Hidratação Deleite

Olá!

Ouvi falar na hidratação deleite pela primeira vez no blog da Raki, o Hair Modification, que promete deixar os cabelos macios, brilhantes e fortes.

Achei a receita bem interessante porque dá para ser feita com os produtos que você mesmo tem em casa, não precisa gastar praticamente nada. Além disso, é diferente das receitas caseiras que eu estou acostumada a ver, que tem que bater trocentas coisas no liquidificador e o resultado é uma pastinha bem melequenta.

Essa não dá trabalho e não fica nada melecado no banheiro! Além do resultado ser bem animador!

hidratação deleite

Primeiramente vou passar a receita original, retirada do Hair Modification:

  • Máscara hidratante de sua preferência na quantidade necessária para o seu cabelo;
  • Duas colheres de leite integral (pode ser o normal ou em pó, mas tem que ser integral, nunca desnatado);
  • Duas colheres de açúcar;
  • Uma colher de mel, ou uma ampola oleosa, ou um óleo capilar;

Mas vocês já me conhecem e sabem que eu adoro fazer modificações nessas receitinhas caseiras, né?

Bom, eu mantive praticamente a mesma receita, só que troquei o último ingrediente por uma colher de Bepantol Líquido. E porque eu fiz essa mudança? Porque estou no Cronograma Capilar, e eu intercalo os tratamentos de umectação (hidração lipídica) com a hidratação hídrica. Se eu colocasse um óleo capilar, acho que poderia deixar o cabelo com excesso de óleo.

Poderia colocar o mel também, mas como não tenho aqui em casa (já que ninguém aqui gosta muito de mel), acabei colocando o Bepantol.

Então minha hidratação deleite foi feita da seguinte forma:

  • Duas colheres de máscara Seda Pro Color
  • Duas colheres de leite em pó (já usei o líquido, mas achei que o pó deixa a mistura mais durinha e mais fácil para espalhar);
  • Duas colheres de açúcar;
  • Uma colher de Bepantol Líquido;

Lavei meu cabelo com o shampoo Wella Brillance (resenha em breve), passei a misturinha e deixei agindo em touca plástica por 10 minutos.

Enxaguei, passei um tiquinho de condicionador só nas pontas (usei o Seda Liso Perfeito e Sedoso) e enxaguei novamente.

Meu cabelo ficou super macio, desembaraçado, hidratado e brilhante! Adorei o resultado! Estou intercalando essas hidratações com outras máscaras que tenho e estou amando.

Super recomendo meninas!

Sabe aquela máscara de hidratação baratinha que você usa e sente que não hidrata tanto assim o cabelo? Usa ela nessa receita que você terá uma máscara potente sem precisar gastar quase nada a mais!

Também é ótima para quem está precisando de uma hidratação potente e não tem dinheiro para investir em um creme mais caro. Compra o baratinho e faz essa misturinha, seu cabelo vai adorar!

Já fez a hidratação deleite alguma vez? Me conta o que achou nos comentários! 😀

Beijokas!

Testei: Novex Óleo de Ojon – Creme de Tratamento e Sérum

Olá!

Há um  tempinho atrás eu recebi para testar o novo Novex Óleo de Ojon. Admito que até esse momento eu nunca tinha ouvido falar nesse óleo, e ao pesquisar me interessei bastante, pois ele promete muita hidratação e uma restauração de alto impacto.

Segundo a Embelleze, “o óleo de ojon é extraído de uma palmeira típica da região Caribenha, há mais de 500 anos. Para se ter um ideia de como é um líquido precioso, para 600 ml do puro óleo de ojon é preciso de mais de 8.000 frutos. Descoberto por uma tribo indígena Tawira, de Honduras que chamavam o óleo de “líquido precioso” ou “milagre do Caribe”, passou a ser usado por todos os índios da tribo que, a partir de então, passaram a ser conhecidos pelos outros indígenas como o “povo do cabelo bonito”.”

Interessante, né?

São dois produtos, um creme de tratamento e um sérum. Usei os dois como indicado pela Embelleze e vou contar pra vocês o que achei.

Novex Óleo de Ojon

O que a marca diz? O Óleo de Ojon funciona como um verdadeiro remédio natural promovendo uma restauração de alto impacto contra os danos causados pelo verão, processos químicos e escovas, rico em lipídeos. Este óleo fantástico transforma instantaneamente cabelos danificados em cabelos saudáveis, macios e cheios de brilho.

O que eu achei? No folheto que veio junto com os produtos estava especificada a forma correta de usar. Fiz algumas modificações porque não tinha todos os produtos.

  • Lave com shampoo Vitay, exágue e retire o excesso de água – usei o shampoo Sempre Bella Óleo de Argan, também da Embelleze;
  • Misture uma tampinha do Nutrire Óleo de Ojon com o Novex Óleo de Ojon e aplique nos fios – usei uma colher de Óleo de Ojon para 2 de creme Novex;
  • Envelope os fios com papel alumínio e deixe agir por 15 minutos;
  • Finalize com Nutrire Óleo de Ojon+Novex Blindagem – finalizei só com o Óleo, não tinha o Novex Blindagem

Quando enxáguei, senti os meus cabelos um pouco pesados, mas eles ficaram bem fáceis de pentear.

Achei que quando secasse os cabelos iriam ficar muito oleosos, mas ao contrário, ficaram muito macios e muito hidratados! E não ficou pesado!

O cabelo ficou macio, sem frizz, com as pontinhas bem hidratadas e com muito brilho. Gostei bastante!

Eu nunca me dei muito bem com os cremes da Novex pois eles costumavam ser meio fracos para o meu caso. Mas essa duplinha realmente foi surpreeendente, pois meus cabelos ficaram extremamente hidratados. Então se você também nunca se deu bem com os outros cremes da Novex, tente usar esses da linha de Óleo de Ojon. Acho que você também vai gostar!

O único incoveniente é o tempo de ação do produto que é de 15 minutos. Geralmente eu prefiro cremes que tenham tempos de ação menores, mas o resultado foi tão bom que eu acho que compensa esperar os 15 minutos indicados!

Para as meninas que estão no cronograma capilar junto comigo, essa linha de Óleo de Ojon entraria como fase de nutrição. E inclusive o resultado foi tão bom quanto aquela hidratação pré-shampoo com óleo que eu postei no blog há um tempo atrás.

Eu vou continuar fazendo a pré-shampoo e a linha Óleo de Ojon, intercalando as duas.

Recebi os produtos da Embelleze, mas dei uma pesquisadinha nos preços: o Nutrire Óleo de Ojon custa em média R$40,00 e o Novex Óleo de Ojon, R$19,50 (com 1kg).

Acho que os preços estão ótimos, pois os produtos realmente são bons!

E você, já usou essa linha? Me conta o que achou!

[polldaddy poll=6935717]

E claro, comentem!

Beijokas!

Produto enviado

Testei: Keraton Cobre Kert

Olá!

Já fazia um tempão que estava doida pra testar o Keraton Cobre, já que ouço falar muito bem dele. Mas estava tendo dificuldades para comprá-lo, já que produtos para ruivas são bem difíceis de encontrar.

Nesse meio tempo a Kert me enviou o próprio para testes e eu adorei, assim eu finalmente poderia testá-lo e ver como ficaria no meu cabelo!

Como vocês sabem, eu estava usando uma mistura de tonalizantes Color Intense Cobre e Conhaque do CKamura, então esperei um bocado para que o cabelo desbotasse totalmente e eu pudesse ver resultados reais do Keraton.

Na semana passada eu usei e vou contar pra vocês o que achei!

Keraton Cobre

keraton cobre

O que a marca diz? Keraton é uma máscara hidratante tonalizante indicada para ser aplicada após processos de alisamento ou permanente, entre uma coloração e outra ou sempre que seus cabelos perderem a cor e o brilho. Keraton realça a coloração dos cabelos, dando mais vitalidade e devolvendo o brilho natural, de forma extremamente suave e sem agredir as fibras.

O que eu achei?Como vocês sabem, esses tonalizante escurecem muito se usados sozinhos, por isso eu sempre misturo com um creme branco. Usei na proporção 1:1 (1 colher de creme branco para 1 de tonalizante) e deixei agir por 30 minutos com touca plástica.

O Keraton tem um poder mais forte de pigmentação e fixação, e por esse motivo eu gostei bastante. Parece que o tonalizante “gruda” melhor nos fios. O poder hidratante dele em si deixa a desejar, mas isso pode ser resolvido misturando com uma máscara de hidratação mais potente.

O Cobre da Keraton é um pouco mais alaranjado e aberto, diferente do Cobre do CKamura que fica um cobre mais fechado. Vejam abaixo as imagens.

À esquerda, cabelo desbotado, e a direita, cabelo tonalizado com o Keraton Cobre:

keraton cobre antes e depois

keraton cobre antes e depois 2

Viram a diferença? Fica um ruivo bem laranjinha, né?

Como eu gosto mais de um ruivo que beira a naturalidade, achei que ficou laranja demais. Então da próxima vez usarei com mais creme branco na mistura, assim a cor fica mais discreta.

Conclusão: O tonalizante não hidrata tanto, mas em compensação a pigmentação e duração é bem maior. Já lavei meu cabelo após a tonalização e ele não desbotou quase nada! Gostei bastante e está super aprovado!

Diferenças entre o Keraton Kert e o Color Intense CKamura: O Color Intense tem um poder hidratante maior, deixando o cabelo bem mais macio que o Keraton. Em compensação, o Keraton tem um poder maior de tonalizar e dura bem mais tempo que o Color Intense.

Quando uso o Color Intense na primeira lavagem pós-tonalização metade da cor já vai embora, enquanto que o Keraton desbotou super pouco após a primeira lavagem (usando exatamente o mesmo shampoo).

Entre os dois, qual eu acho melhor? Sem dúvidas, o Keraton. Porque o problema da hidratação pode ser resolvido misturando um creme potente junto com ele ou até mesmo um pouco de Bepantol ou Óleo de Argan. O Color Intense tem uma cor linda, hidrata bastante mas desbota muito rápido.

Mas isso varia muito de cabelo para cabelo. Tem meninas que preferem o Color Intense e outras o Keraton. Então eu sugiro testar os dois e ver qual se adapta melhor para o seu caso!

Recebi o Keraton Cobre da Kert, mas pesquisando vi que ele custa aproximadamente R$18,00.

Agora quero a opinião das ruivinhas do Desejos de Beleza que já testaram os dois tonalizantes:

[polldaddy poll=6908200]

E não esqueçam de comentar!

Beijokas!

Produto enviado

Cronograma Capilar

Olá!

Você já ouviu falar em cronograma capilar? Provavelmente sim, porque essa é a nova febre que está rolando na internet.

E porque tem tanta blogueira falando disso? Porque o resultado é realmente animador e excelente para tratar os cabelos!

Estou fazendo há mais ou menos 1 mês e a melhora do meu cabelo é visível. Então vou explicar como funciona e os produtos que estou usando. Tenho certeza que você vai querer fazer também!

cronograma capilar

Um cabelo precisa de 3 coisas para ficar saudável, brilhante e bem tratado: hidratação (reposição hídrica), nutrição (reposição lipídica) e reconstrução (reposição protéica).

Sabendo disso, foi criado então o cronograma capilar, para que na mesma semana você reponha todas as substâncias necessárias para a manutenção de um cabelo bonito e saudável.

O nome cronograma é feito justamente porque é isso que é feito: um cronograma de todos os tratamentos que você vai fazer na semana para recuperá-los e mantê-los saudáveis.

Vamos entender agora como funciona cada uma dessas reposições.

Hidratação – reposição hídrica

A reposição hídrica serve para repor a água perdida dos fios, e essa reposição é que deixa o cabelo macio e maleável.

Ingredientes que fazem parte da hidratação: pantenol (Bepantol), vitaminas no geral (E, C, A, etc), semi di lino e mel.

Aqui não tem segredo nenhum, é só lavar o cabelo e usar a máscara de hidratação específica para reposição hídrica. Para melhores resultados, faça como especificado nesse post: Hidratação em casa como no salão!

Nutrição – reposição lipídica

A reposição lipídica é feita através de substâncias oleosas, que ajudam a segurar a água que você repôs na hidratação e nutre seu cabelo intensamente. Deixa o cabelo macio, brilhante e com frizz reduzido.

Ingredientes que fazem parte da nutrição: óleos 100% vegetais no geral (coco, abacate, argan, ojon, azeite, etc), manteiga de karitê, cacau e semente de uva

A nutrição pode ser feita de duas formas: Antes de lavar, como eu ensinei no post da Hidratação Pré-Shampoo ou na Hot Oil Argan,  ou lavar o cabelo normalmente e passar a máscara nutritiva após o shampoo.

Reconstrução – reposição protéica

Como o próprio nome diz, ajuda a repor as proteínas e são elas que ajudam a selar as escamas do cabelo, “segurando” a hidratação e a nutrição feita nos passos anteriores. O cabelo fica mais forte e com menos propensão a quebra.

Ingredientes que fazem parte da reconstrução: queratina, creatinina, cisteína, colágeno e produtos que oferecem reposição de massa capilar no geral.

A reconstrução pode ser feita através de cauterizações (aprenda a fazer uma Cauterização Caseira), queratinizações, reconstruções a frio, com uma máscara de reconstrução que contenha esses ingredientes acima citados ou até mesmo, com máscaras específicas de reposição de massa capilar.

O ideal para fazer o cronograma é ter um intervalo de pelo menos 1 dia entre uma lavagem e outra, para que o cabelo não resseque tanto com as lavagens frequentes e possa ter tempo para absorver bem as reposições que você vem fazendo.

Mas se você gosta de espaçar mais a lavagem, não tem problema. O importante mesmo é seguir a ordem em cada fase.

E como organizar o seu cronograma?

Vai depender muito do estado atual do seu cabelo. Se ele está extremamente danificado, você pode começar pela Fase 1, fazendo a  hidratação, nutrição e reconstrução toda semana, lavando-os 3 vezes por semana e seguindo essa regra:

Fase 1 – cabelos extremamente danificados

Dia 1: Hidratação

Dia 2: Nutrição

Dia 3: Reconstrução

Repita novamente os passos na outra semana.

É preciso apenas ter cuidado com o excesso de queratina que pode acabar quebrando o cabelo. Nesse caso, recomendo intercalar as máscaras de reconstrução. Exemplo, em uma semana use um produto com queratina e na outra, opte por alguma com aminoácidos ou colágeno.

Você pode ir fazendo seu cronograma dessa forma até perceber que seu cabelo está melhor. Quando isso acontecer, passe para a Fase 2, ou pode começar direto dessa fase caso seu cabelo não esteja tão danificado.

Fase 2 – cabelos danificados

Dia 1: Hidratação

Dia 2: Nutrição

Dia 3: Hidratação

Dia 4: Nutrição

Dia 5: Reconstrução

E depois, comece tudo de novo.

Nesse caso, como a reconstrução é feita só a cada 15 dias, não tem muito problema usar apenas a queratina.

O cabelo já está quase 100%  e você precisa manter a saúde dele ou está apenas levemente danificado? Faça da seguinte forma:

Fase 3 – cabelos levemente danificados e para a manutenção de cabelos que passam sempre por processos químicos como progressivas e tinturas.

Vá intercalando a hidratação e a nutrição e escolha um dia no mês para fazer a reconstrução, que será feita mensalmente.

Nessa fase você pode espaçar mais os tratamentos e lavar o cabelo normalmente com seu shampoo e condicionador nos intervalos. Pode, por exemplo, a cada duas lavagens “normais” fazer uma hidratação e intercalar com a nutrição. E claro, fazendo a reconstrução uma vez ao mês.

A frequências das lavagens, hidratações e nutrições vai ser estipulada por você, de acordo com a forma que seu cabelo está respondendo ao tratamento.

___________________________________________________________________________________________________

Para seguir o cronograma capilar tem que ser bem regrada e não ter preguiça de cuidar do cabelo, porque se você não seguir certinho o resultado pode não ser muito animador.

Mas se você fizer tudo direitinho, o cabelo vai ficando cada dia mais lindo bem tratado! Eu estou fazendo há um mês e meu cabelo é outro!

Segui exatamente a ordem especificada no post, começando na Fase 1 e no momento, estou na Fase 2 usando esses produtos (resenha nos links em azul):

Hidratação: Máscara Seda Pro Color, Máscara Wella Professionals Brilliance, Ampola Azul Alfaparf, Hidratação BB Express, Head & Shoulders, Yamasterol, Fyo Hidratação Profunda, Color Freeze Schwarzkopf, Dove Proteção Térmica, Hidratação com glicerina, Hidratação Deleite Quando uso as máscaras da Seda, Dove e Pantene, eu coloco uma colher de sopa de Bepantol Solução na mistura.

Nutrição: Hidratação Pré-Shampoo com Azeite de Oliva, Máscara AMO Yenzah, Hot Oil Argan com Óleo de Argan Yenzah, Óleo de Camélia InoarÓleo de Argan e Cártamo Bio Extratus, Novex Óleo de Ojon, Máscara Absolut Control, Moroccanoil, Umectação Capilar, Máscara Óleo Extraordinário

Reconstrução: RMC Vermelho Amend, Máscara Absolut Repair, Máscara Fiberceutic, Cauterização Caseira, Máscara de Revitalização e Reposição de Massa Seda Pro-Natural, Sleek & Shine Keune, Queratina Líquida Niely Gold, Cauterização Keramax, Advance Techniques Reconstrução 7

Quando eu termino de tingir meu cabelo eu faço uma cauterização no mesmo dia, para selar bem as cutículas abertas pela coloração. Depois começo o cronograma na fase 2.

Aprenda a fazer um super tratamento utilizando todas as fases do cronograma de uma vez só: Super tratamento para cabelos danificados.

Informações importantes:

  • Comece o cronograma sempre nessa ordem: hidratação, nutrição e reconstrução. O cabelo precisa estar bem nutrido e hidratado para receber as proteínas, por isso é importante seguir a ordem especificada.
  • Se você usa secador frequentemente, não esqueça de usar SEMPRE um bom protetor térmico.

A cada dia que passa meu cabelo está ficando mais recuperado e saudável! Recomento muito o cronograma capilar para quem acha que o cabelo não tem mais solução!

Você faz o cronograma capilar? Me conta o que achou e dá dicas do que fazer para deixar o cronograma mais completo! E se você ainda não faz, que tal começar a fazer e depois me contar o que achou? Vou aguardar! 😀

Beijokas!

Testei: Shampoo e Máscara Elséve Liss-Intense Extreme

Olá!

Lembra quando eu disse pra vocês nesse vídeo que eu tenho a mania de comprar um cosmético novo só quando outro acaba? Então, essa regra não se aplica a produtos de cabelo! Hahaha!

Isso porque eu vivo em busca de produtos para deixar meu cabelinho bonito! Quando estava loira eu tinha parado com isso já que tinha encontrado bons produtos para fios claros, mas agora que estou ruiva voltei a minha saga de novo, até achar algo que conquiste meu coração novamente!

Hoje em dia eu estou procurando produtos que hidratem bem e que ajudem a disciplinar meu cabelo, já que agora que escureci a cor, consegui recuperar meus fios e pude deixar a chapinha de lado. Meu cabelo sempre foi liso, mas tinha ficado extremamente armado por causa da química do cabelo loiro. Agora ele voltou a ser liso (ainda não 100% como era), mas já pude abandonar a chapinha.

E claro, também estou em busca de um shampoo que ajude a não desbotar tanto a cor do cabelo. Como ultimamente meu cabelo já está desbotado, optei por testar algo que prometia disciplinar melhor os fios. Quando eu tinha cabelo preto eu usava a linha Elséve Liss-Intense e amava, e quando vi essa nova linha Liss-Intense Extreme, fiquei bem curiosa pra testar e acabei comprando.

Vou contar pra vocês o que achei!

elséve liss intense extreme

Comprei o shampoo e máscara, porque não costumo usar condicionador.

O que a marca diz? O óleo de argan, utilizado no oriente há anos como segredo de beleza para dominar cabelos ásperos e com frizz, associado ao Nutrileum, resulta em uma ação alisante com dupla performance.
1 – Nutrição profunda para um efeito liso intenso – Sua fórmula nutre em profundidade a fibra capilar deixando os cabelos sedosos e disciplinados.
2 – Ação antifrizz resistente a umidade – Se funde aos fios impedindo a umidade de se infiltrar mesmo em condições extremas.

elséve liss intense extreme detalhes

O que eu achei? Bom, quando eu li as especificações e vi que na fórmula tinha óleo de argan, meus olhos já brilharam. Todos os produtos de argan que usei até o momento se deram muito bem com meu cabelo. Mas infelizmente nos meus cabelos, essa linha não foi muito boa. 🙁

Shampoo: O shampoo é perolado e limpa bem, mas não hidrata tanto quanto eu esperava. Não chega a ressecar, mas não hidrata muito. Para cabelos normais e levemente secos, acho que ficaria ótimo. Para um cabelo com ressecamento level 100 como o meu, foi um pouco fraco, rsrs.

Máscara: Eu não uso condicionador, prefiro sempre usar uma máscara no lugar para hidratar bem. A máscara é bem consistente e penetra bem no cabelo, mas infelizmente não hidratou tanto quanto eu esperava. Quando uso máscara no lugar do condicionador é porque espero uma hidratação maior, mas no meu caso foi como se eu tivesse usado só condicionador mesmo.
Novamente eu repito: em cabelos normais e levemente ressecados provavelmente a máscara será ótima. Em cabelos extremamente ressecados a máscara deixa a desejar.

Quando enxaguei meu cabelo não ficou embaraçado, foi bem fácil para pentear. Ao secar, meu cabelo ficou com aspecto ressecado, com frizz e não ficou mais liso (esperava um resultado parecido com o que consigo com o Seda Liso Perfeito e Sedoso).

Então infelizmente, a linha Liss-Intense Extreme não se deu bem com meu cabelo! 🙁

Ainda bem que não foram caros, né? Paguei R$5,00 no shampoo e R$10,00 na máscara.

Sempre lembrando que cada cabelo é uma senteça e nem tudo o que dá certo pro meu cabelo dará para o seu, e vice-versa.

Por isso que eu quero que vocês me respondam pra ajudar a deixar a resenha mais completa:

[polldaddy poll=6899497]

OBS: Para ver os resultados das enquetes, é só clicar em “View Results”! 😉

E claaaaaro! Comentem né? Fico “maior triste” quando vocês me visitam e não deixam nenhum oizinho! 🙁

Beijokas!

Testei: Color Intense Cobre C.Kamura

Olá!

Há algum tempo atrás eu fiz a resenha do tonalizante Color Intense Conhaque do C.Kamura. Eu gostei bastante do tonalizante, pois dá para manter a cor e o brilho do cabelo entre uma coloração e outra.

Agora que meu cabelo já fixou melhor o cobre achei que o Conhaque estava deixando meu cabelo laranja demais. Tem muitas ruivinhas que preferem o Conhaque justo por isso: porque ele mantém o cabelo laranjinha.

Eu queria agora manter uma cor de ruivo que se aproximasse mais ao natural, então comprei o Cobre e vou mostrar os resultados!

CKAMURA Color Intense Cobre

Enquanto o Conhaque é denominado Cobre Avermelhado, o Cobre é é denominado Ruivo, ou seja, era exatamente o que eu estava precisando.

Para mais detalhes do produto e o resultado do Conhaque, veja o meu primeiro post: Color Intense Conhaque C.Kamura.

As pontas do meu cabelo ainda desbotam muito por causa do loiro platinado de antes. A cor que fica quando desbota é um loiro dourado bem sem graça, o que me incomoda muito.

O Color Intense além de tonalizar hidrata bastante, o que é ótimo pois com ele consigo uma cor legal sem danificar meus fios.

Só que como falei no post do Conhaque, não dá pra usar puro, porque ele é bem forte e pode escurecer seus fios. Eu uso sempre diluído com creme branco.

Como meu cabelo não estava muito desbotado, usei na proporção 1:4, ou seja, 1 colher de tonaizante para 4 de creme branco. A mistura fica exatamente com uma cor de doce de leite, e deixei agindo por 30 minutos com touca laminada.

E esse foi o resultado:

CKAMURA Color Intense Cobre

Antes um cabelo ruivo bem desbotadinho, quase loiro. Depois um ruivo mais vivo e natural!

O que acharam? Eu gostei bastante do resultado!

O único problema é que achei ele mais fraquinho que o Conhaque, no quesito pigmentação. Nesse proporção 1:4 do Conhaque o cabelo fica muito mais forte do que na mesma proporção do Cobre. Mas como tava achando o Conhaque muito laranjinha, resolvi fazer uma mistura dois dois para conseguir um meio termo entre cor forte e ruivo natural.

Misturei 2 colheres de creme, 1 de Cobre e 1/2 de Conhaque. E o resultado? O mais lindo do mundo! 😀

CKAMURA Color Intense Cobre e Conhaque 1

Ameeeeei! Achei a combinação perfeita de tonalizantes! 😀

A partir de agora vou usar sempre os dois misturados!

Recebi essa semana o tonalizante Keraton Cobre da Kert e vou testar pra ver se ele vai conseguir ser melhor do que minha misturinha Cobre+Conhaque Color Intense. E claro que vou mostrar pra vocês o resultado! 😀

Ah, paguei R$17,00 no Color Intense Cobre.

Você gostou mais de qual: Cobre, Conhaque ou a mistura dos dois?

Beijokas!