireoide.

É importante frisar aqui que ultrassom de tireoide não é um exame rotineiro. Geralmente os médicos pedem exame de sangue e nele medem a quantidade de T3 e T4, hormônios fabricados pela tireoide. E também fazem um exame de palpação do pescoço a procura de nódulos.

Caso haja alguma alteração no exame de sangue ou algum nódulo no pescoço, aí sim o médico pede o ultrassom.

No meu caso, eu não tinha nenhuma alteração sanguínea e  nem nódulo, mas Deus colocou a mão na cabeça da minha médica e ela “do nada” resolveu pedir esse exame.

Lembro até hoje dessa consulta:

– Tô te pedindo vários exames de sangue e do coração, pra gente ver como seu corpo tá funcionando.

– Ah, vamos pedir um ultrassom de tireoide também, não custa nada.

O resultado do ultrassom

Quando minha médica pegou o ultrassom, ela viu dois pequenos nódulos na imagem.

Na hora ela já me alertou que nódulos na tireoide são bem comuns e que eu não precisaria me preocupar tanto ou ficar com medo. Até porque cerca de 90% dos nódulos de tireoide são benignos.

Mas ela disse que eu precisava investigar e me encaminhou para um endocrinologista.

No endocrinologista

Quando cheguei no endocrinologista ele já me alertou dizendo o mesmo que minha médica, que a maioria dos nódulos de tireoide são benignos, que eu não tinha porque me preocupar ainda.

Então ele me pediu uma punção de tireoide, um exame em que uma agulha é injetada diretamente no nódulo dentro da tireoide (dói!).

O líquido recolhido é enviado para análise para verificar se o nódulo é benigno ou maligno.

Resultado da punção

Existem basicamente 3 resultados de uma punção de tireoide: benigno, maligno e suspeito.

Além disso o resultado vem com uma classificação chamada de Bethesda, específico para exames citológicos da tireoide.

Classificação de Bethesda
Classificação de Bethesda

O meu resultado foi: Classificação de Bethesda IV – Suspeito de neoplasia folicular.

Ou seja, meus nódulos eram suspeitos, podiam tanto ser malignos como benignos.

Nesses casos os médicos realizam a cirurgia de tireoidectomia, que é a retirada parcial ou total da tireoide, pois se existe a possibilidade de ser maligno é melhor cortar o mal pela raiz logo.

Mas a certeza mesmo que ele seria maligno ou benigno eu só iria descobrir depois da cirurgia.

Com esse resultado, o endocrinologista me encaminhou para um cirurgião de cabeça e pescoço.

A cirurgia de tireoidectomia

Fui ao cirurgião de cabeça e pescoço e ele já pediu os exames pré-operatórios, além de me explicar passo a passo como seria a cirurgia.

Como estava perto do natal e eu não queria passar as festas de molho, perguntei se podia adiar a cirurgia.

Ele disse que não teria problema e minha cirurgia ficou marcada para o dia 30 de janeiro.

Meu médico me disse que ele iria abrir, retirar o tumor da tireoide e enviar para análise ainda dentro do centro cirúrgico, porque caso fosse benigno, ele iria manter pelo menos a metade dela.

Depois da cirurgia o médico foi falar com minha mãe e confirmou o diagnóstico:

“Era um tumor maligno e tive que retirar a glândula tireoide inteira. A parte boa é que retirei tudo, e com isso ela tem 100% de chances de cura.”

Então assim, foi um susto que passou rápido. Ao mesmo tempo que descobri que era câncer, descobri que eu não o tinha mais, hahaha!

A recuperação

Diferente das outras cirurgias que já fiz (nódulo de mama, nariz e vesícula, sou toda remendada), essa recuperação foi um pouco mais complicada.

Passei bem mal após acordar da anestesia e me senti muito mais cansada, afinal essa cirurgia foi bem mais agressiva que as outras.

Saí do hospital no dia seguinte e o maior incômodo é a sensação de garganta inflamada constante, que também é normal no caso da tireoidectomia e que costuma sumir depois de 1 semana mais ou menos.

Hoje, 5 dias após a cirurgia, ainda sinto esse incômodo na garganta que atrapalha um pouco pra comer. Sinto também uns enjoos esporádicos e queimação no estômago, que o médico disse ser causado pelo excesso de medicamentos.

Acabo de voltar no consultório médico para a primeiro retorno pós cirurgia. Ele só olhou os pontos para ver se estava tudo certo com eles e já me receitou os hormônios que precisarei tomar.

No início ele me passou uma dose geral, só até eu fazer o tratamento com iodo. Depois disso alguns exames de sangue serão feitos para regular a quantidade de hormônios até chegar numa dose que seja ideal pra mim.

O tratamento – Iodoterapia

Diferente dos outros tipos de câncer, o tumor de tireoide não responde bem aos tratamentos de quimio e radioterapia.

Nesses casos o tratamento utilizado é a iodoterapia.

Ele é relativamente simples, é só tomar uma quantidade de iodo estipulada pelo médico e pronto.

A parte chata mesmo é a preparação para o tratamento, que precisa de dieta especial, ficar sem maquiagem (pronto, morri agora) e mais alguns outros cuidados. O tratamento deve ser feito em um local especializado e é preciso ficar em isolamento total, pois o iodo é radioativo.

Nem todo mundo que têm o câncer de tireoide precisa fazer esse tratamento, depende muito do tipo do tumor.

Eu vou precisar fazer e vou contar aqui no blog como vai ser essa preparação e o tratamento.

A reposição hormonal

A tireoide é responsável pela fabricação dos hormônios T3 e T4, que controlam todo nosso corpo. É impossível viver sem esses hormônios e quando a tireoide é retirada, é preciso fazer uma reposição desses hormônios via comprimido, pra sempre.

O cirurgião de cabeça e pescoço junto com o endocrinologista indicam a quantidade de hormônio a ser tomada, quantidade essa que varia de pessoa para pessoa.

É preciso um tempo de adaptação entre o paciente e o médico até que se possa dosar a quantidade ideal de hormônio para cada caso.


Bom, acho que nesse primeiro momento é isso que tenho pra falar.

Por mais que tenha sido um susto, passou rápido! E agora vou me preparar pra fase mais chata do tratamento que é a iodoterapia.

Eu estou agradecendo a Deus todos os dias por essa chance que Ele me deu, porque eu nunca teria descoberto esse câncer no início se minha médica não pedisse esse exame.

E claro, posso dizer que a médica foi o anjo que Deus mandou para me dar uma segunda chance na vida!

Quero agradecer do fundo do coração todo o apoio que vocês me deram na cirurgia e continuam me dando agora, após o diagnóstico!

Vocês me ajudaram a me deixar mais calma para a cirurgia e estão me dando ânimo para continuar com o tratamento.

E lá vou eu ficar radioativa! Hahaha!

Muito obrigada! <3

Beijokas!

Comentários

comentários

Você também vai gostar desses posts:

24 comments

  1. Manu, querida. Muita força que o pior já passou. Vai dar tudo certo. estamos torcendo por vc! obrigada por compartilhar e ajudar com essas informações também. grande beijo. anita

  2. Bah, que notícia triste 🙁
    Mas que ótimo que descobriu logo e rapidinho tudo estará resolvido.
    Força e ótima recuperação!

  3. Fiz a tireoidectomia total no dia 26/03 agora… Minha punção deu resultado maligno mesmo… Nem tenho palavras pra explicar o tamanho do susto. Como vc, Tbm acho que tive a mão de Deus pra descobrir… Sonhei várias vezes que estava com câncer de tireoide, até que resolvi procurar um médico… O meu era um nódulo só, de 1cmX0,9cm. Agora estou esperando para voltar ao médico na próxima quinta feira e descobrir se vou precisar da iodoterapia. Obrigada pelo depoimento otimista! To com tanto medo de ouvir a palavra Metastase que nem sei explicar… Legal ver que vc ouviu essa palavra, mas está forte e tranquila mesmo assim!

    1. Olá Larissa!
      Caramba, você sonhou? Que interessante! Sem dúvida alguma foi Deus que tocou no seu coração!
      Olha, a palavra metástase assusta mesmo, mas é mais por causa do que a gente vê na tv do que pelo que ela significa, viu? Quando a gente ouve a palavra dá a impressão que tem câncer no corpo inteiro, e não é bem assim. Metástase significa que as células malignas saíram do lugar de origem (no nosso caso, tireoide) e foram pra outro lugar, e esse lugar pode ser inclusive que seja do ladinho da tireoide, como foi o meu.
      Se ouvir a palavra não se assuste! Se precisar da iodoterapia continua acompanhando o blog que vou postar como vai ser a minha, mas vou torcer aqui pra que você não precise! 😉

      Beijokas!

  4. Boa noite
    Nossaa sua história e a mesma que a minha inclusive a parte da medica… quando meu médico viu ela ainda ficou na dúvida de pedir pulsão maia decidiu por via das dúvidas
    Meu nódulo tinha 0, 7 milímetros tive que furar meu pescocinho umas 3 vezes para coletar. Fiz tudo sem contar para ninguém até ter o resultado um choque para toda família… pois meu tio faleceu do mesmo problema… Fiz a cirurgia chegou ontem o resultado confirmando a malignidade… pensa tenho reumatismo alérgica a glúten tibe sopro no coração e agora essa….
    Pq? As perguntas chegam a todo o momento na minha cabeça… principalmente por estar de casamento marcado…. vou a procura de um hospital para fazer o iodo..
    Me animei muito por ver um comentário de uma pessoa que depois de 10 anos está super bem…
    Ainda estou com medo mais espero que de tudo certo para nós…

  5. olá,
    eu li sobre sua trajetória com o câncer de tireoide. Queria saber de uma coisa, e deu alguma coisas nos seus exames de sangue (alguma alteração, ou o diagnostico para a cirurgia se deu primariamente por causa do resultado da sua punção?)

    1. Olá Valquiria!
      Como disse no post, eu não tive nenhuma alteração nos exames de sangue. Os nódulos apareceram no ultrassom e depois disso o médico pediu a punção.

      Beijokas!

  6. Olá, faz quase um ano que meu pai descobriu que tinha câncer de tireóide. Ele se operou, fez dieta, fez tudo direitinho como o médico recomendou, porém, depois de outros exames, apontou que o problema tinha “voltado”, e ele vai ter que se operar mais uma vez, dessa vez o médico falou que era mais complexo, e que quando ele for operar meu pai, ele falou “que Deus me ajude na hora e que eu consiga. Porque será somente Deus e eu.” Porque dessa vez pode ser fatal. Eu tenho 14 anos, meu pai tem mais 2 filhos, meus irmãos e tem minha mãe. Só de pensar na possibilidade de algo muito ruim acontecer com ele, é uma dor tão grande. Peço a Deus todos os dias pra que der tudo certo e ele fique bem. Obrigada pela sua história, foi reconfortante ler ela.

  7. Minha paff de 2 nódulos deu um benigno classe II e o outro classe III inconclusivo minha consulta ainda está longe estou bem preocupada..obgada pelo apoio a todas nós.

  8. Fui a duas semanas na ginecologista e ela pediu a ultra da tireoide, pois segundo ela o resultado sempre tem dado positivo para cistos ou nódulos.
    O meu deu 1 cisto e a nódulo, estou com casamento marcado oara outubro e temho um filho de 3 ano, segunda vou a endocrinologista, e estou crendo no milagre de Deus para n ser nada de grave, mas isso nos abala emocionalmente ?. Obrigada por conta e por ler histórias motivadoras.

  9. Olá! Obrigada por compartilhar sua experiência! Cheguei ao seu blog pesquisando sobre o assunto (câncer na tireoide). Acabei de ter o resultado da PAAF, grau V, paplífero. Marquei consulta com o cirurgião de cabeça e pescoço, pra daqui 15 dias!!! Apesar de pesquisar bastante pela internet, confesso que fiquei bastante preocupada. Mas acompanhar um caso real é bem confortante! Ansiosa pra ler seus outros posts, mas não poderia continuar sem agradecer! Pois apenas esse primeiro post já me animou bastante! Obrigada!

    1. Estou bem, a cirurgia foi feita em 2015 e já tem post aqui no blog falando como estou atualmente.
      Não sei os valores pois fiz tudo pelo convênio. 😉
      Beijokas!

  10. Boa noite manu ! Deus te abençoe seu blog está me ajudando MT , descobri a poucos dias que tenho 5 nódulos na tireóide nao dá pra apalpar, descobrimos primeiro pouca desfunçao no exame de sangue, depois a doutora pediu a ultrassonografia , enfim vou ter que fazer o exame de punção ,estava morrendo de medo , mas seu post me acalmou , espero em Deus que dê tudo certo 🙂🙏 , obrigada por compartilhar sua experiência conosco 😘😘

Deixe uma resposta para Pâmela Santos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *